Conecte-se agora

Rio Acre deve se manter longe das cotas de atenção e alerta nas próximas semanas

Publicado

em

As chuvas abaixo da média esperada para o mês de janeiro fizeram com que nesta última semana a tendência geral dos níveis dos rios na bacia do Rio Acre tenha sido de estabilidade. Em todas as estações, os níveis do manancial encontram-se abaixo da zona de normalidade para este período do ano, segundo o Sistema de Alerta Hidrológico da Bacia do Rio Acre (SAH Rio Acre).

Na manhã deste sábado, o nível do rio na capital acreana é de 7,06 metros – medição feita às 6 horas da manhã pela Coordenação de Defesa Civil Municipal de Rio Branco. Nas últimas 48 horas, o rio registrou um aumento de nível de 1,54 metros – os dois últimos registros foram 5,54 metros na manhã da última quinta-feira (20); 6,54 metros na manhã desta sexta-feira (22).

Para as duas próximas semanas, estão previstas chuvas em toda área da bacia. A previsão é de que as precipitações totalizem cerca de 64 mm na primeira semana e 76 mm na semana posterior. Esse acumulado resulta em uma média diária de aproximadamente 10 mm, valor que é pouco superior à média de precipitação do mês de janeiro, de aproximadamente 9 mm por dia.

Em Rio Branco a tendência é de que, com o aumento das chuvas nos próximos dias, os níveis do rio Acre se elevem, mas se mantendo com comportamento próximo da média. No entanto, é improvável, de acordo com o último Boletim de Monitoramento Hidrológico da Bacia do Rio Acre, que o rio alcance as cotas de atenção e alerta nas próximas semanas.

Os dados hidrológicos utilizados nos boletins divulgados pelo Sistema de Alerta de Eventos Críticos são provenientes da Rede Hidrometeorológica Nacional de responsabilidade da Agência Nacional de Águas (ANA), operada pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM), e demais parceiros – o sistema monitora dados de 17 bacias hidrográficas do país.

Os dados de previsão de chuvas são provenientes do Centro de Previsão Climática da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional dos Estados Unidos (CPC/NOAA) e são usadas ainda informações de previsões meteorológicas produzidas pelo Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais – CPTEC/INPE.

Cotidiano

Corpo de Bombeiros captura sucuri de mais de 5 metros em Tarauacá

Publicado

em

 

Os Militares do 7º Batalhão do Corpo de Bombeiros capturaram nesta quarta-feira, 18, em Tarauacá, uma cobra Sucuri com mais de 5 metros de comprimento.

Segundo informações, os militares foram acionados por causa de um animal silvestre, quando chegaram ao local se depararam com a serpente.

A cobra foi retirada pelos combatentes e levada em seguida até as margens do Rio Tarauacá, sendo liberta em seu habitat natural.

Continuar lendo

Cotidiano

Acumulada, Mega-Sena paga prêmio de R$ 53 milhões no sábado (21)

Publicado

em

Mais uma vez, ninguém acertou as seis dezenas no sorteio da Mega-Sena desta quarta-feira (18). Com isso, o prêmio acumulou para R$ 53 milhões. Os números sorteados foram: 01 – 32 – 35 – 44 – 45  – 57.

Segundo a Caixa Econômica Federal, 52 apostadores acertaram cinco dezenas e ganharam R$ 82.539,97, cada um. A quadra saiu para 5.101 apostas, com prêmio de R$ 1.202,02.

O próximo sorteio será no sábado (21). As apostas podem ser feitas até as 17h pela internet ou nas casas lotéricas.

Continuar lendo

Cotidiano

Defensoria se reúne com Unimed em busca de melhorias no atendimento da Urgil

Publicado

em

Na tarde desta quarta-feira, 18, a Defensoria Pública do Estado do Acre (DPE/AC) se reuniu com a Diretoria da Unimed Rio Branco, para expor as reclamações recebidas dos usuários do atendimento prestado no único hospital de urgência e emergência infantil do estado do Acre, a Urgil, credenciada pela Unimed.

De acordo com o ofício enviado a DPE/AC pela Urgil, 95% do total de atendimentos do hospital são provenientes de usuários de planos de saúde, dos quais 70% são usuários da Unimed.

Na oportunidade, a Diretoria da Unimed, composta pelo presidente, Antônio Herbert Leite Militão, pelo vice-presidente, Marcus Vinicius Shoiti Yomura e pelo superintendente, Renato Correia da Silva, além do assessor jurídico Maurício Spada, mostrou-se sensível à problemática e se comprometeu a encontrar alternativas que não deixem as crianças que necessitem de atendimento de urgência e emergência em situação de total dependência da Urgil.

O encontro ainda possibilitou esclarecimentos sobre o modo de atuação da operadora de saúde e culminou com o agendamento de nova reunião para o dia 28 de junho, quando então a Unimed apresentará a DPE/AC medidas mais concretas para a melhoria dos serviços.

Os defensores públicos Celso Araújo Rodrigues, do Núcleo da Cidadania, Rodrigo Chaves, do Subnúcleo de Superendividamento e Ações do Consumidor, a defensora pública Juliana Caobianco, do Subnúcleo de Direitos Humanos 1 (SDH1), a assistente do SDH1, Larissa Damasceno e as representantes dos usuários do plano de saúde, arquiteta Talita Gomes e a advogada Vanessa Facundes, demonstraram satisfação com os encaminhamentos da reunião, reiterando a necessidade de a Unimed adotar medidas céleres e efetivas que resguardem os direitos desses consumidores.

“Foi muito importante esse diálogo para reafirmamos a nossa preocupação e compromisso com nossos usuários, além de esclarecer que estamos procurando um caminho, uma solução”, disse o presidente da Unimed Rio Branco, Herbert Militão.

O defensor público Rodrigo Chaves, destacou que a instituição está à disposição para contribuir, ouvir e atuar de forma conjunta para dar mais celeridade ao caso.

Com informações da assessoria da Defensoria Pública no Acre.

Continuar lendo

Cotidiano

Câmara aprova R$ 418 milhões para reconstrução de rodovias no Acre e 13 estados

Publicado

em

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (18) a Medida Provisória 1097/22, que abre crédito extraordinário no Orçamento da União no valor de R$ 418 milhões em favor do Ministério da Infraestrutura a fim de viabilizar a reconstrução de rodovias destruídas pelas chuvas em 14 Estados, entre eles o Acre. A MP será enviada ao Senado.

O texto foi aprovado sem mudanças com parecer favorável do relator, deputado Fred Costa (Patriota-MG).

Além do Acre os Estados beneficiados são Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Pará, Piauí, Rio de Janeiro, Rondônia, São Paulo e Tocantins.

Segundo o texto, para a região Norte serão R$ 133 milhões; para o Centro-Oeste, R$ 36 milhões; para o Sudeste, R$ 191 milhões; e para o Nordeste, R$ 58 milhões.

Além de prejudicar a mobilidade, as enchentes ocorridas no início de 2022 deixaram dezenas de mortos e milhares de desabrigados, principalmente na Bahia e em Minas Gerais.

Fonte: Agência Câmara de Notícias

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!