Conecte-se agora

Bittar sinaliza rompimento com Gladson e não descarta lançar Alan Rick ao governo

Publicado

em

O senador Márcio Bittar (União Brasil) afirmou na tarde desta quinta-feira, 21, feriado do dia de Tiradentes, durante entrevista ao Gazeta Entrevista, da TV Gazeta, que existem pessoas dentro do governo de Gladson Cameli que não o querem por perto. O parlamentar, que foi o relator do orçamento deste ano, afirmou que a exoneração de Nenê Junqueira do cargo de secretário de Produção e Agronegócio não foi conversada com ele.

“Não conversaram comigo. Eu liguei para o Gladson e o Jonathan Donadoni e não me atenderam, mas tudo bem, também não vou atrás”, disse o senador em tom de irritação durante a entrevista.

Bittar revelou que o novo secretário da Sepa, Edivan Maciel, estava filiado no PL, na chapa para deputado federal, mas ao ser convidado por Gladson, acabou desfalcando a chapa federal do presidente Jair Bolsonaro no Acre. “ Quero deixar claro, tanto o Nenê, que é como se fosse um irmão mais novo meu, e o Edvan, quero dizer que conheço os dois. Mas veja bem, o Edivan se filiou ao PL a convite meu no partido do presidente Bolsonaro. Na reta final eu me esforcei, o presidente da república tirou o PL da deputada Mara Rocha num gesto que eu mesmo fui a Brasília dizer para o Flávio Bolsonaro que não precisava fazer. Se quiserem acreditar, acreditem. Eu fui dizer isso a ele: não faça isso. A Márcia vai para o União Brasil, o PL tem a deputada federal mais votada do Acre, a irmã do vice-governador, vai lá o Flávio Bolsonaro, chega no Valdemar Maciel e tira o partido a Mara, aí eu tento trabalhar para suprir isso na montagem da chapa. Ai esse governo que não fala comigo, eu acho que foi uma falta de respeito comigo, e agora tá criando problema com o Israel Milani, com a Vanda. Tem hora que eu sinto que o governo não me quer”, relatou.

Descontente com as mudanças no governo Cameli, Bittar afirmou que já conversou com o governador e falou que somente ele seria o responsável se caso ele não estivesse em seu palanque em 2022. “Eu já disse para o Gladson, se eu não estiver em seu palanque em 2022, escreva, só tem um responsável, você mesmo. Tirar um cara do PL, põe numa secretaria sem ao menos me dar uma ligação. O Gladson não me atendeu, nem o Jonathan Donadoni, mas tudo bem, também não vou atrás”, frisou.

O senador pela União Brasil ainda revelou que existem pessoas dentro do governo de Cameli que ficam dizendo que ele fica conspirando contra Gladson. “Estou cansado de ouvir de pessoas do governo que eu ajudo, ficam dizendo que eu fico conspirando quando saiu aquela coisa da Operação Ptolomeu, que eu poderia estar por trás daquilo com o Rocha. Eu sou um cara , se eu tiver uma denuncia, o Jorge Viana veio aqui falou uma coisa e eu respondi a ele e ele está respondendo na justiça. Não faço nada escondido. Eu trabalhei 12 anos para ser governador e não deu certo. Hoje isso saiu de dentro de mim. Não trabalho para isso. Tem horas que parece que o governo que eu ajudo parece que é ele que não me quer”, desabafou.

Questionado se teria um plano caso o rompimento com o governador Gladson Cameli, Bittar afirmou que tem até o plano C. “Um homem na vida nunca pode ter apenas um plano, eu tenho até o plano C. Qualquer saída, não pode ser apenas do Marcio, eu nao ando sozinho , quando eu pensei que nao ia mais comandar partido, quando eu fiz há 20 anos, isso cansa, mas Deus é quem manda. No fim eu sei que quem decide é Deus. Vou conversar com todos os amigos, se tiver que passar pelo Plano B, vou conversar com todo mundo. Eu venho ajudando, ajudando, e não falta gente no governo dizendo que o Márcio quer isso, quer aquilo. Eu acho que tem gente que não me quer mesmo”, finalizou.

