Conecte-se agora

Balsa de apoio a ribeirinhos afunda em cheia repentina do Rio Acre

Publicado

em

Na noite desta segunda-feira, 13, a balsa que serve como apoio aos ribeirinhos em Rio Branco, teve parte da estrutura danificada após uma inundação que veio com a cheia repentina do Rio Acre.

Ancorada na região do bairro da Base, a unidade serve como pousada e chega a abrigar aproximadamente 50 residentes que vêm à capital em busca da reposição de suprimentos, venda de produtos, idas a banco ou até mesmo para tratamentos de saúde.

Segundo o diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagens do Acre (DERACRE), Petrônio Antunes, as boias que sustentam a casa estariam passando por reformas há alguns dias, e ninguém estava no ambiente durante o acidente.

“As boias do lado direito foram retiradas para manutenção e ancorada no barranco. Infelizmente subiu muito rápido o rio de ontem para hoje, quase 5 metros e não deu tempo de arrastar a balsa para cima, já que o acidente aconteceu durante a noite”, declarou.

O representante confirmou que houve o afundamento parcial da casa mas sem muitos prejuízos. A manutenção que é rotineira, devido ao verão e todos os anos passam pelos serviços, começaram novamente a serem reparados e o mais breve possível pretendem disponibilizar o benefício para os ribeirinhos novamente.

“Ano passado reformamos a parte externa e interna e este ano estávamos fazendo a manutenção das boias. E aí aconteceu este imprevisto mas logo logo vamos retornar as atividades”, comunicou.

Acre

Competição de Motocross marca segunda noite de Expoacre

Publicado

em

Neste segundo dia de feira agropecuária no Parque de Exposições Wildy Viana, em Rio Branco, haverá a competição da segunda bateria do Campeonato Estadual de Motocross. São 70 competidores divididos entre 7 categorias entre atletas do Acre e outros estado.

Neste domingo, 31, será realizada a 4ª etapa do campeonato, onde serão escolhidos os campeões da respectiva. Ao todo, o campeonato terá oito etapas.

A organização do evento conta que ainda procura por apoio empresarial para que a competição continue existindo. Após a Expoacre 2022, a pista ficará mantida para competição no Parque de Exposições.

Estão competindo categoria kids, juvenil, feminina, iniciante e importada. A premiação será em troféu aos pilotos de 1° ao 7° lugar.

Continuar lendo

Acre

Expoacre 2022 movimenta setor de alimentos no Estado

Publicado

em

A Expoacre, maior feira de negócios do Acre, movimenta o setor de alimentos no estado. Após dois anos de pausa devido à pandemia, bares, restaurantes e lanchonetes instalados no Parque de Exposições, que recebe o evento em Rio Branco, têm agora nova oportunidade de ampliar faturamento e minimizar perdas do passado.

Atentos à movimentação, empreendedores do setor apostam na tradição e qualidade de seus produtos para atrair a clientela. “Com 45 anos no mercado, temos amizade grande com nossos clientes, que estavam ansiosos, querendo que abríssemos o restaurante, espero que todos venham aqui também”, disse Amilton Cogo, proprietário de uma das churrascarias instaladas na Expoacre.

De acordo com o dono de restaurante Nelson Pinheiro, o cardápio diferenciado pode ser também um atrativo a mais. “Temos aqui camarão, peixe, de primeira qualidade, além de outros pratos cubanos muito bem servidos”, anunciou.

Durante os nove dias de feira, os portões do Parque de Exposição estarão abertos para receber o público nos restaurantes, das 11 às 15h, para almoço, e das 18 às 23h, para o jantar.

Gastronomia e negócios

Neste ano, a Expoacre reúne ao todo 282 expositores, contando com a participação de empreendimentos da capital e do interior. “O evento movimenta o mercado meses antes da realização, com a geração de empregos e aquecimento do comércio, malharias e construção civil, entre outros segmentos”, lembrou o secretário de Empreendedorismo e Turismo, Márcio Pereira.

Para o atendente Gustavo Pinheiro, a Expoacre abriu as portas para o mercado de trabalho. “Bom momento para eu dar o pontapé inicial. A expectativa é de que tudo flua para todos nós”, disse.

