Conecte-se agora

Após denúncia, escola regulariza refeições da merenda no Quinari

Publicado

em

No início dessa semana, a reportagem do ac24horas foi procurada por estudantes da escola Cívico Militar Aldaci Simões da Costa, localizada em Senador Guiomard, denunciando que na maioria dos dias da semana, o lanche era apenas bolacha e suco. A situação foi confirmada pela gestora da escola  que confirmou o atraso no envio de alguns perecíveis, como carne.

A boa notícia é que depois da denúncia veiculada, o problema foi resolvido. Um dos estudantes que fez a denúncia e pediu para não ter a identidade revelada, voltou a procurar a reportagem para agradecer. “A gente agradece porque depois que vocês mostraram a situação o problema foi resolvido e agora estão seguindo o cardápio de forma correta”, disse.

A diretora da escola, Maria Antônia Pacífico que havia confirmado que nem sempre a unidade conseguia seguir o que estava no cardápio por conta de atraso na entrega dos alimentos afirmou que o problema foi resolvido.

“No mesmo dia recebemos os alimentos e agora temos merenda suficiente para concluirmos o ano letivo”, destaca a gestora.

Acre

Acre não registra novos casos ou mortes por Covid-19 nesta quinta

Publicado

em

Segundo o boletim da Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre), desta quinta-feira, 19, nenhum caso de Covid-19 foi registrado no Acre. Com isso, o número de infectados continua em 124.973. O informativa também indicou que não ocorreu nenhuma morte, assim, o número de óbitos pela doença é mantido em 2.002 em todo o estado.

A taxa de ocupação dos leitos de UTI, está com 3,33%, de acordo com o guia de monitoramento, com 2 pessoas internadas, e 12 exames de RT-PCR à espera de análise do Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen).

O Estado registra até o momento, 327.178 notificações de contaminação pela doença, sendo que 202.193 casos foram descartados e 122.930 pessoas já receberam alta médica da doença.

Os dados da vacinação contra a covid-19 no Acre podem ser acessados no Painel de Monitoramento da Vacinação, disponível no endereço eletrônico: http://covid19.ac.gov.br/vacina/inicio. As informações são atualizadas na plataforma do Ministério da Saúde (MS), ficando sujeitas a alterações constantes, em razão das informações inseridas a partir de cada município.

Continuar lendo

Acre

Jéssica alcança R$ 62 milhões em investimentos na agricultura do Acre

Publicado

em

A deputada federal Jéssica Sales (MDB) tem motivos de sobra para comemorar. O total de recursos indicados pela parlamentar durante o mandato, para investimentos na agricultura acreana chega a R$ 62.474.000,00, e foi o segundo setor que mais recebeu recursos por meio de emendas e extraemendas no orçamento da União.

Essa marca foi comemorada por Jéssica Sales pelo que a agricultura representa na economia dos municípios e do Estado. “A agricultura familiar é muito forte na nossa região e é fonte de sustento e renda de milhares de famílias”, afirmou.

Esses investimentos foram feitos para todas as etapas da produção, desde o preparo do solo, plantio, colheita e conservação à comercialização dos produtos, contemplando a maioria dos municípios acreanos.

Para isso, foram adquiridos insumos e equipamentos variados tais como, microtratores, tratores de esteiras, colheitadeiras, kits de farinha, pás carregadeiras, escavadeiras hidráulicas, geradores de energia, fabricas de gelo, destilaria, placas solares; e também barcos, caminhonetes e caminhões para o transporte dos produtos.

Parte do montante de recurso adquirido do Governo Feral foi investida na recuperação e construção de mercados municipais, propiciando aos produtores um espaço adequado e modernizado para comercialização dos produtos.

O escoamento da produção sempre foi um entrave para os agricultores, para amenizar as precárias condições de trafegabilidade, Jéssica Sales assegurou recursos para pavimentação de alguns ramais considerados estratégicos e também equipamentos para recuperação e conservação de outros considerados fundamentais para garantir a acessibilidade.

A deputada Jéssica Sales conhece muito bem os desafios da economia acreana e para ela, fortalecer a agricultura é um importante passo para tornar o estado independente. “Sou fiel apoiadora da agricultura, porque acredito que os pequenos produtores podem se tornar grandes e contribuir para o fortalecimento da economia do nosso Estado”, afirma.

Continuar lendo

Acre

“Se denunciar morre”, diz mãe de borracheiro executado a tiros

Publicado

em

A Polícia Civil, através da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), já iniciou a série de depoimentos na tentativa de elucidar a morte do borracheiro Leonardo Mendes da Silva, o “Léo”, de 19 anos, cujo cadáver com mais de 10 perfurações de projéteis de uma pistola ponto 40 foi encontrado na manhã de quarta-feira (18) à margem do km 01 da Rodovia Transacreana.

O delegado Marcos Cabral, que cuida do caso, disse trabalhar com as hipóteses de crime passional e briga de facção. No Instituto Médico Legal (IML), a mãe do rapaz disse ter suspeita de quem matou seu filho, mas tem medo de ser assassinada. “A gente não pode denunciar, se o fizer morre”, disse.

Dona Francisca Rosimeire Ramos disse que o filho era um homem trabalhador. De acordo com ela, na noite da última terça-feira ele pediu uma bicicleta emprestada afirmando que iria visitar sua namorada. “Foi a última vez que a vi com vida”, comentou.

O depoimento de dona Francisca estava marcado para a manhã desta quinta-feira e pode ser importante para elucidar o crime.

O delegado Marcos Cabral vai trabalhar em cima de duas hipóteses: a de crime passional, já que, segundo as informações, Leonardo Mendes teria um caso amoroso com uma mulher parente de um líder criminoso, que era contra o relacionamento; e disputa de facções, já que o modus operandi é típico dessa briga.

Continuar lendo

Acre

Promotor vai para o confronto sobre tese de que não existiu racha

Publicado

em

O promotor de justiça Efrain Mendoza, do Ministério Público do Acre que está à frente da acusação no julgamento do Caso Jonhliane, fez um novo discurso nesta quinta-feira, 19, rebatendo os depoimentos da defesa de Ícaro Pinto e Alan Araújo – acusados na participação na morte da trabalhadora em um acidente de trânsito ocorrido em agosto de 2020, na Avenida Antônio da Rocha Viana.

Mendoza manteve sua opinião mesmo com as negativas no depoimento de Alan e Ícaro sobre a competição entre os veículos. Ele fez questão de sustentar a prática delituosa no dia do acidente fatal. Logo no início do seu discurso, ele foi interrompido pela advogada de Alan Araújo, Helane Cristina, sobre um vídeo em que mostra o acusado retornando ao local do crime. “Então o delegado não juntou os vídeos? Faz um discurso como se fosse uma verdade. Dizer que não houve racha é não se atentar aos autos. O delegado estava escondendo provas? Quando se diz isso, de algum lugar tiraram isso. Suposição, sei lá”, declarou.

Na opinião da promotoria, a alta velocidade dos veículos comprava a disputa em via pública. “A BMW mostrou que corre mais que o Fusca”, comentou.

Efraim resolveu ainda alfinetar o advogado de defesa de Ícaro Pinto, Luiz Carlos Silva Neto, que alegou no julgamento de quarta-feira, 18, que não houve homicídio doloso, mas sim, culposo. O promotor fez questão de rebater o profissional e sustentar sua tese de homicídio doloso.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!