Conecte-se agora

Calçando sapato com calo no pé

Publicado

em

UMA DAS PRINCIPAIS lideranças do PP fez ontem, 26, através de uma postagem ao BLOG, um questionamento que é muito pertinente. Segundo a sua visão, enquanto não acontecer de forma oficial, numa coletiva à imprensa, uma declaração do governador Gladson Cameli de que a senadora Mailza Gomes (PP) será a sua única candidata ao Senado, por ser companheira de chapa, a candidatura dela vai ficar patinando na dúvida, e ao sabor de que se será mesmo candidatas sem retorno ou se abdicará para disputar uma vaga de deputada federal. É uma situação incômoda. 

Ainda que, a senadora Mailza Gomes (PP) tenha reiterado que se encontra fora do seu radar a Câmara Federal e que, o seu foco principal é buscar um novo mandato, enquanto não houver a palavra oficial do governador sempre haverá alguém para colocar a sua candidatura em dúvida. 

É como calçar sapato com um calo no pé. Sempre vai ficar aquele incômodo. O tempo passa, o tempo voa, logo mais começará a campanha.

UM BOM NEGÓCIO

PARA OS MARGINAIS tem se mostrado um bom negócio roubar caminhonetes do estado. As seis caminhonetes surrupiadas da SEPA e do DERACRE, em dezembro e recentemente, se volatizaram, e não foram encontradas.

SÓ COM CHAPA

O PREFEITO Mazinho Serafim, só vai se filiar ao PSD, caso o partido tenha uma chapa competitiva para deputado federal, caso contrário ficará no MDB. Em qualquer cenário, ele apoiará o senador Petecão (PSD) ao governo.

GOLPE NO NEGACIONISMO

AO decretar a apresentação do passaporte de vacinação, o prefeito de Cruzeiro do Sul, professor Zequinha, aplicou um golpe nos negacionistas da ciência e contra a vacina.

TRABALHO RECONHECIDO

NUM TEMPO de vacas magras na gestão do prefeito Tião Bocalom, se há um ponto positivo é a ação do secretário da Zeladoria municipal, Joabe Lira, na limpeza da cidade.

DEPUTADA FEDERAL

CASO a vereadora Michelle Mello (PDT), uma das gratas revelações na Câmara Municipal de Rio Branco, resolver ser candidata a deputada federal, como se comenta, irá enriquecer em muito o quadro dos políticos promissores.

CARAPUÇA DO FOGO AMIGO

EM RECENTE discurso em Porto Acre, o governador Gladson fez uma revelação, que causou indagação, a de que, ele sofre um processo de queimação por aliados do governo. Como não disse o nome, deixou a carapuça no ar. Alguém se arrisca a palpitar sobre o fogo muy amigo?

SEM ALTERNATIVA

CASO o Jorge Viana saia candidato ao Senado, o que é o mais provável, não restará alternativa ao PT ao não ser a de apoiar o deputado Jenilson Leite (PSB) ao governo.

MUITO IMPROVÁVEL

É improvável que venha a acontecer no primeiro turno uma aliança do PT do Jorge Viana com o PSD do senador Sérgio Petecão (PSD). A ideia não encontra guarida no PSD. Mas, num segundo turno, a aliança é quase certa.

DR FECHADA

A DR- Democracia Radical, a maior tendência dentro do PT, vai fechar apoio ostensivo a dois candidatos, Léo de Brito a deputado federal, e o Daniel Zen para estadual.

MUDAR DE ESTRATÉGIA

O PT jogou todas as suas fichas no afastamento do governador Gladson. Se ocorresse seria o fim político do Gladson, e a porteira estaria aberta a uma candidatura do Jorge Viana a governador. Vai ter de mudar a estratégia.

O QUE DIZEM OS AMIGOS

AMIGOS do deputado Jonas Lima (PT) dizem que, se o Jorge Viana for candidato ao governo, o parlamentar votará nele. Mas se for candidato a senador, não terá o seu apoio, pois apoiará a deputada federal Jéssica Sales (MDB) para o Senado. O Jonas sempre foi uma voz independente dentro do PT.

FAZ MAL À ALMA

NUNCA concordei com uma vírgula das ideias do ideólogo do Bolsonaro, o autodeclarado filósofo Olavo de Carvalho, mas não formou na fila dos que comemoraram a sua morte. O ódio faz mal ao corpo e não purifica a nossa alma, diz um secular ditado da sabedoria chinesa.

É MAIS QUE LÓGICO

ESTE é um jogo político claro para a candidatura do senador Sérgio Petecão (PSD) ao governo: se o prefeito Bocalom se recuperar na opinião pública vai lhe empurrar para cima; mas se não acontecer vai lhe puxar para baixo. Não existe alternativa para resolver esta equação.

NOMES DE PESO

O PDT sonha com uma chapa para a ALEAC que tenha como puxadores de votos para a ALEAC os deputados Luiz Tchê e Pedro Longo; a vereadora Michele Mello e Tom Sérgio, irmão do deputado federal Jesus Sérgio. O Tchê conhece o caminho das pedras na formação de chapas.

MÃOS ATADAS

ATÉ A ABERTURA da janela para a troca de partidos em março, a deputada federal Mara Rocha (PSDB), não poderá tocar a sua candidatura a governadora pelo PL, sob pena de vir a perder o mandato por infidelidade partidária. Só poderá fazê-lo após a filiação ao PL.

VAI DE PETECÃO

O EX-DEPUTADO Eber Machado não vai continuar no PDT. Anunciou que será candidato a deputado estadual pelo PSD, e apoiar a candidatura ao governo do Petecão (PSD).

OS SEM PARTIDO

OS DEPUTADOS Pedro Longo, Maria Antonia, Marcos Cavalcante, Roberto Duarte e Vagner Felipe não vão disputar a reeleição, pelos partidos que foram eleitos. Devem definir onde se filiarão até o final de março.

CAFÉ NO BULE

O FIM das coligações proporcionais, o que obriga aos partidos terem chapas próprias para deputado, causou um baque grande. Acabou aquela mamata de siglas se juntarem numa coligação, para eleger um deputado. Agora é no mano a mano. Quem não tiver café no bule, é balsa.

DOIS VÃO PARA A BALSA

O PODEMOS conseguiu fechar uma chapa com quatro deputados: Chico Viga, André da Farmácia, Neném Almeida e Fagner Calegário. Podem reservar passagens na balsa para dois deles.

A POLÍTICA MUDA COMO AS NUVENS

Gladson Cameli, Sérgio Petecão, Mara Rocha, Major Rocha, Mazinho Serafim e Meire Serafim estavam todos abraçados no mesmo palanque, em 2018. Em 2022 estarão separados como adversários e em palanques diferentes. A política muda como as nuvens, diz o velho ditado mineiro.

FRASE MARCANTE

“A vida é a arte do encontro, embora haja tanto desencontro pela vida.” Poeta Vinícius de Moares.

 

Blog do Crica

Candidatura consolidada 

Publicado

em

COM o anúncio feito pelo ex-governador Jorge Viana (PT) na última sexta-feira, em entrevista ao ac24horas, de que o seu caminho natural é buscar uma vaga de senador, ficou solidificada a candidatura do deputado Jenilson Leite (PSB), ao governo, dentro da federação partidária formada pelo PT-PCdoB e PV. 

Liberto do fantasma que o rondava de uma candidatura do Jorge Viana ao governo, agora poderá continuar a sua campanha, com a certeza de que terá todo o grupo de partidos de esquerda envolvidos na sua luta para chegar ao Palácio Rio Branco. Tem como credenciais ser um bom parlamentar e não ter mácula na sua carreira política.

NÃO PASSA DISSO

A ALIANÇA PT-PSB-PV-PCdoB tem na contabilidade eleger um deputado federal. Dois seria um ponto fora da curva. Perpétua Almeida, Léo de Brito, Sibá Machado, Nazaré Araújo, Henry Nogueira e Claudio Ezequiel estão na chapa.

VAMOS VER SE TEM VOTOS

A VAGA do pecuarista Edivan Maciel na chapa do PL para deputado federal, será ocupada pelo empresário Zé Lopes Junior. Seu pai, o fazendeiro Zé Lopes, sempre foi um financista de campanhas políticas em Manaus e Boca do Acre. A intermediação foi feita pelo Márcio Bittar.

NÃO MEÇAM PELO PT

NÃO avaliem a candidatura do Jorge Viana ao Senado apenas pelo potencial atual do PT, ele é um candidato que tem muitos dos seus votos além dos muros petistas.

BEM FRAQUINHA

COM poucos participantes, a carreata a favor da reeleição do presidente Bolsonaro pelas ruas de Rio Branco.

FUGINDO DA ÓTICA DOS POLÍTICOS

GERALMENTE, um parlamentar só investe as suas emendas em setores que podem render votos. O deputado federal Alan Rick (União Brasil) foge da prática condenável. Destinou recentemente veículos e equipamentos para várias entidades sociais, como o Educandário Santa Margarida, Lar dos Vicentinos, Casa de abrigo Mão da Mata, Jocum, Associação Cristã Alfa, Casa Esperança e o Centro de Recuperação Ebenézer. Todas elas fazem um relevante trabalho com os desfavorecidos. Que a ação do Alan seja exemplo à classe política.

FRASE MARCANTE

“Não há nada mais inútil que discutir política com políticos”. Salazar.

CANDIDATA PRIORITÁRIA

PELAS informações, a senadora Mailza Gomes (PP), após muitas conversas, já se inclina em disputar um mandato de deputada federal. Foi lhe garantido um tratamento prioritário, na campanha do governador Gladson Cameli.

HABILIDADE E CONFIANÇA

PELA sua demonstrada habilidade política de contornar problemas e ter a extrema confiança do governador Gladson Cameli, o favorito

MÉRITO POLÍTICO

NÃO ENTRO no mérito do senador Márcio Bittar (União Brasil) defender uma ideologia de extrema direita, mas há um mérito seu que ninguém pode contestar: de conseguir montar as duas mais fortes chapas para a Câmara Federal, a do União Brasil e a do REPUBLICANOS.

NÃO PODERIAM NEM ABRIR A BOCA

ALGUÉM tem de dizer aos robôs que foram as ruas pedir o fechamento do STF, golpe militar, que numa Ditadura, quem ousa a fazer protesto, é preso sem direito à defesa.

ESPERANDO A DESISTÊNCIA

NINGUÉM torce mais do que o deputado José Bestene (PP), para que o Alysson Bestene (PP) desista de disputar vaga na Câmara Federal, quer pôr o filho Samir Bestene.

MUITA COISA PODE ACONTECER

ATÉ AS CONVENÇÕES regionais de julho, que vão definir de forma oficial os candidatos aos diversos mandatos, muita coisa pode acontecer e mudar o atual cenário.

SÓ ELA TIRA

CONVERSEI ontem com destacados dirigentes do MDB, e de todos escutei o mantra que, a deputada federal Mara Rocha (MDB) só não disputará o governo, se ela desistir.

 

Continuar lendo

Blog do Crica

Vai que é tua, Sibá Machado

Publicado

em

QUEM DISSER na luz da racionalidade que sabe o que o governador Gladson Cameli tem programado na sua cabeça, para a montagem da sua chapa no espaço para ser vice, está faltando com a verdade. E, quem procurar entender, vai ficar louco e não vai conseguir. 

Primeiro, foi o ex-secretário Alysson Bestene (PP), a puxar a extensa lista como favorito; e que hoje, não se sabe o motivo, foi colocado à margem do governo. Depois passou a ser citado como vice pelos microfones do Palácio Rio Branco, o deputado federal Alan Rick (União Brasil), que em seguida foi rifado. Posteriormente, apareceu na cena do divertido filme, Socorro Neri (PP), também logo descartada. 

A Márcia Bittar (PL) também passou em um momento a ter o seu nome com certo para ser a vice. Quem lhe sucedeu na lista dos desenganados foi o ex-chefe do gabinete civil, Rômulo Grandidier, que fez um belo trabalho de articulação política no período das filiações, e tem seu nome aprovado na base do governo. Mas, pelo visto, é o mais novo rifado dessa patuscada, com o surgimento do nome da senadora Mailza Gomes (PP) para ser a vice. Não vai demorar a ser detonada. 

Isso, é de endoidar a cabeça de todo mundo. E, é bom se registrar que todos estes nomes foram citados em vários momentos pelo próprio governador Gladson. E, se o petista Sibá Machado fosse hoje filiado ao PP, seria a hora de gritar bem alto: Vai que é tua, Sibá Machado!