Continuar lendo

Acre

Vídeo mostra mulher sendo arremessada por carro em acidente

Publicado

em

Uma colisão entre um carro e uma moto deixou a motociclista Lídia Feitosa Vieira Chalub, de 44 anos, gravemente ferida no final da manhã deste domingo, 31. O acidente aconteceu no cruzamento das ruas Antônio Boto com Ary Rodrigues, no bairro Aeroporto Velho, região da Baixada da Sobral, em Rio Branco.

De acordo com informações dos policiais do Batalhão de Trânsito, Lídia trafegava na sua motocicleta modelo Honda biz, de cor azul, placa MZW-9076, na rua Ary Rodrigues, quando o condutor do veículo modelo Onix de cor prata, placa QWN-0J30, que trafegava na rua Antônio Boto, invadiu a preferencial e colidiu fortemente contra a motocicleta e foi parar após colidir em um outro veículo modelo Onix de cor branca, placa QLR-1B35 que estava estacionado.

Com o impacto, a moto foi arrastada e Lídia arremessada em cima do carro. O motorista que causou o acidente permaneceu no local.

Populares que passavam no local acionaram a ambulância do suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), os paramédicos prestaram os primeiros atendimentos e encaminharam Lídia ao Pronto-Socorro de Rio Branco em estado de saúde grave. Segundo o Médico do SAMU, Lídia sofreu uma fratura próxima ao Fêmur e uma lesão na coluna.

A área do acidente foi isolada pelos Policiais Militares do Batalhão de Trânsito para os trabalhos de perícia. Durante uma consulta, os policiais descobriram que o documento da moto estava atrasado desde 2010 e a motociclista não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH). A moto foi removida ao Pátio do Departamento de Trânsito (Detran).

Veja o vídeo do momento do acidente:

Continuar lendo

Acre

Prova do laço agita segundo dia da Expoacre 2022

Publicado

em

Foi realizada na manhã deste domingo, 31, na Arena de Rodeio do Parque de Exposição, a prova do laço da Expoacre 2022. A competição acontece em parceria com a Associação Nacional de Três Tambores, da sigla em inglês NBH (National Barrel Horse Association).

Ao todo, de acordo com o organizador do evento, Ilson Ribeiro, foram realizadas em torno de 800 inscrições, com 110 participantes. A prova é disputada em dupla, com o cabeceiro, que laça a cabeça do bezerro e o pezeiro, responsável por laçar o pé do bezerro. Ganha a prova quem laçar mais rápido.

As provas do laço são divididas em três categorias: iniciante, amador e profissional. Enquanto o iniciante tem que laçar um boi (bezerro) para ir à final, o amador tem que laçar dois, e o profissional de três a quatro bois, dependendo, segundo Ilson, do handcap, que é o nível de laço de cada categoria.

Segundo ele, há competidores de Rio Branco e também de diversos municípios do interior, como Cruzeiro do Sul, Brasileia e Epitaciolândia. “Tem gente de todo o Acre. É uma prova muito esperada no ano e tem competidor que a última vez que competiu foi em 2019, durante a realização da última Expoacre”, disse.

A prova do laço não garante ranqueamento para outros eventos em nível nacional, mas, de acordo o organizador, mesmo assim é muito concorrida.

“A prova de hoje é específica da exposição, da Expoacre, e é realizada em parceria com o Estado”, explicou.

Entre os competidores está Pedro Moraes. Ele é pezeiro e já participa de competições há sete anos. Já representou o Acre em competições em Rondônia e até mesmo em São Paulo. Representa o Rancho Vitória, localizado na Estrada do Mutum.

“Esperamos que dê tudo certo e que ninguém se machuque”, disse ele.

Outro competidor, agora na categoria iniciante, é João Cuzuloto. Ele é cabeceiro e, embora já tenha participado de competições no município de Epitaciolândia, é a primeira vez que participa da prova na Expoacre.

“Estamos com uma expectativa muito boa e esperamos ganhar alguma coisa”, afirmou.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!