Conecte-se agora

Governo troca gerência geral do Samu na região do Juruá

Publicado

em

O atendimento móvel de urgência na região do Juruá está em novas mãos. O governo anunciou no Diário Oficial desta sexta-feira, 26, a exoneração de Francisco Cleiton de Souza Costa, até então, gerente-geral do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência na regional do Juruá.

Gladson Cameli nomeou para o lugar de Francisco, Ellen Cristina Taveira de Souza Costa.

A nova gestora vai ter o desafio de cobrir o atendimento de urgência em uma área com localidades de difícil acesso, onde não é incomum a necessidade do uso de aeronave para prestar atendimento a pacientes em casos mais graves.

Na rede

Cargos de chefia no presídio de Cruzeiro do Sul também pedem exoneração

Publicado

em

Servidores ocupantes de cargos de confiança, coordenadores de segurança e administrativos, chefes de equipe masculino e feminino, entregaram nesta segunda-feira, 29, os cargos que ocupavam no Complexo Penitenciário Manoel Neri, em Cruzeiro do Sul. Só os diretores não deixaram as funções.

O motivo da debandada é a não aprovação da lei que cria o cargo de Policial Penal. Servidores do presídio em Sena Madureira também fizeram o mesmo. Eles querem  ganhar igual aos Policiais Civis e Militares e administrar os presídios.

O anúncio foi feito por meio de nota em que o informam  a entrega dos cargos. “Estamos entregando os cargos em razão da  não aceitação convicta e clara da forma com que o governador do Estado Gladson Cameli, bem como a pessoa do Diretor Presidente Arlenilson Cunha vêm se portando, de forma contrária as nossas reivindicações, tentando de todas as formas fazer cessar o movimento. Movimento este que se dá de forma pacifica e ordeira, e principalmente dentro da lei”.

Eles, que fazem a Operação Padrão, com o não cumprimento do Banco de Horas, diminuindo o efetivo nos presídios, ressaltam que não  estão procurando atrapalhar o  andamento  dos serviços nas unidades prisionais. E elencam as reivindicações.

“Estamos somente buscando trabalhar dentro das normas legais que o serviço policial exige.

E que nossas reinvindicações são legais, justas e merecidas e que beneficiará a todos. Nossas reinvindicações são: Equiparação salarial entre os agentes policiais penais e agentes policiais civis; Nível Superior; Absorção das gratificações ao vencimento básico; e Administração das Unidades Prisionais.

Em Cruzeiro do Sul neste final de semana não houve visitas para os presos. No município há 700 presos e 150 Policiais Penais.

Continuar lendo

Na rede

Sem visitas, presídio de Cruzeiro do Sul não registra tentativa de fuga

Publicado

em

No Complexo Penitenciário Manoel Neri, em Cruzeiro do Sul, não houve visitas de familiares aos 700 presos nesse final de semana. Também não houve tentativa de fuga na unidade.

No início da noite da última sexta-feira, 26, familiares dos presos, a maioria mulheres e até crianças, fecharam a Ponte da União, na saída de Cruzeiro do Sul, que só foi liberada às 19h30, após manifesto contra a falta de visitas. Na  sexta-feira, em Rio Branco, a direção do Instituto de Administração Penitenciária – IAPEN, liberou as visitas, o que não ocorreu nos demais presídios do Acre.

Nesta segunda-feira, 29, até o final da manhã, não houve manifestação de familiares.

Em Cruzeiro do Sul, há 150 Policiais Penais. No Complexo Penitenciário Manoel Neri os plantões contam com efetivo de 15 a 18 PP que cuidam dos 700 presos divididos nos 8 blocos da unidade prisional.

Continuar lendo

Na rede

Mâncio Lima encerra 2021 com R$ 11 milhões em obras e abono de R$ 7 mil a professores

Publicado

em

A prefeitura de Mâncio Lima executa obras e serviços no valor de  R$ 8, 9 milhões nas áreas de educação, saúde e esporte nas zonas urbana e  rural do município. O município entrega, ainda, escolas e unidades de saúde no valor de R$ 2, 6 milhões, somando R$ 11 milhões de investimentos em obras públicas em 2021.

O prefeito Isaac Lima diz que as obras são executadas com recursos próprios e emendas parlamentares. “Estamos fazendo escolas, unidades de saúde, praças e espaços esportivos e também dando constante manutenção na cidade. E desde agosto estamos pagando o abono do Fundeb de forma parcelada, somando R$ 7 mil “, ressalta o gestor, agradecendo pela parceria com o governo do Estado e as emendas dos parlamentares acreanos.

Obras e serviços

Desde junho deste ano a prefeitura já inaugurou as  Unidades Básicas  de Saúde da Terra Indígena Puyanáwa e no bairro Iracema, cada uma no valor de R$ 724 mil.  Entregou o Centro do Idoso no Bairro José Martins, que teve um custo de R$ 394.124,00.

Serão entregues ainda a  UBS da Terra Indígena Nukini, no valor de R$  724 mil  e a Escola Municipal Estevão Bernardo de Souza, na Comunidade do Limão, no  Rio Moa, onde foram investidos R$  85 mil.

A prefeitura trabalha agora na reforma do Estádio  Totão com investimento de  R$ 2.9 milhões, reforma e  ampliação da Escola Venina Batista na  Comunidade Pentecostes, com valor de  R$ 774 mil. Constrói a Praça São Francisco, no valor  R$ 735.000,00, o  Ginásio Coberto, Bairro Guarani, de  R$ 648.211,00, a Quadra Poliesportiva da  Comunidade Belo Monte, com custo de R$ 215.000,00 e a  Quadra Poliesportiva da  Comunidade dos Virgíneos  investindo  R$ 387.200,00.

Na área social, o destaque é o Centro de Multiuso, que também está sendo erguido no  Bairro José Martins com valor de  R$ 365.102,00.

A prefeitura atua com  R$ 581.600,00 no asfaltamento, instalação de  meios fios e calçada no bairro Iracema  e já licitou o serviço de  pavimentação asfáltica da  Rua Anselmo Maia no Bairro São Vidal, de R$ 2 milhões.

Agricultura familiar é fortalecida

A agricultura familiar foi fortalecida pela gestão municipal, que em parceria com os produtores, apostou na diversificação de itens agrícolas. Atualmente, o município abastece os comércios local, de Cruzeiro do Sul e Rio Branco com coco. Avança também com frutas como melancia e o destaque é o café.

De 2020 a 2021 o município conseguiu mais de R$ 4,2 milhões de recursos para agricultura familiar, sendo  R$ 2 milhões destinados ao cultivo do café.

“Partes desses recursos estão em fase de licitação visto que o aumento no valor de alguns equipamentos tem dificultado a  aquisição, bem como de insumos”, cita a Assessoria de Comunicação da prefeitura de Mâncio Lima.

Abono dos professores

A prefeitura de Mâncio Lima foi uma das primeiras do Estado a começar a pagar o abono dos professores ainda em agosto. Somado até dezembro, o valor é de R$6.903 para a categoria P2 e  R$ 7.441,00 para o P3. É mais alto valor pago entre as prefeituras do Vale do Juruá.

Segundo o secretário de finanças José Alberto Silva de Oliveira, o Projeto de Lei de Mâncio Lima, com pedido de concessão do abono junto ao Tribunal de Contas do Estado- TCE,  serviu de referência para o governo do Estado e algumas prefeituras solicitarem o mesmo pedido junto ao órgão de fiscalização das contas públicas. ” A secretária de Educação do Estado  Socorro Nery, inclusive  fez referência ao município em sua fala quando anunciou o abono aos professores do Estado junto com o governador Gladson Cameli “, ressaltou o secretário.

“Nosso objetivo não foi o ganho político em anunciar um abono de R$ 7 mil mas sim aliviar os servidores e por isso começamos a pagar de forma parcelada ainda em agosto. É um valor maior do que todas as prefeituras do Vale do Juruá “, concluiu o prefeito Isaac Lima.

Continuar lendo

Na rede

Pronto-Socorro destinado à Covid-19 é desativado em Cruzeiro do Sul

Publicado

em

A Associação de Saúde Nossa Senhora da Saúde (Anssau), encerrou neste domingo, 28, o atendimento no Pronto Socorro Covid-19 que havia sido instalado no Hospital de Campanha de Cruzeiro do Sul.

A partir de agora, os pacientes com sintomas gripais são atendidos no Pronto-Socorro do Hospital do Juruá, como acontecia no início do surto de Covid e antes da inauguração do Hospital de  Campanha, em   junho de 2020.

Para os casos de necessidade de internação, ficarão funcionando 10 leitos clínicos e 10 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

O fechamento do Pronto Socorro do H.C  já havia sido solicitado pelo governo do Estado à Anssau, que pediu o prazo de 45 dias. Agora, a Associação, encerrou as atividades do P.S Covid-19.

Neste domingo,  há 4 pacientes internados na clínica médica do Hospital de Campnha e 1 na UTI.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas