Conecte-se agora

Alan Rick garante expansão da Telemedicina no Acre

O Estado passará a ser o único do país a ter 100% de cobertura com teleconsultas nas especialidades médicas

Publicado

em

O deputado federal Alan Rick (DEM/AC) assinou, na sexta-feira, 25, o termo de cooperação técnica com o governo do Estado, através da Secretaria de Saúde, representada pela secretária adjunta Muana Araújo, e o Hospital Albert Einstein, representado pelo coordenador de telecardiologia, Tarso Augusto Accorsi, para a expansão da telemedicina no Acre.

As cidades de Rio Branco, Feijó, Tarauacá, Xapuri, Brasiléia e Sena Madureira já são contempladas com as teleconsultas realizadas por médicos de várias especialidades do renomado hospital paulista e a assinatura do termo de cooperação visa ampliar os atendimentos para os outros 16 municípios.

Somente no período de janeiro a outubro de 2021, já foram realizados 1.156 atendimentos nos 6 municípios já contemplados com o serviço. Foram atendimentos remotos nas áreas de cardiologia, endocrinologia, pneumologia, reumatologia, neurologia, neuropediatria e psiquiatria.

Durante a cerimônia do termo de cooperação, ocorrida na policlínica do Tucumã, o deputado Alan Rick, que articulou a expansão, garantiu R$ 1 milhão em emenda para estruturar as unidades hospitalares de todos os municípios para as teleconsultas. “Nós precisamos desses especialistas e todos aqui na sala sabem como é difícil contratar e ainda mais manter esses profissionais no interior. É uma tarefa quase impossível. Além dessa parceria que já tem o aval do Ministério da Saúde que paga, através do SUS, a telemedicina para que ela seja 100% gratuita, destinei também uma emenda no valor de R$ 1 milhão para a compra dos equipamentos para a montagem das salas. São computadores, câmeras, monitores e equipamentos para exames para a realização das teleconsultas” – garantiu o deputado.

“Quero registrar nossa satisfação com essa parceria. Mais uma vez o Acre faz história, em ser o primeiro estado brasileiro a implantar a telemedicina em todos os seus municípios. Isso vai facilitar o atendimento das pessoas que residem em localidades de difícil acesso e que não têm condições financeiras de se deslocar em busca de atendimento especializado. Gostaria, em nome do governador Gladson Cameli e da secretária de Saúde Paula Mariano, externar nossos agradecimentos ao deputado Alan Rick, nosso grande parceiro nos projetos da saúde, pelo empenho para agilizar esse termo de cooperação para ampliação dos pontos de telemedicina no Acre”, disse a secretária adjunta Muana Araújo.

A vice-presidente Associação Família Azul de Senador Guiomard, Márcia Silva, comemorou a assinatura do termo de cooperação. “Nós temos um grupo com mais de 100 mães de autistas no município e todas comemoraram esse projeto. A maioria não tem condição de arcar com os custos das consultas, do tratamento, das terapias na rede privada e na pública não é fácil. Então, hoje, é dia de agradecer ao deputado por essa iniciativa. Muito obrigada, deputado Alan Rick” – agradeceu.

A primeira dama Ana Paula Cameli também esteve presente na abertura da cerimônia. “Estou muito feliz por saber que vamos passar a ter a realização das teleconsultas nos 22 municípios. Agradeço ao deputado Alan Rick, o Hospital Albert Einstein e todos os envolvidos pela parceria” – disse.

O coordenador de telecardiologia do Albert Einstein explicou que “este projeto tem objetivos muito claros. O primeiro é a melhoria do cuidado ao paciente. Através da teleinterconsulta – quando o médico presente na unidade de saúde atende aos pacientes juntamente com o especialista que estará por via plataforma digital – a gente consegue um diagnóstico mais apurado e um tratamento mais eficaz. E, claro que isso trará uma série de repercussões positivas, como, por exemplo, a redução do tempo de espera por atendimento e o aumento da satisfação do paciente”.

A projeto é desenvolvido em 102 cidades do Brasil através do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI-SUS), do Ministério da Saúde. O Acre será o único Estado a ter 100% das cidades cobertas pela telemedicina no país.

Acre

MP busca apoio de deputados para atender órfãos do feminicídio no Acre

Publicado

em

Em audiência pública, o Ministério Público do Acre pediu apoio do Poder Legislativo para ampliação dos projetos que atendem a sociedade acreana, entre eles o enfrentamento à violência doméstica especialmente com atendimento aos órfãos do feminicídio.

São 88 órfãos nos 22 municípios do Acre. O MP pede recursos de emendas para esses projetos, entre os quais se inclui também o atendimento à pessoa com autismo e interiorização do Grupo de Enfrentamento e Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

O deputado Jenilson Leite parabenizou a iniciativa do MP em enfrentar as questões, enfatizando o trabalho que se pretende ampliar em favor dos autistas. “É de grande valia. Entendo que esta Casa e o governo do Estado precisa apoiar o desenvolvimento do projeto”, disse Leite.

O Líder do Governo na Aleac, Pedro Longo, disse que as causas apresentadas são de todos e lembrou de um de seus projetos, o que proíbe uso de fogos de artifício com estampido. O ruído do artefato aflige a pessoa com autismo e o MP está preocupado com esse tipo de situação.

O deputado Daniel Zen chamou a atenção para o arcabouço legal que vem sendo construído em favor da pessoa autista no Acre -e destacou que está destinando R$200 mil em emendas para a questão.

O deputado Edvaldo Magalhães relatou que conseguiu assegurar R$1 milhão na lei orçamentária do Estado para as vítimas do feminicídio.

Continuar lendo

Acre

Empresa no estacionamento do aeroporto deve desocupar área

Publicado

em

Em decisão divulgada na terça-feira, 29, o juízo da 5ª Vara Cível de Rio Branco deferiu liminar sobre a reintegração de posse em relação à área do estacionamento do Aeroporto Internacional de Rio Branco – que passou a ser administrados pela empresa Vinci Airports, por meio de um Contrato de Concessão com duração de 30 anos, assinado com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

A juíza Olívia Ribeiro estabeleceu o prazo de dez dias para desocupação voluntária, período em que a empresa poderá retirar seus equipamentos e sistemas. Conforme a decisão, após o prazo determinado para o cumprimento voluntário, qualquer bem será considerado abandonado e passará a ser posse da concessionária do aeroporto. Além disso, será cobrada multa diária de R$ 1 mil pelo descumprimento da medida e, por fim, caso ultrapasse 30 dias, será expedido mandado coercitivo de reintegração de posse.

A ação foi proposta pela concessionária que venceu o processo licitatório da privatização do aeroporto. O espaço comercial do estacionamento teve o contrato de exploração encerrado em setembro de 2022.

A empresa foi notificada administrativamente sobre a desocupação no último mês de outubro. No entanto, não houve acordo entre as partes, deste modo a parte autora reclamou à Justiça sobre a ocupação irregular e a má preservação local.

Acerca do caso, a magistrada compreendeu que a partir da data de término do contrato a permanência no local passou a configurar esbulho possessório, cabendo a desocupação da área.

Continuar lendo

Acre

Acre recebeu 177,8 mil testes RT-PCR desde o início da pandemia

Publicado

em

Desde o início da pandemia, mais de 32,2 milhões de testes RT-PCR foram enviados para todos os estados e o Distrito Federal. O reagente apresenta alta sensibilidade (aproximadamente 86%) e alta especificidade (acima de 95%), oferecendo grande eficácia na identificação de casos suspeitos de Covid-19. A região norte do Brasil recebeu um total de 7,1 milhões de testes RT-PCR e, destes, 177,8 mil foram enviados para o Acre.

O RT-PCR é um diagnóstico feito por biologia molecular, que permite identificar a presença do material genético (RNA) do vírus Sars-Cov-2 em amostras de secreção respiratória. É necessário ambiente laboratorial para a realização do teste e a amostra é colhida por um profissional de saúde. Qualquer pessoa com sintomas gripais ou problemas respiratórios pode realizar o teste nas unidades de saúde. O resultado é liberado em até 72 horas após a coleta do material.

No Brasil, já foram aplicadas mais de 492 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 entre primeira dose, segunda dose e doses de reforço e/ou adicional. No estado do Acre, 1,6 milhão de vacinas foram aplicadas na população, da seguinte forma: 1ª dose – 684,9 mil doses aplicadas; 2ª dose ou dose única – 585,9 mil doses aplicadas; 1ª dose de reforço – 283,4 mil doses aplicadas; 2ª dose de reforço ou dose adicional – 102,2 mil doses aplicadas.

Os sintomas mais comuns da Covid-19 são febre, tosse, dor de garganta, coriza, dor de cabeça, perdas olfativas/gustativas e dores no corpo. Outros sintomas também podem aparecer e estes são considerados mais graves: falta de ar; baixos níveis de saturação de oxigênio; falta oxigenação no sangue, o que pode levar a uma coloração de pele mais azulada, arroxeada e anormal; sono e cansaço excessivos e incomuns; confusão mental e sinais de desidratação.

A vacinação é a principal forma de prevenção contra os casos graves e óbitos pela doença e estudos mostram que a estratégia de reforçar o calendário vacinal contra o coronavírus aumenta em mais de cinco vezes a proteção.

Continuar lendo

Acre

Homem de rua é morto a golpes de faca em frente ao PS

Publicado

em

Um homem em situação de rua, identificado como João Paulo Camilo de Souza, de 38 anos, foi morto a golpes de faca na madrugada desta quarta-feira, 30, na Avenida Getúlio Vargas, no bairro Bosque, na frente do Pronto-Socorro de Rio Branco.

De acordo com informações da polícia, João Paulo estava caminhando na avenida quando foi abordado por outro morador em situação de rua e começaram uma discussão. Tanto João Paulo quanto o autor do crime estavam armados com facas e iniciaram um luta corporal, João Paulo foi atingido com vários golpes de faca que atingiram a cabeça, o braço, peito e caiu no chão desacordado. Após a ação, o criminoso fugiu do local.

Populares que passavam pelo local, encontraram a vítima e acionaram a Ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas João Paulo já estava morto.

A área foi isolada pela Polícia Militar para os trabalhos do perito em criminalística, em seguida os policiais fizeram patrulhamento na região em busca de encontrar o autor do crime, mas não obtiveram êxito durante a ação.

O corpo foi removido e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para os exames cadavéricos. O caso segue sob investigação dos agentes de Polícia Civil da Equipe de Pronto Emprego (EPE), da Delegacia Especializada de Investigação Criminal (DEIC).

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.