Conecte-se agora

Taxa de inadimplência do Acre está entre as 10 maiores entre estados brasileiros

Publicado

em

Dados divulgados pela Serasa Experian na terceira semana de junho, mas referentes ao mês de abril deste ano, indicam que o Acre está entre os estados com população mais endividada do Brasil.

Apesar de outros órgãos já terem divulgado dados mais atuais sobre o tema, a Serasa traz alguns números que chamam a atenção na última edição do Mapa da Inadimplência: o endividamento no Acre é maior que em 18 estados brasileiros.

Com 45% da população adulta com alguma dívida, o Acre só tem menos devedores que Amazonas, Distrito Federal, Amapá, Rio de Janeiro, Mato Grosso e Roraima. Sobretudo, diz o Mapa, a inadimplência do Acre em abril é 0,57% maior que em março, dando sinais que voltou a crescer após queda em comparação a fevereiro, quando 45,35% da população adulta estava devendo.

Além disso, a inadimplência acreana é 3,99% superior à média brasileira – 41,01% em abril. O estado que atualmente mais devedores possui entre seus habitantes é o vizinho Amazonas, onde 52,55% da população está enterrada em contas não pagas.

Contudo, a inadimplência não cresceu só no Acre, segundo o Mapa. O levantamento da Serasa indica que o número de inadimplentes no Brasil cresceu 0,67% em relação a março, apresentando crescimento no endividamento pelo quarto mês consecutivo. Com relação ao perfil dos inadimplentes, os brasileiros de 26 a 40 anos se destacam na faixa etária, representando 35,5% do total dos inadimplentes.

No período, a soma total dos descontos concedidos no Serasa Limpa Nome chegou a mais de 4 bilhões em total de descontos, evitando que o volume de endividados no país crescesse ainda mais. O valor médio de cada acordo ficou em R$ 679,42 e a região que se destacou no total de acordos foi o estado de São Paulo.

Destaque 2

Juiz do Acre alerta para volume expressivo de deepfake nestas eleições: “é gravíssimo”

Publicado

em

O juiz de Direito atuante no estado do Acre, Giordane Dourado, alertou por meio de suas redes sociais nesta quinta-feira, 18, que este período eleitoral deve contar com mais uma prática criminosa: a deepfake. Trata-se de uma técnica de síntese de imagens ou sons humanos baseada em técnicas de inteligência artificial, usada para combinar a fala qualquer a um vídeo já existente.

O comentário veio após ser identificada a primeira deepfake do período oficial de campanha eleitoral de 2022 (iniciado na terça-feira, dia 16/8). Uma montagem mistura a voz da apresentadora do Jornal Nacional Renata Vasconcellos, com os resultados de uma falsa pesquisa de intenção de votos.

A gravação apresenta Renata diante da famosa bancada, anunciando uma nova pesquisa de intenção de votos referente ao primeiro turno da eleição deste ano. Depois, mostra uma tela com um gráfico de barras visualmente idêntico ao usado pela emissora no mesmo programa. A foto do rosto do presidente Jair Bolsonaro aparece em primeiro lugar, com 44%, e a do ex-presidente Lula da Silva em segundo, com 32%. Ocorre que a última pesquisa divulgada pelo Ipec mostra o oposto: Lula em primeiro, com 44% das intenções de voto, e Bolsonaro em segundo, com 32%.

Segundo o magistrado, há algum tempo vem falando sobre o enorme risco à democracia decorrente da produção de deepfake no período eleitoral, sobretudo na véspera da votação. “Também alertamos que nesta eleição de 2022 haverá, de forma inaudita, expressivo volume de deepfake”, escreveu Dourado.

Segundo ele, não gostaria de estar certo, mas as evidências demonstram que será nesse caminho. “Deepfake com finalidade eleitoral é algo gravíssimo e deveria ser crime”, garante.

O juiz sugere que os candidatos celebrem pacto firme e sério de combate à desinformação e suas sofisticadas formas de manifestação. “Alegar que não controlam a militância é argumento superficial e evasivo de quem não ostenta condições éticas para representar o eleitor”, concluiu.

video
play-rounded-fill
Continuar lendo

Destaque 2

Pacientes entram em pânico após queda de energia no Pronto-Socorro de Rio Branco

Publicado

em

Na manhã desta quarta-feira, 17, os pacientes ambulatoriais do Pronto-Socorro de Rio Branco foram surpreendidos com uma queda de energia nas dependências do maior hospital de emergência da cidade.

Segundo informações repassadas ao ac24horas, no momento do ocorrido, muitos pacientes e acompanhantes entraram em pânico com a queda de energia. Alguns deles alegaram à reportagem que algumas cirurgias e demais procedimentos chegaram a ser interrompidos. “As pessoas podem morrer”, relatou uma paciente que preferiu manter sigilo na sua identidade.

Entretanto, a diretora do Pronto-Socorro da capital, Dora Vitorino, contou que o incidente não causou prejuízo aos atendimentos dos pacientes – haja vista que o local dispõe de geradores. “O sistema desligou e caiu mais somente na parte onde fica o ambulatório. Mais aos pacientes que estão em uso de oxigênio, motor ventilador, não houve prejuízo nenhum. Está tudo certo e sem nenhum dano”, declarou a gestora.

Veja o vídeo:

play-rounded-fill
Continuar lendo

Blog do Crica

PSDB reage a pressão do Palácio e mantém candidatura de Beirute ao Senado

Publicado

em

“NÃO vamos arredar um milímetro da candidatura do Beirute ao Senado, compromisso é para ser cumprido”. A afirmação é do presidente do PSDB, Correinha, que se sente descompromissado de fazer uma parceria para apoiar uma candidatura a senador de outro partido. 

“Havia um compromisso formal com o governador Gladson que o PSDB iria indicar o nome do primeiro suplente do candidato oficial a senador do seu grupo; mas como quem indicou foi o PDT, vamos de Carlos Beirute (PSDB) para o Senado”, garantiu ontem Correinha ao BLOG. Ontem, foi feito pedido de registro da candidatura do Beirute junto à justiça eleitoral.

 Correinha lamentou ainda ao BLOG a fidelidade do PSDB não estar sendo levada em conta: “Onde estava o PDT, em 2018? Com o Emylson Farias de vice na chapa do PT. E, o PSDB estava na chapa do Gladson. A lealdade não é levada em conta? Temos chapas para deputado estadual e federal, e vamos todos para a campanha do Beirute. Não tem essa conversa do PSDB fazer um gesto, como estão propondo emissários do governo. Quem falta fazer gesto é quem deu ao PDT a primeira suplência do Ney Amorim”, avisou um resoluto Correinha.

DUPLA DA ANTIGA

A DUPLA de marqueteiros Gilberto Braga e David Sento-Sé, que fez as campanhas políticas do PT nos últimos 20 anos, volta à cena nesta eleição. Gilberto fará a campanha do Jorge Viana (PT) e da Nazaré Araújo (PT); e Davi, a dos candidatos majoritários do PT-PCdoB-PV.

DIA DA LARGADA

Nesta terça-feira, começa oficialmente a campanha política, com os candidatos colocando as suas estruturas nas ruas. No final do mês já teremos 15 dias de campanha, e as pesquisas que virão no início de setembro darão o primeiro panorama do cenário do Governo e Senado. Pesquisa antes disso é brincadeira.

A POLÍTICA NÃO É PARA AMADOR

QUEM sai na frente de uma campanha gastando sem um planejamento financeiro, pode morrer na seca, na reta final. É, exatamente, nos últimos 20 dias, que as eleições começam a se decidir. É quando entram os candidatos profissionais a deputado, com o rolo-compressor da grana alta e amassam os amadores. Sempre foi assim.

COMO VAI FICAR ESTE BOLO?

O PROS retirou a sua candidatura a presidente e vai apoiar o Lula. A saber como fica o quadro local, onde o PROS é adversário do PT; com a candidatura da Vanda Milani (PROS) ao Senado, que apoia para o governo o senador Sérgio Petecão (PSD). Além de que, é bolsonarista ferrenha. E, o PT tem o Jorge Viana de candidato a governador. Como vai ficar este bolo?

DUAS CANDIDATURAS COM BASE

O MDB, como partido, vai descarregar os seus votos na região do Alto Acre na candidatura do deputado federal Flaviano Melo (MDB), que busca a reeleição. O MDB do Juruá vai se concentrar na reeleição da deputada federal Jéssica Sales (MDB). São os dois nomes da chapa para a Câmara Federal do partido, com bases políticas sólidas.

SUPEROU A REJEIÇÃO

O presidente do MDB, deputado federal Flaviano Melo (MDB), ao acompanhar ontem ao TRE-AC para registros de chapas do partido a Mara Rocha (MDB), Fernando Zamora (PRTB) e Márcia Bittar (PL), mostrou que divergências na convenção sobre a Márcia foram superadas. Flaviano sempre foi partidário.

OLHOS VOLTADOS

QUEM será o candidato a governador a ser apoiado pelo deputado Jenilson Leite (PSB), que disputa o Senado? Os partidos que têm candidatos a governador, também, estão com o espaço para o Senado ocupado. Situação difícil para o Jenilson fazer uma opção neste cenário.

CANDIDATURA SOLTEIRA

DEPOIS do PT ter lhe abandonado, não resta muito ao deputado Jenilson Leite (PSB), ao não ser ele continuar com a sua candidatura a senador solteira.

JOGAR NO ZEN

A CÚPULA do PT, com a desistência do Marcus Alexandre (PT) de disputar uma vaga na ALEAC, para ser candidato a vice, a reeleição do deputado Daniel Zen (PT) passou a ser prioridade entre os cardeais do PT.

VANTAGEM DA GRANA

NA CHAPA da federação PT-PV-PCdoB, quem larga na briga pelas vagas para a Câmara Federal, com uma certa vantagem, são os deputados federais Perpétua Almeida (PCdoB) e Léo de Brito (PT), porque cada um deve entrar na parada com 1 milhão de reais do Fundo Eleitoral, para tocar a campanha. 

PINCELADA DO VOTO EVANGÉLICO

UM evangélico de uma importante denominação religiosa me explicou ontem, o motivo pelo qual os Pastores não conseguem direcionar o grosso dos votos dos fiéis aos seus candidatos: “A maioria evangélica é composta de pessoas de baixa renda. Na véspera da eleição os candidatos de fora da Igreja chegam com dinheiro e compram os votos. Por isso é que se diz ser o voto evangélico mais quebrado que arroz de terceira”.

JONAS É JV

O DEPUTADO Jonas Lima (PT) será o principal puxador de votos, em Mâncio Lima, do candidato do PT ao governo, Jorge Viana, o que vai contrapor o apoio do irmão e prefeito Isaac Lima (PT), que está com o Gladson.

OU PULAM FORA OU FICAM MAL NA FITA

OS prefeitos Isaac Lima (Mâncio Lima) e Jerry Correia (Assis Brasil), que são dissidentes do PT apoiando a candidatura à reeleição do Gladson Cameli, têm todo direito de fazer a opção. Mas, para não ficarem com o carimbo da “traição política”, deveriam se afastar ou deixar o PT. Ficaria mais lógico e coerente, ora, pois!

EXEMPLO IDEOLÓGICO

O PREFEITO de Xapuri, Bira Vasconcelos (PT), é um exemplo de político que tem ideologia. Não capitulou quando o PT perdeu o poder e se manteve firme, mesmo enfrentando a dificuldade de ser oposição ao atual governo.

RESPEITO, MAS NÃO CONSIGO VER

CONTINUO crendo que, – a campanha pode mudar o panorama – o governador Gladson Cameli (PP) tem hoje lugar cativo no segundo turno. E, também não creio na eleição ser decidida no primeiro turno. O Sérgio Petecão (PSD), Jorge Viana (PT), Mara Rocha (MDB) e Márcio Bittar (União Brasil), todos têm comprovada densidade eleitoral. Não serão meros figurantes nesta eleição.

CAMPANHA PROFISSIONAL

PELAS NOTÍCIAS que chegam o Ney Amorim (PODEMOS) está fazendo uma campanha profissional, com adesões importantes, em todos os municípios. Foi incluído no grupo restrito que será ouvido na campanha do Gladson, comandado pelo coordenador da campanha, Rômulo Grandidier. Do grupo, também, deve fazer parte o ex-deputado Luiz Calixto.

FRASE MARCANTE

“A amizade que pode terminar nunca foi verdadeira”. São Jerônimo.

Continuar lendo

Destaque 2

“Costelão da Maçonaria” reúne candidatos ao governo do Acre em ritmo de pré-campanha

Publicado

em

Com sete candidatos ao governo e o início da campanha eleitoral não vai ser difícil que os postulantes ao Palácio Rio Branco acabem se encontrando nas mesmas agendas. Foi o que ocorreu neste sábado, 13, durante o Costelão Beneficente realizado pela Maçonaria no Parque de Exposições Wildy Viana, no segundo distrito de Rio Branco.

Gladson Cameli, candidato à reeleição pelo Progressistas, Mara Rocha, do MDB, e Jorge Viana, do PT, foram os candidatos majoritários ao governo que passaram pelo evento em busca de uma deliciosa costela e, claro, apoio político.

Já o senador Sérgio Petecão, candidato pelo PSD, preferiu fazer campanha no Festival do Açaí, no município de Feijó. Márcio Bittar não divulgou agenda neste final de semana, mas participou de reuniões para definição da equipe que vai coordenar sua campanha. David Hall, Agir, e Nilson Euclides, PSOL, não divulgaram agenda.

A campanha eleitoral é permitida mesmo a partir da próxima terça-feira, 16, quando os candidatos estão aptos a divulgar seus números e pedir votos.

O próximo “ponto de encontro” dos candidatos será em Cruzeiro do Sul na próxima segunda, dia 15, quando acontece a procissão e o encerramento do novenário de Nossa Senhora da Glória, a maior festa religiosa do Acre.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.