Conecte-se agora

ONG está com inscrições abertas para programa de imersão no idioma inglês

Estudantes com idade entre 18 e 26 anos podem participar; saiba mais

Publicado

em

Estão abertas as inscrições para o programa de imersão em inglês oferecido pela ONG Soul Bilíngue. As 330 vagas ofertadas são para a turma do segundo semestre de 2022. para participar os estudantes precisam ter entre 18 e 26 anos, ter cursado e concluído o ensino médio em escola pública, ter renda familiar per capita de até dois salários e serem moradores das regiões Nordeste, Norte e Sudeste. As inscrições seguem abertas até o dia 1º de junho. 

O edital, com informações gerais e requisitos, já consta no site da ONG. Para se candidatar para o programa, basta preencher o formulário da página e pagar a taxa social de inscrição de R$ 30. Estudantes aprovados na seletiva participarão de uma imersão de inglês por cerca de seis meses.

As aulas de inglês ocorrem aos sábados sendo o horário definido pela equipe Soul Bilíngue, de acordo com os resultados dos testes de nivelamento dos alunos aprovados no processo seletivo. Além disso, há encontro em grupo com psicólogos, eventos do Soul Summit (preparatório de intercâmbio) e reuniões com time Soul Bilíngue também aos sábados, das 9h às 10h30 (horário de Brasília) de forma intercalada.

Cada aluno contará com um mentor individual para prática de conversação e também terá acolhimento emocional com psicólogos voluntários no decorrer do processo. A iniciativa já impactou diretamente mais de mil jovens, ex-alunos da rede pública de ensino. Durante o período do programa, o estudante poderá concorrer a bolsas de estudo no exterior e ganhará pontos por desempenho e comprometimento ao longo dos seis meses.

Teste de Nivelamento Educa Mais Brasil 

Para quem deseja participar de intercâmbios, dominar outros idiomas é um facilitador, pois, assim, será possível concorrer a bolsas de estudos internacionais. Nem todo mundo sabe, mas mesmo sem ter feito um curso de inglês é possível saber o nível de habilidade e familiaridade que a pessoa tem com o idioma através do teste de nivelamento.

Na internet, é possível encontrar diversas ferramentas gratuitas para te auxiliar nesta descoberta. O teste de nivelamento do Educa Mais Brasil, por exemplo, é disponibilizado on-line e gratuitamente no site da plataforma. Ao concluí-lo, o estudante, além de saber qual o nível de conhecimento da língua, tem acesso a descontos de até 70% em cursos de inglês on-line.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Acre 01

Após críticas, Estado reage e levanta estátua de Chico Mendes, em Rio Branco

Publicado

em

Depois da repercussão do crime de vandalismo, onde um homem não identificado derrubou a estátua do líder seringueiro Chico Mendes, no memorial da Praça Povos da Floresta no último fim de semana, no centro de Rio Branco, o governo tomou providências e ergueu o monumento no início da noite desta segunda-feira, 4.

Em nota, o governo afirmou que a Polícia Civil do Acre, ao tomar conhecimento do crime praticado contra o patrimônio público que envolveu a estátua de Chico Mendes, tomou as devidas providências legais que tocam o caso, com procedimento investigatório e perícia no local. “Vale ressaltar que, imediatamente, uma equipe esteve no local do crime, realizando perícia técnica e dando início às diligências no sentido de identificar o(s) autor(es) da prática delituosa”, diz.

Ainda hoje, a Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) iniciou o trabalho de recuperação da estátua e do memorial. O serviço de base em alvenaria deverá ser concluído até a próxima sexta-feira, 8.

O assunto gerou revolta, tanto que a filha do ambientalista, Ângela Mendes, divulgou um vídeo nas redes sociais, no sábado, 2, solicitando providências do poder público – que foram tomadas apenas nesta segunda, três dias após o ato criminoso contra o patrimônio público.

Continuar lendo

Acre

SENAI integra Comitê de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil 

Representantes da instituição participaram nesta segunda-feira, 4, da programação alusiva ao Dia Nacional de Combate ao Trabalho Infantil 

Publicado

em

Representantes do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial no Acre (SENAI/AC) participaram na manhã desta segunda-feira, 4 de julho, da programação alusiva ao Dia Nacional de Combate ao Trabalho Infantil, promovido pelo Ministério Público do Acre (MPAC), na sede da instituição.

No evento, o SENAI foi representado pelo diretor-regional, César Dotto, e pela gerente de Educação Profissional, Geane Reis de Farias. O encontro marcou a criação do Comitê de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil e também a reativação do Fórum Estadual de Combate ao Trabalho Infantil. Ambos terão participação do SENAI/AC. “É um dever nosso e nos dá orgulho, enquanto instituição de educação profissional, apoiar causas tão essenciais para o nosso estado e para o nosso país”, destaca o diretor-regional, César Dotto.

Durante o evento, foi apresentado o primeiro Relatório Global sobre o Trabalho Infantil na Primeira Conferência do anual do trabalho. Também foi realizada uma mesa-redonda, mediada pelo defensor público Celso Araújo Rodrigues, com o tema ‘Prevenção e enfrentamento do trabalho infantil’. O SENAI fez parte de mesa-redonda, juntamente com a responsável pelo Programa de Erradicação do Trabalho Infantil – PETI, Ana Rosa Garcia Pinto, da Secretaria Estadual dos Direitos Humanos e de Políticas para as Mulheres, apresentando a temática ‘A Aprendizagem como Instrumento de Política Pública para o Enfrentamento da Exploração do Trabalho na Adolescência’.

Também estiveram presentes o procurador-geral de Justiça do MPAC, Danilo Lovisaro; o promotor Francisco Maia Guedes; o corregedor-geral do MPAC, Álvaro Luiz; o diretor de Políticas de Assistencial Social do Estado, João Mascarenhas; as promotoras Diana Soraia Tabalita e Vanessa Macêdo, entre outras autoridades.

Assessoria Sistema FIEAC

Continuar lendo

Acre

Fumantes já são 13% da população de Rio Branco, diz estudo

Publicado

em

O número de fumantes não para de crescer em Rio Branco. Em 2014, 9,7% dos moradores da capital fumava. Em 2017, houve um forte esforço para reduzir o tabagismo no Estado mas pouco resolveu pois em 2020 o uso do cigarro era de 11,5% da população. Em 2021, esse número subiu para 13%.

Ao menos 53 mil pessoas fumam na capital do Acre. Milhares de outros são fumantes passivos no trabalho ou em casa.

O tabagismo e a exposição passiva ao tabaco são importantes fatores de risco para o desenvolvimento de uma série de doenças crônicas, tais como câncer, doenças pulmonares e doenças cardiovasculares, de modo que o uso do tabaco continua sendo líder global entre as causas de mortes evitáveis

A condição de fumante passivo no domicílio foi atribuída a todo indivíduo não fumante que informou que pelo menos um dos moradores do domicílio tem o hábito de fumar dentro de casa. A condição de fumante passivo no trabalho foi atribuída a não fumantes que informaram que pelo menos uma pessoa possui o hábito de fumar no seu ambiente de trabalho.

A frequência de adultos que fumam variou entre 4,0% em Aracaju e 14,5% em Campo Grande. As maiores frequências de fumantes foram encontradas, entre homens, em Campo Grande (22,2%), no Distrito Federal (17,7%) e em Curitiba (14,9%) e, entre mulheres, em São Paulo (9,7%), Rio Branco (9,6%) e Florianópolis (8,7%). As menores frequências de fumantes, no sexo masculino, ocorreram em Aracaju (6,1%), Belém (6,9%) e Macapá (7,5%) e, no sexo feminino, em São Luís (1,5%), Teresina (1,6%) e Aracaju (2,3%).

Os dados são da Vigitel, pesquisa realizada anualmente pelo Ministério da Saúde. Além de estar associado às doenças crônicas não transmissíveis, o tabagismo também contribui para o desenvolvimento de outras enfermidades, tais como tuberculose, infecções respiratórias, úlcera gastrintestinal, impotência sexual, infertilidade em mulheres e homens, osteoporose, catarata, entre outras.

Continuar lendo

Acre 01

Sindicância tem 30 dias para concluir investigação sobre mortes de crianças no Acre

Publicado

em

A Comissão de Sindicância da Secretaria de Saúde do Acre, que apura a morte de crianças com síndrome respiratória no estado, emitiu uma nota pública na tarde desta segunda-feira, 4, após novo protesto de familiares.

A nota afirma que há um prazo legal de 30 dias para a comissão concluir seus trabalhos. Desde o dia 21 de junho, a equipe garante ter ouvido oito mães. “Foi ouvida também a direção do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco e ainda esta semana a direção do Hospital da Criança”, diz o documento.

A comissão diz ter solicitado relatórios de todos os profissionais que estiveram de plantão nos dias das mortes, assim como prontuários de atendimentos, situação geral do equipamentos e da quantidade de medicamentos disponíveis.

Após receber as informações, os próximos passos serão analisar os depoimentos, os documentos e elaborar o relatório final.

“A Comissão de Sindicância reafirma que todos os procedimentos estão sendo efetuados de forma legal e transparente para esclarecer os fatos à população” declarou a Presidente da Comissão de Sindicância da Sesacre, Cleber Fontineles.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!