Conecte-se agora

Atencipação: Prefeitura de Rio Branco paga servidores ativos e inativos nesta sexta-feira, 23

Publicado

em

Aproximadamente 8 mil funcionários, entre ativos e inativos, recebem seus salários antecipado a partir das 06h desta sexta-feira, 23. A notícia foi anunciada na noite da última quinta-feira, pelo prefeito Tião Bocalom, em suas redes sociais.

O pagamento do funcionalismo público municipal até o dia 25 de cada mês, vem sendo feito desde janeiro de 2021, sem atrasos.

De inicio foi anunciado que o salário estaria a disposição para os trabalhadores que recebem pelo Banco do Brasil, mas em outro vídeo, o gestor do município disse que quem fez portabilidade também receberá.

“Nessa sexta-feira, a partir das 6h, o salário estará na conta. Antes do dia 25. Esse é o nosso compromisso com aqueles que se dedicam para cuidar bem de Rio Branco, muito obrigado pelo o que vocês fazem”, agradeceu Bocalom.

Destaque 3

Governo do Acre pretende realizar novos concursos na saúde, educação e Polícia Penal

Publicado

em

Em entrevista à Rede Amazônica na manhã desta terça-feira, 4, o governador reeleito, Gladson Cameli (Progressistas), declarou que seu próximo governo será focado na geração de emprego e renda e para isso, garantiu que irá buscar a realização de novos concursos na área da saúde, educação e segurança.

Um dos certames mais aguardados pelos concurseiros de plantão será o da Polícia Penal – sendo que o último foi realizado em 2007 – ainda na gestão de Binho Marques do PT. “Vamos soltar o novo edital do concurso da penal”, comentou destacando também a realização de concursos na área de saúde e educação.

Sobre a próxima gestão, Cameli adiantou que deverá contar com apoio dos três senadores da República, Alan Rick, Márcio Bittar e Sérgio Petecão. “Eu desci do palanque”, declarou.

Sem citar nomes, o chefe do executivo acreano deixou claro que sua equipe será técnica e focada em projetos em prol da sociedade.

Continuar lendo

Destaque 3

Ranking nacional da abstenção: Acre tem a 4ª maior taxa de faltosos nesta eleição

Publicado

em

A taxa de abstenção no primeiro turno das eleições presidenciais de 2022 foi a mais alta desde 1998. Dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mostram que 34.241.529 eleitores deixaram de votar neste domingo (2.10), equivalente a uma abstenção de 23,15%.

O Acre ocupa a 4ª colocação no ranking de abstenção no País. Quase 132 mil eleitores não foram às urnas neste domingo (2) em todo o Estado, o que equivale a 22,43% de faltosos.

Rondônia foi o Estado brasileiro com a maior porcentagem no quesito, com 24,6%. 113.676.954 de brasileiros foram às urnas, com a taxa de comparecimento de 76,85%.

Os acreanos foram às urnas escolher seus representantes políticos para os próximos quatro anos. Foram eleitos deputados estaduais, federais e distritais, senadores e governadores.

Gladson Cameli se reelegeu em 1º turno mas no País vários Estados terão segundo turno: Bahia, São Paulo, Rio Grande do Sul, Pernambuco, Espírito Santo, Santa Catarina, Alagoas, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Rondônia, Sergipe e Amazonas.

Na disputa presidencial, também haverá uma nova rodada entre os candidatos Lula (PT) e Jair Bolsonaro (PL), que tiveram 48,31% e 43,30% de votos, respectivamente.

Além da grande taxa de abstenção, o dia de votação foi marcado por muitas filas e confusão nos locais de votação. Houve confusão até no pleito disputado no exterior, que, inclusive, teve uma taxa de comparecimento maior do que em relação a 2018. Além de Rondônia, Mato Grosso, com 23,38% de abstenção, e o Rio de Janeiro, com 22,74%, estão entre os maiores nessa taxa.

O Estado em que mais pessoas compareceram aos locais de votação, proporcionalmente, foi Roraima, onde o índice de não comparecimento ficou em 16,70%. O levantamento é da CNN.

Ranking da abstenção:

Rondônia – 303.171 pessoas (24,65%)

Mato Grosso – 577.424 pessoas (23,38%)

Rio de Janeiro – 2.916.893 pessoas (22,74%)

Acre – 131.835 pessoas (22,43%)

Alagoas – 520.520 pessoas (22,37%)

Minas Gerais – 3.628.600 pessoas (22,28%)

Maranhão – 1.118.437 pessoas (22,20%)

Mato Grosso do Sul – 440.783 pessoas (22,08%)

Goiás – 1.057.695 pessoas (21,72%)

São Paulo – 7.495.213 pessoas (21,61%)

Bahia – 2.408.302 pessoas (21,35%)

Pará – 1.289.607 pessoas (21,22%)

Espírito Santo – 606.490 pessoas (20,75%)

Amazonas – 532.192 pessoas (20,13%)

Rio Grande do Sul – 1.699.416 pessoas (19,78%)

Amapá – 107.323 pessoas (19,51%)

Paraná – 1.651.765 pessoas (19,48%)

Tocantins – 202.897 pessoas (18,54%)

Santa Catarina – 1.014.004 pessoas (18,43%)

Sergipe – 306.652 pessoas (18,35%)

Pernambuco – 1.277.050 pessoas (18,20%)

Rio Grande do Norte – 464.112 pessoas (18,17%)

Piauí – 454.701 pessoas (17,69%)

DF – 387.096 pessoas (17,54%)

Ceará – 1.190.122 pessoas (17,45%)

Paraíba – 534.574 pessoas (17,29%)

Roraima – 61.228 pessoas (16,70%)

Continuar lendo

Destaque 3

Setor de serviços gera mais emprego com carteira assinada no Acre; indústria retrai

Publicado

em

O setor de serviços foi o que mais gerou emprego com carteira assinada no Acre em agosto, segundo o Ministério do Trabalho e Previdência. O segmento abriu 636 postos de um total de 858 ofertados naquele mês. Por outro lado, a indústria mais demitiu que contratou, gerando variação negativa de 0,30%.

Em nível nacional, o Ministério do Trabalho considera que o setor apresentou ótimo desempenho no mês, gerando 141.113 vagas, seguido pela indústria, setor que obteve o segundo maior crescimento, gerando 52.760 postos formais, mostrando a sustentação de sua retomada. Também foram positivos os saldos do comércio, (41.886); a construção civil, (35.156) e a agropecuária que gerou 7.724 vagas no mês.

Ainda no plano federal, o setor da construção civil teve o desempenho mais destacado no acumulado do ano, com um crescimento de 10,89%, assim como o bom desempenho foi verificado em todos os demais setores da economia, também com saldos positivos no ano. O setor de Serviços obteve 1.027.288 vagas geradas e a indústria 319.379 novos postos gerados no período.

O resultado positivo ocorreu em todos os setores da economia nas 27 Unidades da Federação, com destaque para São Paulo, que gerou no mês 74.973 postos de trabalho. A região Nordeste foi o grande destaque regional, com crescimento de 0,96% da força de trabalho, o maior crescimento relativo entre as cinco regiões brasileiras.

Outro destaque de Agosto foi o salário médio real de admissão, que apresentou crescimento pelo terceiro mês seguido, fruto do aquecimento do mercado de trabalho e do sucesso das políticas de controle da inflação do governo.

Os dados completos do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged) de agosto podem ser acessados no site do Ministério do Trabalho e Previdência pelo link http://pdet.mte.gov.br/novo-caged.

Continuar lendo

Destaque 3

Gladson agradece aos acreanos pela reeleição e garante gerar emprego e renda ao povo

Publicado

em

Em coletiva de imprensa na noite deste domingo, 02, em seu comitê eleitoral, o governador reeleito Gladson Cameli (PP) externou sua gratidão a população acreana pela vitória no primeiro turno.

Acompanhando da sua vice, Mailza Gomes e de sua mãe Linda Cameli, o governador agradeceu também a cada apoiador e apoiadora que abraçou sua campanha.

Ele agradeceu também ao candidato ao senado derrotado, Ney Amorim, ao garantir espaço em sua nova gestão.

O governador destacou ainda que irá solicitar um balanço das atividades desenvolvidas pelo seu atual secretariado, a fim de avaliar o desempenho e produtividade de cada gestor.

Ao falar dos desafios para o novo governo, Cameli disse que oportunizar emprego e geração de renda estará na pauta prioritária de seu governo para os próximos quatro anos.

Em relação a nova bancada federal, Gladson Cameli destacou que buscará proximidade com os novos eleitos. Assim também fará com a nova composição para o legislativo estadual.

Ao encerrar, Cameli alfinetou seu principal adversário, o vice Major Rocha, todavia ressaltou que não guarda rancor e que cada um tem o tamanho que realmente possui.

“As pessoas subestimam o povo e as eleições mostraram o tamanho que cada um realmente têm. Vou procurar todos [bancada federal e estadual] porque o povo é mais importante e irei pensar agora nos próximos anos”.

Assista ao vídeo:

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.