O ac24horas procurou Bittar para perguntá-lo se existe a possibilidade de ele se lançar candidato ao governo. Mesmo aparentando chateação, voltou a dizer que sempre trabalhou com uma única certeza: a reeleição de Gladson. E concluiu: “agora o que eu sinto é que eles [grupo de Gladson] não me quer por perto, não me quer no governo, me tratam como inimigo… é preciso reunir o nosso grupo e decidir que caminho tomar”, disse.

Ao final das declarações, a reportagem de ac24horas insistiu numa pergunta de uma candidatura alternativa: – Sendo a sua ex-esposa Márcia Bittar pré-candidata ao senado o senhor aceitaria uma candidatura alternativa, tipo a do deputado federal Alan Rick?

“E quem não queria? Se ele quiser tenho certeza de que seria uma boa opção. Eu mesmo me encarregaria de construir essa candidatura junto à executiva nacional do União Brasil. Mas depende da vontade dele. De minha parte eu toparia com certeza”, disse.

Cotidiano

Em Brasília, Vanda Milani recebe apoio durante Convenção Nacional do PROS

Publicado

em

Durante a convenção que lançou Pablo Marçal como pré-candidato à Presidência da República pelo Pros, Vanda Milani recebeu o apoio dos colegas de partido para a sua pré-candidatura ao senado.

A deputada federal e pré-candidata ao senado, Dra. Vanda Milani, participou da Convenção Nacional do Partido Republicano da Ordem Social (Pros) que lançou Pablo Marçal como pré-candidato à presidência, na manhã deste domingo, 31 de julho, em Brasília. Durante a convenção, Vanda Milani recebeu o apoio dos colegas de partido para a sua pré-candidatura ao senado.

O conselheiro nacional do Pros, Márcio Junqueira, reforçou a importância dos pré-candidatos do partido manterem firmeza na disputa dessas eleições por um país melhor. Entre os nomes presentes, Junqueira destacou Vanda Milani como um nome forte e de exemplo no norte do país.

“A eleição foi feita para ser disputada e o Brasil, mais do que nunca, precisa encontrar um caminho que não seja essa loucura aonde temos medo de falar de política sob o risco da agressão e da morte. Aqui temos gente de bem que deseja o novo, o novo de uma melhoria para o nosso país, para todos os brasileiros. E o importante é que nos temos candidatos que vão para cima como a nossa Vanda Milani lá no Acre, no norte”, disse o conselheiro. 

A presidente do Pros no Acre e pré-candidata ao senado, Vanda Milani, destacou o seu empenho em comparecer na convenção e relembrou os seus sonhos de lutar por um país melhor com o apoio da mulher brasileira para ações políticas e sociais no país.

“Fiz questão de vir do Acre para dizer que o Acre existe e que lá nós temos mulheres com garra, força e vontade para fazer e de ajudar esse partido crescer, o nosso Brasil crescer. Eu era menina, ainda com 6 anos de idade, e meu sonho era ser delegada de polícia e eu alcancei o meu sonho. Hoje eu carrego o sonho de ser senadora da república e quero dizer que nós mulheres temos garra e força para chegar lá. Tenho orgulho de dizer que tenho 68 anos de idade e continuo perseguindo o sonho de um país melhor. Vamos à luta, mulherada, que nós havemos de vencer”, afirmou a pré-candidata ao senado, Vanda Milani.

O presidente nacional do Pros, Marcus Holanda, discursou sobre a prioridade do Partido Republicano da Ordem Social em trabalhar por um Brasil soberano, livre e democrático. “Apresentamos os nossos melhores quadros que estarão dispostos a trabalhar pelo nosso Brasil. Trabalhar por nossa soberania, liberdade e nossa democracia. Por um Brasil, não do futuro, mas pelo Brasil do agora”, ressaltou Holanda.

Ainda na convenção, a presidente nacional do PROS-Mulher, Sandra Caparrosa também apontou a importância da presença da mulher na política. “Estar diante de todos vocês, aqui na convenção nacional, tem um significado especial para mim. Tem o significado da palavra que inspira que é prosperar, porque prosperar quer dizer tornar-se grande, e como um país pode desenvolver sem a força e a sabedoria da mulher? O lugar de mulher é na política e precisamos de vocês para vencer”, finalizou.

Continuar lendo

Cotidiano

Gefron e Denarc apreendem droga em caminhão frigorífico na BR-317 

Publicado

em

Em cumprimento à Operação Hórus, do Programa Guardiões das Fronteiras, equipes do Grupo Especial de Fronteira (Gefron-AC) e da Delegacia de Combate ao Narcotráfico (Denarc), da Polícia Civil, durante ação integrada, na BR 317, proximidades do trevo de Senador Guiomard, apreenderam, nas primeiras horas deste sábado, 31, onze barras de substância entorpecente (aparentando ser skunk), que estavam sendo transportadas na câmara fria de uma carreta.

Segundo informações da polícia, no momento da abordagem, o motorista se mostrava “bastante nervoso e contando histórias desconexas”.

Diante do cenário, foi solicitado ao condutor que fosse aberto  o lacre do baú do veículo, conduta realizada na sede da empresa para a qual o condutor prestava o serviço de transporte. Lá, ainda de acordo com a guarnição, após o rompimento do lacre, constatou-se o ilícito.

Em ato contínuo, o motorista e a substância entorpecente foram levados para a Delegacia de Flagrantes, para os procedimentos necessários.

“A integração das forças de segurança mais uma vez dando resultado no combate à criminalidade”, asseverou um dos componentes da guarnição, após conclusão da ação.

Continuar lendo

Cotidiano

Expoacre recebe a 4ª etapa do Campeonato Acreano de Motocross

Publicado

em

Velocidade, altas manobras e muita emoção foi o que o público presente na pista de motocross, no Parque de Exposição, pôde ver na primeira noite de competição da 4ª etapa do Campeonato Acreano de Motocross, na Expoacre 2022.

Esta etapa, que teve início no sábado, 30, e se encerra neste domingo, 31, conta com a participação de mais de 70 pilotos dos estados do Acre, Rondônia e Mato Grosso. As equipes estão divididas em sete categorias, que são Kid, Juvenil, 200cc, Feminina, Iniciante, Importada e 230cc pro.

O Estado, além de incentivar a competição, garantiu a segurança dos pilotos e do público presente por meio da presença do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

O presidente da Associação dos Motocross do Acre, José Claudio Bezerra da Silva, conhecido com “Bolacha”, falou da importância da participação do motocross na Expoacre após seis anos ausente da feira.

“Estamos aqui, abrindo a 4ª etapa do Campeonato Acreano de Motocross, após seis anos que não realizamos dentro da feira, e hoje estamos retornando, isso é um motivo de alegria para todos nós”, destacou.

Continuar lendo

Cotidiano

Rio Branco decide vaga contra o Pacajus neste domingo no Florestão

Publicado

em

O Rio Branco tem na tarde deste domingo, 31, um confronto decisivo no Campeonato Brasileiro da Série D. A partir das 5 da tarde, no estádio Florestão, o representante acreano enfrenta o Pacajus (CE) por uma vaga na próxima fase da competição.

Na semana passada, o Estrelão conseguiu um empate no Nordeste em 1 a 1. Uma vitória simples coloca o Rio Branco na próxima fase. Em caso de empate por qualquer placar a decisão será na disputa de pênaltis.

Quem passar de fase pega o vencedor do confronto entre ASA (AL) e Afogados (PE) e estará a quatro jogos do acesso à Série  C.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!