Conecte-se agora

Neném presta solidariedade com estudante acorrentado e cobra convocação do CR

Publicado

em

O deputado estadual Neném Almeida (Podemos) resolveu se solidarizar nesta quarta-feira, 1°, com o estudante acorrentado nas proximidades do Palácio Rio Branco em protesto que tem por objetivo reivindicar a convocação dos integrantes do cadastro de reserva da Polícia Civil.

De acordo com o parlamentar, o gesto foi feito para sensibilizar o governador Gladson Cameli para o cumprimento imediato de sua promessa realizada em 2018, ainda na campanha eleitoral. “O governo precisa apenas cumprir o que prometeu aos integrantes do cadastro de reserva que confiaram na palavra do governador”, declarou.

Além disso, Almeida contesta o governo e diz que há possibilidade de contratação dos profissionais. “O governo quer realizar um concurso público, ao invés disso, deveria apenas chamar os aprovados que aguardam há anos essa oportunidade”, ressaltou.

Nas primeiras horas do dia, o estudante Jorge Orleanes se acorrentou no obelisco que fica em frente ao Palácio na capital para cobrar a convocação. Segundo ele, o ato é para pressionar o governador Gladson Cameli a chamar os candidatos que estão no cadastro de reserva.

Cotidiano

Acre volta a bater casos de Covid-19 com mais de 1,5 mil pessoas infectadas em 24 horas

Publicado

em

O Acre voltou a registrar o maior número de pessoas infectadas em 24 horas desde o início da pandemia. De acordo com o boletim divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), por meio do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), o estado registrou 1.529 novos casos de infecção por coronavírus neste sábado, 22 de janeiro. O número de infectados subiu para 93.533 em todo o estado.

Apesar da grande quantidade de casos, mais uma vez não houve registro de óbito, fazendo com que o número oficial de mortes por covid-19 permaneça 1.854 em todo o estado.

Até o momento, o Acre registra 265.290 notificações de contaminação pela doença, sendo que 171.558 casos foram descartados e 199 exames de RT-PCR seguem aguardando análise do Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen). Pelo menos 86.706 pessoas já receberam alta médica da doença, sendo que 37 seguiam internadas até o fechamento deste boletim.

Continuar lendo

Cotidiano

Rio Acre deve se manter longe das cotas de atenção e alerta nas próximas semanas

Publicado

em

As chuvas abaixo da média esperada para o mês de janeiro fizeram com que nesta última semana a tendência geral dos níveis dos rios na bacia do Rio Acre tenha sido de estabilidade. Em todas as estações, os níveis do manancial encontram-se abaixo da zona de normalidade para este período do ano, segundo o Sistema de Alerta Hidrológico da Bacia do Rio Acre (SAH Rio Acre).

Na manhã deste sábado, o nível do rio na capital acreana é de 7,06 metros – medição feita às 6 horas da manhã pela Coordenação de Defesa Civil Municipal de Rio Branco. Nas últimas 48 horas, o rio registrou um aumento de nível de 1,54 metros – os dois últimos registros foram 5,54 metros na manhã da última quinta-feira (20); 6,54 metros na manhã desta sexta-feira (22).

Para as duas próximas semanas, estão previstas chuvas em toda área da bacia. A previsão é de que as precipitações totalizem cerca de 64 mm na primeira semana e 76 mm na semana posterior. Esse acumulado resulta em uma média diária de aproximadamente 10 mm, valor que é pouco superior à média de precipitação do mês de janeiro, de aproximadamente 9 mm por dia.

Em Rio Branco a tendência é de que, com o aumento das chuvas nos próximos dias, os níveis do rio Acre se elevem, mas se mantendo com comportamento próximo da média. No entanto, é improvável, de acordo com o último Boletim de Monitoramento Hidrológico da Bacia do Rio Acre, que o rio alcance as cotas de atenção e alerta nas próximas semanas.

Os dados hidrológicos utilizados nos boletins divulgados pelo Sistema de Alerta de Eventos Críticos são provenientes da Rede Hidrometeorológica Nacional de responsabilidade da Agência Nacional de Águas (ANA), operada pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM), e demais parceiros – o sistema monitora dados de 17 bacias hidrográficas do país.

Os dados de previsão de chuvas são provenientes do Centro de Previsão Climática da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional dos Estados Unidos (CPC/NOAA) e são usadas ainda informações de previsões meteorológicas produzidas pelo Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais – CPTEC/INPE.

Continuar lendo

Cotidiano

Urap da Vila Ivonete vai ser desinfectada neste sábado; saiba onde encontrar atendimento

Publicado

em

A Secretaria Municipal de Saúde de Rio Branco (Semsa), comunica que, por medidas sanitárias de segurança, a Urap Vila Ivonete, localizada na Avenida Antônio da Rocha Viana, não abrirá para atendimento neste sábado, 22.

O local passará por sanitarização em todas as suas dependências, tendo em vista que, pelo menos, 13 servidores da Urap testaram positivo para covid-19. Todos eles estão afastados de suas funções para tratamento e cumprindo o protocolo de isolamento.

Os atendimentos da Urap Vila Ivonete serão remanejados pra a Policlínica Barral y Barral, no conjunto Tangará.

Quem precisar de testagem de Covid-19 e/ou vacinação deve procurar uma das Uraps abertas para atendimento neste sábado, 22. São elas:

§ Urap Eduardo Assmar

§ Urap São Francisco

§ URAP Hidalgo de Lima

§ Policlínica Barral y Barral

§

Já as unidades que abrirão para vacinação de crianças são:

§ USF Gentil Perdomo – Esperança

§ USF Mário Maia – Cidade Nova

§ USF Maria Áurea Vilela- Cadeia Velha

§ USF Maria Verônica – Preventório

§ USF Vitória – Vitória/ Regional São Francisco

Os atendimentos vão de 8 da manhã às 16 horas.

Para os casos exclusivos de síndrome gripal as Uraps Maria Barroso na Sobral e Cláudia Vitorino ficam abertas neste sábado de 7 da manhã até às 10 da noite.

Continuar lendo

Cotidiano

Brasileiros que mudaram de país devem informar novo local de votação até 4 de maio

Publicado

em

Todos os eleitores brasileiros maiores de 18 anos – com exceção dos idosos com mais de 70 anos e dos analfabetos – que residem fora do Brasil e possuem domicílio eleitoral no exterior são obrigados a votar nas eleições para presidente e vice-presidente da República, a cada quatro anos. Mesmo em território internacional, essas pessoas têm o direito e o dever de participar do processo eleitoral do Brasil.

As eleições estão marcadas para outubro deste ano e o prazo para informar o novo local de votação termina no dia 4 de maio, com o fechamento do cadastro eleitoral. Se não estiver com o título regularizado, basta acessar o Título Net Exterior, no Portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), para resolver eventuais pendências do documento. No mesmo link é possível solicitar o título pela primeira vez, inclusive para os cidadãos de 16 a 18 anos incompletos, cujo alistamento eleitoral e o voto são facultativos.

Aqueles que, embora residindo no exterior, mantenham o domicílio eleitoral em município brasileiro continuam obrigados a votar em todas as eleições, a cada dois anos, devendo, portanto, justificar as ausências às urnas enquanto estiverem fora do país. Importante lembrar que cada turno vale como uma eleição e três eleições consecutivas sem votar ou justificar pode levar ao cancelamento do título e, consequentemente, o cidadão poderá ter problemas para renovar passaporte, por exemplo.

E se o eleitor informou o novo endereço, mas estará ausente no dia da eleição ou impedido de comparecer ao local de votação, deverá justificar pelo e-Título, pelo Sistema Justifica ou mediante o formulário Requerimento de Justificativa Eleitoral (pós-eleição), que deve ser dirigido ao juiz da Zona Eleitoral do Exterior, a ser entregue à repartição consular ou à missão diplomática ou enviado por via postal.

As seções eleitorais para o primeiro e o segundo turnos de votação funcionarão nas sedes das embaixadas, em repartições consulares ou em locais em que existam serviços do governo brasileiro. Excepcionalmente, o TSE poderá autorizar a abertura de seção eleitoral fora desses locais.

A votação fora do território nacional é organizada pelo Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF), com o apoio dos consulados ou das missões diplomáticas em cada país.

Nas Eleições Gerais de 2018, 500.727 eleitores brasileiros residentes no exterior estavam aptos a votar em 171 localidades eleitorais de 99 países. Um total de 411.123 eleitores compareceu para eleger o atual presidente e o vice-presidente da República.

Segundo dados do Ministério das Relações Exteriores (MRE), o número de brasileiros que residem no exterior cresce a cada ano e já ultrapassa os 4,2 milhões de cidadãos em uma centena de países. Eles estão concentrados, especialmente, nos Estados Unidos, em Portugal, no Paraguai, no Reino Unido e no Japão.

É importante lembrar que não é possível votar em outro país durante uma viagem a passeio. O voto em trânsito é permitido apenas em território nacional.

Todos os requerimentos são analisados pela Zona Eleitoral do Exterior (ZZ), vinculada ao TRE-DF. Essa zona atende os brasileiros que possuem domicílio eleitoral fora do país e os brasileiros residentes no exterior que pretendem se alistar ou transferir suas inscrições para outros países.

A Central de Atendimento Telefônico ao Eleitor funciona de segunda a sexta-feira, das 12h às 19h, por e-mail ([email protected]); telefone CATE/SIC: (+55) (61) 3048-4000, (+55) (61) 99674-5453, (+55) (61) 99674-5446, (+55) (61) 99262-1743 ou (+55) (61) 99164-7161.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Content is protected !!