SABE COMO LIDAR COM O GLADSON

AO TER O SEU NOME citado como cotada para ser a vice na chapa do governador Gladson, pelo próprio; a dedução a que se chega é que a senadora Mailza Gomes (PP) sabe como lidar com o Gladson. Lhe peitou na eleição última municipal, e derrotou apoiando o atual prefeito Tião Bocalom. Peitou de novo na escolha do candidato ao Senado do PP, e o derrotou porque não conseguiu lhe remover. Se for escolhida para a vice, pode-se dizer que o governador Gladson Cameli só funciona no tranco.

VICE PODERÁ VIRAR GOVERNADOR

O governador Gladson tem duas metas: se reeleger, e depois disputar o Senado. O quadro se concretizando, quem for o seu vice assumirá o governo. Ou seja, o vice de hoje poderá ser o governador do estado, amanhã.

PESO NA CAMPANHA

ESTÁ PREVISTO para entrar em pauta no próximo dia 4, no STJ, o recurso do Gladson pedindo a nulidade da Operação Ptolomeu. Se conseguir, terá uma bandeira poderosa para a campanha. Mas, se não conseguir dará uma bandeira devastadora para os candidatos da oposição. Até o julgamento, é só expectativa.

CONVERSAS COM O MDB

O SENADOR Márcio Bittar (MDB) teve conversas no MDB via os dirigentes Vagner Sales e Aldemir Lopes: e com o recente filiado vice-governador Major Rocha. Pauta: uma aliança para as eleições deste ano.

PACTO FIRMADO

O SENADOR Márcio Bittar (União Brasil) disse na última sexta-feira ao BLOG, que está com conversa marcada esta semana com o governador Gladson, em Brasília; mas tem uma condicionante, que vou grifar das suas palavras: “Não posso decidir mais nada sem ouvir também meus amigos do MDB”.

FLANANDO EM CÉU DE BRIGADEIRO

O Gladson Cameli só vive hoje esta confusão que resultou em perda de quase todos os aliados de 2018, por ter mexido mal na escolha do seu candidato á PMRB, quando ignorou os companheiros de palanque de 2018. Era para estar hoje flanando em céu de brigadeiro, sem intrigas.

TIRANDO SARRO

O PREFEITO Tião Bocalom tem tirado sarro nas suas peças publicitárias, ao citar que deu um reajuste bem maior do que o que foi dado pelo governo aos servidores estaduais.

TEM QUE SE CACIFAR FORA DA BOLHA

COM o alto reajuste, o Bocalom ficou bem na bolha dos funcionários. Mas, na bolha maior, que é o povão dos bairros, onde está mal, tem todo o verão para melhorar.

BOCADO COMIDO……

O EX-GOVERNADOR Jorge Viana (PT) deu uma tacada no pessoal do agronegócio que, hoje, debita o atraso do Acre ao projeto petista da florestania, e que orbitava no seu governo: “Bocado comido, bocado esquecido”. 

NENHUMA SUPRESA

A revelação do Jorge Viana (PT) de que será candidato ao Senado; e só disputaria o governo num cenário de um maior desgaste do governador Gladson, não causou surpresa. Adiantei várias vezes no BLOG.

META DE FUTURO

O DEPUTADO Nicolau Junior (PP) tem duas metas para o futuro. A primeira é se reeleger com boa votação; e a outra é disputar a prefeitura de Cruzeiro do Sul.

CASAMENTO MARCADO

A PREFEITA de Brasiléia, Fernanda Hassem (PT), está de casamento marcado para o próximo dia 13, com o médico e candidato a deputado federal, Israel Milani.

CONFUSÃO MALUCA

O PP vive uma confusão maluca, dividido entre as alas que querem a Mailza Gomes (PP) de candidata ao Senado; e a que defende a sua desistência. E ainda tem o prefeito do partido, Tião Bocalom; adversário declarado do governador Gladson, lhe cutucando sempre que pode.

FALTA TUTANO

O DEPUTADO Neném Almeida (PODEMOS) ainda insiste que, o ex-deputado Ney Amorim (PODEMOS) poderá disputar o governo. Esqueça isso, Neném; o Ney não tem tutano para entrar numa empreitada deste porte.

ESQUEÇA, NENÉM!

O NEY AMORIM já cumpriu a sua meta, que era para montar uma chapa de para a Câmara Federal, onde ele fosse o protagonista para se eleger. O resto, e balela.

DOBRADINHA

JURACY NOGUEIRA para deputado estadual e Dorian Pinheiro a Federal, é uma dobradinha para esta eleição.

FALTA MARCAR A DATA

ESTÁ tudo acertado entre o senador Sérgio Petecão (PSD) e a deputada federal Vanda Milani (PROS), para que esta seja a candidata a senadora da sua chapa para o governo. Só falta marcar a data da oficialização do casamento.

BONS VEREADORES

A VEREADORA Michelle Melo (PDT) deve disputar um mandato de deputada federal. O vereador Emerson Jarude (MDB), de deputado estadual. Ambos cumprem mandatos acima da média na Câmara Municipal de Rio Branco. Justificaram os votos recebidos.

LIVRO NA PAUTA

A PRÓXIMA SEMANA, eu deverei tirar para escrever capítulos de um livro. Por isso, o BLOG estará fora do ar.

FRASE MARCANTE

“Não esqueça de todo dia agradecer a Deus pela vida”. Frase cristã.

Continuar lendo

Blog do Crica

Os caminhos do Márcio Bittar

Publicado

em

O SENADOR Márcio Bittar (União Brasil), viu até aqui todo o seu projeto político programado para a campanha eleitoral deste ano, não se concretizar. Seu foco era entrar janeiro com a sua candidata ao Senado, Márcia Bittar (PL), anunciada pelo governador Gladson Cameli, como o nome da sua chapa. 

E, num Plano B, vê-la na chapa como vice. No segundo caso, numa eventual vitória do Gladson, ele teria um ponto de apoio para disputar o governo em 2026. Mas, nada disso deu certo. O nome da Márcia Bittar sofreu fortes reações na base de apoio do Gladson, e dos seus mais próximos assessores. O governador Gladson tratou logo de dizer que não fará tratativas com ninguém para a escolha do seu vice.  

Para o Senado, também, não mostrou nenhum interesse em avalizar a inclusão da Márcia Bittar na sua chapa, até porque o seu partido, PP, não conseguiu demover a senadora Maila Gomes (PP) da disputa do Senado. A se manter a situação atual só vai restar ao senador Márcio Bittar (União Brasil), três caminhos: ser candidato ao governo; lançar ou apoiar uma das candidaturas ao governo; ou fazer um acordo com o MDB para indicar o vice e firmar um pacto para ser o candidato do partido ao governo, em 2026.

ARCO FORTE DE ALIANÇAS

O EX-PREFEITO de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro, tem montado apoios importantes em torno da candidatura da sua mulher Keiliane Cordeiro, que disputará uma vaga de deputada federal pelo REPUBLICANOS. A sua principal base política é o Juruá, mas terá votos em outras regiões.

ATENÇÕES VOLTADAS

TODAS as atenções do governador Gladson Cameli estão voltadas para o julgamento dos seus recursos no STJ, previsto para acontecer, na primeira semana de maio. Nos recursos, ele pede a nulidade da Operação Ptolomeu.

TIRO NO PÉ

QUAL a relevância política nacional da figura tosca do deputado federal Daniel Silveira? Nenhuma! Aliás, um péssimo exemplo de político. O STF deu um tiro no pé, porque é quem está lhe dando uma projeção que jamais teria fora deste cenário.

CHAPA MONTADA

JENILSON LEITE (PSB) para governador, e Jorge Viana (PT) de candidato ao Senado, esta deverá ser a chapa majoritária dos partidos de esquerda. Não vejo outro desfecho. O PT, neste caso, indicaria o vice.

CONVERSA ABERTA

O BLOG tem informação segura de que o senador Márcio Bittar (União Brasil) está com um canal de diálogo aberto com o MDB, via o ex-prefeito Vagner Sales (MDB).

NÃO MEXERIA

CASO venha a acontecer uma aliança entre o MDB e o senador Márcio Bittar (União Brasil), o espaço que estaria aberto para o debate seria a indicação do vice da chapa.

VAI ABRIR O JOGO

O EX-SENADOR JORGE VIANA (PT) dará entrevista uma hoje ao Boa Conversa, no ac24horas, e a expectativa é que revele se será candidato a governador ou a senador.

SERIA SURPRESA

PELAS conversas com lideranças do bloco de partidos de esquerda, tudo indica no sentido que o Jorge Viana (PT) dispute o Senado, embora seu partido prefira o governo.

QUEREM VER PARA CRER

TORÇO para que de fato o agronegócio leve avante as candidaturas dos empresários Jorge Moura ao governo e do Fernando Zamora ao Senado, mas quero ver para crer.

A SITUAÇÃO É INVERSA

O secretário de Agricultura, Edivan Maciel, andou reclamando do senador Márcio Bittar (União Brasil) não ter lhe dado um telefonema pelo cargo. O Edival deixou o Bittar na mão, ao abandonar a chapa de Federal do PL, e ainda quer solidariedade?

APOSTOU ERRADO

UMA IMPORTANTE figura da base política do governador  comentou ontem com este BLOG que, o senador Márcio Bittar (União Brasil) jogou a ficha errada, ao pensar que  colocaria o Gladson no canto do ringue político, ao querer impor a Márcia Bittar (PL) de sua candidata a senadora.

CANDIDATO PREPARADO

O CIRO GOMES (PDT) é explosivo, pavio curto, mas é um dos mais preparados entre os candidatos a presidente.

VAI TER QUE SUAR

A CHAPA DO PSDB para deputado federal não é a última bolacha do pacote, e terá de suar para eleger alguém. O nome mais forte entre os tucanos é o Minoru Kinpara; os demais são coadjuvantes.

CHEIRA A CENSURA

O ex-presidente Lula voltou a defender a regulação da mídia. Toda regulação é um eufemismo para censura. 

QUADRO INTERESSANTE

DENTRO da chapa do PL para deputado federal, um nome interessante e qualificado é o da publicitária Charlene Lima (PL). Sempre abro espaços para as mulheres.

VIROU CONSENSO

DENTRO da base política do governador Gladson Cameli virou consenso o nome do Rômulo Grandidier, para ocupar o espaço de vice na sua chapa de reeleição.

NÃO CONSIGO ENTENDER

POR MAIS que tente não consigo assimilar como positiva essa estratégia do silêncio da senadora Mailza Gomes (PP) sobre o seu futuro político. Sabe-se que quer buscar novo mandato, mas tem de falar isso de forma oficial.

MULHERES DO PSD

LENE Petecão, Dra. Suelen, Rosana Nascimento, Jezuíta Arruda, são as mulheres do PSD na chapa de deputado federal do partido. A chapa do PSD está completa.

PROJEÇÃO PALACIANA

NA CÚPULA palaciana existe a projeção de que não será uma defecção com o senador Márcio Bittar (União Brasil), que impedirá o Gladson de chegar ao segundo turno.

PESQUISA DEFINIDORA

EM RELAÇÃO ao senador Márcio Bittar (União Brasil), ele vai encomendar a um instituto de fora, pesquisas qualitativas e quantitativas, para definir seu futuro político.

FRASE MARCANTE

“Qualquer idiota pode fazer uma regra e qualquer idiota a seguirá”. Henry Toreau.

Continuar lendo

Blog do Crica

Após cobrança de Rocha, MDB descarta aliança com Gladson e Bittar nas eleições de 2022

Publicado

em

“AS CANDIDATURAS da deputada federal Jéssica Sales (MDB) ao Senado da República e da deputada federal Mara Rocha (MDB), para o governo, são inegociáveis”. A afirmação foi feita na tarde de hoje (27) ao BLOG pelo presidente do MDB, deputado federal Flaviano Melo; colocando água na fervura nos boatos de que o partido iria se reunir com o governador Gladson Cameli, para discutir uma composição na chapa majoritária. Também rechaçou uma conversa neste sentido com o senador Márcio Bittar (União Brasil).

“A Mara e a Jéssica só não serão candidatas se não quiserem, não está no foco do MDB remover ambas, para abrir um novo debate sobre a chapa majoritária”, destacou Flaviano Melo. (BLOG DO CRICA).

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2021 ac24Horas.com - Todos os direitos reservados

error: Conteúdo protegido!