Menu

Pesquisar
Close this search box.

Flamengo vence o São Paulo com ‘estrela’ de Paulo Sousa

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

O Flamengo contou com a “estrela” do técnico Paulo Sousa para vencer o São Paulo por 3 a 1 hoje (17) no Maracanã, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. O técnico português fez substituições certeiras no segundo tempo.


No primeiro tempo, o Flamengo abriu o placar com Gabigol e o Tricolor, numa das poucas chegadas em toda a partida, empatou com Calleri. Na etapa final, o jogo estava enroscado até Paulo Sousa colocar Isla e Marinho. Minutos depois, Isla fez o segundo e Marinho deu a assistência para Arrascaeta marcar o terceiro.

Anúncios


Com os três pontos depois de atuação dominante no Maracanã, o Flamengo vai a quatro pontos na tabela do Brasileirão e ultrapassa o São Paulo, que soma três. Na primeira rodada, o Rubro-Negro empatou com o Atlético-GO por 1 a 1 e o Tricolor goleou o Athletico por 4 a 0.


O Flamengo voltará a campo para enfrentar o Palmeiras na quarta-feira (20), novamente no Maracanã, em jogo antecipado da quarta rodada do Campeonato Brasileiro. O próximo compromisso do São Paulo será diante do Juventude, também na quarta e fora de casa, pela Copa do Brasil.


Quem foi bem no Flamengo: Lázaro e Arrascaeta


O meia-atacante foi destaque ofensivo do Rubro-Negro. Deu assistência perfeita para o sempre oportunista Gabigol. Lázaro, cansado, saiu para a entrada de Marinho no segundo tempo. Arrascaeta mais uma vez foi o maestro do time e deixou o dele.


Quem foi mal no Flamengo: Rodinei


O lateral-direito não foi eficiente no ataque e vacilou na marcação do gol de Calleri. Isla entrou em seu lugar e fez o segundo do Flamengo.


Quem foi bem no São Paulo: Jandrei e Calleri


O goleiro são-paulino fez várias defesas importantes, enquanto Calleri aproveitou cruzamento perfeito de Rafinha para fazer o gol tricolor.


Quem foi mal no São Paulo: Pablo Maia


O volante fez seus piores minutos pelo Tricolor desde a promoção ao elenco profissional. Foi substituído no intervalo.


O jogo do Flamengo: domínio das ações


O Rubro-Negro tomou a iniciativa da partida e criou as principais ações. O São Paulo teve dificuldade até para passar do meio-campo em alguns momentos.


O jogo do São Paulo: coadjuvante

Anúncios


O técnico Rogério Ceni gosta de um São Paulo protagonista e com a bola seja onde for. No Maracanã, porém, o Tricolor teve muita dificuldade e criou pouco. Foi dominado.


Substituições certeiras


De uma só vez aos 18 minutos do segundo tempo, o técnico Paulo Sousa colocou Isla e Marinho nos lugares de Rodinei e Lázaro, respectivamente. Aos 23, Isla desempatou. No minuto 26, Arrascaeta ampliou depois de chute cruzado de Marinho. Isla não fazia um gol em 2020 e vinha sendo preterido por Rodinei, Matheuzinho e até o zagueiro Léo Pereira como lateral.


Xodó do professor


Em alta com Paulo Sousa, Lázaro deu sua sexta assistência em 2022 e igualou Arrascaeta como maior garçom do Flamengo no ano.


Acorda, Pablo!


O técnico Rogério Ceni ficou muito irritado com Pablo Maia no primeiro tempo. Ele chegou a falar: “Uma tudo bem, duas é demais. Pode acordar já” para o volante, de acordo com a reportagem da Globo.


Carinho ao ex


O elenco inteiro do Flamengo foi ao encontro de Rogério Ceni, técnico do São Paulo e antigo comandante do Rubro-Negro. Ceni recebeu vários abraços antes da bola rolar no Maracanã


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido