Conecte-se agora

DNIT melhora acesso à ponte do Madeira enquanto a BR-364 no Acre sofre com descaso

Publicado

em

O Governo Federal anunciou nesta sexta-feira (20) que equipes do DNIT atuam na manutenção da BR-364, no trecho de acesso à Ponte do Rio Madeira, em Abunã, no Estado de Rondônia.

Segundo o DNIT, o segmento de 90 quilômetros recebe a intervenção mais intensa nos trechos críticos, além da manutenção para conservação da BR.

O trecho, lembra o órgão, faz a ligação entre Rondônia e Acre, passando pela ponte do Abunã, construída pelo DNIT e inaugurada no ano passado pelo governo.

“O trabalho do DNIT busca garantir maior conforto e segurança para os usuários dessa importante rodovia do Norte do país”, diz o órgão.

Enquanto em Rondônia a BR-364 recebe melhorias, no Acre o trecho entre Rio Branco e Cruzeiro do Sul é alvo frequente de queixas e denúncias de parte de motoristas, moradores e autoridades.

A situação é tão crítica que deputados falam que a estrada pode ser fechada em alguns trechos. Há uma empresa realizando operação tapa-buracos e algumas melhorias nos pontos mais danificados mas a proposta defendida é de reconstrução da rodovia, algo que já foi admitido pelo governo federal. No entanto, os recursos ainda não foram liberados para as obras que realmente precisam ser feitas.

Acre 01

Governo anuncia convocação de 117 novos profissionais para Corpo de Bombeiros e Civil

Publicado

em

Neste sábado, 25, o governador Gladson Cameli (Progressistas) realizou um pronunciamento onde anunciou a retirada da cláusula de barreira do edital do concurso dos bombeiros para a convocação de mais 87 novos aprovados no certame público.

Com a medida, será possível o aumento de 153 para 240 o número de novos profissionais que estarão a serviço dos acreanos.

Outra novidade revelada pelo chefe do executivo acreano, é na Polícia Civil. O governo vai realizar a convocação de mais 30 candidatos para o curso de formação que totalizam um número de 124 novos policiais que estarão nas ruas fortalecendo a segurança pública do Estado.

Continuar lendo

Acre 01

Secretário de Bocalom está na UTI do Santa Juliana e vai precisar receber pontes de safena

Publicado

em

O Secretário de Comunicação de Rio Branco, o jornalista Ailton Oliveira, foi transferido nesta sexta-feira, 24, para uma UTI do Hospital Santa Juliana após sofrer um infarto. Oliveira deveria ter passado por um cateterismo, mas suas condições de saúde não permitiram o procedimento. “Não foi possível fazer o cateterismo, os médicos informaram que as veias do coração estão muito debilitadas para suportar qualquer stent”, reportou ao ac24horas Melissa Jares, esposa do Secretário de Comunicação.

Por conta do estado delicado de saúde e a orientação médica de não fazer nenhum tipo de esforço, Aílton Oliveira foi transferido para uma UTI do Hospital Santa Juliana. A decisão dos médicos é estabilizar o seu quadro de saúde para nos próximos dias receber três pontes de safena. “A única forma de segurar essas artérias é com ponte de safena. São três que ele precisa, mas para isso ele tem que ficar agora na UTI cardíaca, já que não pode fazer nenhum movimento brusco”, informou Melissa.

Ailton Oliveira tem 51 anos é jornalista com passagens por diversos veículos de comunicação de Rio Branco e até em outros estados e desde janeiro do ano passado é Secretário de Comunicação da Prefeitura de Rio Branco.

Continuar lendo

Acre 01

Desembargador Pedro Ranzi se despede da Câmara Criminal e se aposentará no fim de junho

Publicado

em

A sessão da Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC) realizada nesta quinta-feira, 23, marcou a despedida do desembargador Pedro Ranzi do órgão. No final deste mês, Ranzi recebe a aposentadoria, depois de completar os 75 anos de idade e 34 de carreira jurídica.

O magistrado gaúcho, natural de Espumoso, interior do Rio Grande do Sul, é dono de uma extensa contribuição, não apenas para o Judiciário acreano, mas ao Estado do Acre, pois ocupou cargos públicos como secretário e prefeito em Cruzeiro do Sul, assim como de professor na Universidade Federal do Acre (Ufac).

Na Ufac, Ranzi se formou em Direito. Na cidade acreana de Cruzeiro do Sul foi Secretário Geral do Município em 1970 e prefeito no ano seguinte. No âmbito acadêmico, coordenou o curso de Direito da UFAC e chefiou a assessoria jurídica da mesma Universidade.

Em entrevista realizada pela Gerência de Comunicação do TJAC (DIINS/GECOM), ele disse que é difícil fazer uma medida dos 34 anos de atuação na Justiça acreana. “Não tem como quantificar, são muitos anos, 34 anos de julgamentos”, afirmou.

Ranzi presidiu a última sessão como membro da Câmara Criminal prestando homenagens a colegas do meio jurídico, agradecendo a todos por meio de seus dois colegas no órgão julgador, os desembargadores Samoel Evangelista e Denise Bonfim, oferecendo a eles placas de agradecimento.

A desembargadora Denise Bonfim agradeceu e disse o quanto vai sentir saudades de encontrá-lo todo dia cedo.

“Eu só quero agradecer a convivência, desde que entrei no Poder Judiciário em 1993, você só me ajudou esse tempo inteiro. Aprendi muito contigo, quando entramos, não sabemos de nada e você era o juiz da Vara de Tóxicos, Delitos e Trânsito, e você me ensinou muito. Nós nos socorríamos de ti e você sempre nos ajudou”.

O procurador de Justiça Sammy Lopes também reconheceu a conduta e postura do desembargador, usando versos do escritor Bertolt Brecht.

“Há homens que lutam um dia e são bons, há outros que lutam um ano e são melhores, há os que lutam muitos anos e são muito bons. Mas, há os que lutam toda a vida e esses são imprescindíveis”.

Depois de uma longa manhã de trabalho, com vários julgamentos, sustentações orais, onde os advogados e advogadas também aproveitavam para prestar homenagens ao magistrado, Pedro Ranzi declarou encerrada a sua última sessão à frente da Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Acre.

Com informações do Portal do TJAC.

Continuar lendo

Acre 01

Mais de 40 servidores da saúde de Rio Branco sofrem cortes irregulares nos salários

Publicado

em

Cerca de 46 servidores da saúde da prefeitura de Rio Branco foram surpreendidos ao acessarem seus contracheques referentes ao pagamento do mês de junho. Os profissionais, em sua maioria enfermeiros, perceberam cortes irregulares em seus salários.

Uma enfermeira que procurou o ac24horas e pediu para não ser identificada descobriu que vai receber apenas R$ 300 reais de salário. “O que vou fazer com esse dinheiro que não paga nem a luz da minha casa. A gente exige que resolva isso o mais rápido possível. Nos pagar de forma correta é uma obrigação, afinal trabalhamos duro para receber nosso salário integral”, afirma.

O ac24horas procurou Jonathan Santiago, secretário de gestão administrativa (Segati) que confirmou o problema na folha de pagamento, mas garantiu que os profissionais não serão prejudicados. “O que houve é que no mês passado, por conta das mudanças com os reajustes, o trabalho foi feito praticamente de forma manual. Este mês, quando a folha voltou a ser automatizada, o programa pegou os dados do mês de abril. Nós já identificamos o problema, comunicamos a empresa responsável pelo programa e os servidores podem ficar tranquilos que vamos pagar todo o restante dos salários no próximo dia 30”, afirmou.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!