Menu

Pesquisar
Close this search box.

Faccionados estão ameaçando e extorquindo comerciantes na fronteira, confirma delegado

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

Mesmo diante do grande aparato policial e da presença das forças de segurança da capital em Brasiléia e Epitaciolândia, membros de facções continuam ameaçando e extorquindo dinheiro de comerciantes e empresários.


A confirmação foi feita no início da tarde desta quinta-feira (7) pelo delegado local José Luiz Tonini, em entrevista à imprensa.


“Inclusive, tem gente que não pertence a nenhuma organização criminosa se aproveitando da ocasião. A Policia Civil está atenta e controla a situação”, comentou a autoridade policial.

Anúncios


Mesmo antes das facções acabarem com a trégua que já durava alguns meses, dando início a uma nova guerra que já matou dez e feriu nove em menos de um mês, o “golpe da extorsão” já vinha sendo aplicado na fronteira, só que orientados pela policia nenhuma das vítimas escolhidas pelos bandidos fez qualquer pagamento.


Com o início da matança e, consequentemente, o pânico tomando conta a população, os faccionados voltaram à ativa e agora com sucesso, já que comerciantes e até mesmo pessoas do povo, ameaçados através de mensagens de aplicativos e telefonemas, acabaram cedendo à vontade dos golpistas.


O delegado Luiz Tonini volta a alertar à população para que não faça nenhum pagamento.


“Se você receber qualquer tipo de mensagem ou telefonema com ameaças e exigindo valores, não se apavore. Procure logo a polícia que sabe lidar com esse tipo de gente”, concluiu a autoridade policial.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido