Conecte-se agora

Acre usa ferramenta Brasil M.A.I.S. em ações de segurança com geotecnologia

Publicado

em

Estados podem aderir a uma solução de geotecnologia para auxiliar em perícias, investigações e operações de combate ao crime organizado, em especial casos de crime contra o meio ambiente.

O Programa Brasil M.A.I.S (Meio Ambiente Integrado e Seguro) recebeu investimento de R$ 50 milhões em recursos do Fundo Nacional de Segurança Pública e está sendo disponibilizado, de forma gratuita, aos órgãos públicos interessados mediante termo de adesão celebrado com o Ministério da Justiça e Segurança Pública.

De acordo com o ministério, a ferramenta está sendo usada pelas secretarias de segurança pública de 15 estados e do Distrito Federal. Os estados são Acre, Alagoas, Amazonas, Bahia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Piauí, Rondônia, Roraima e Tocantins.

Ao todo, 162 instituições federais e estaduais têm acesso ao sistema. Nos últimos 12 meses, o Programa Brasil M.A.I.S auxiliou em 42 operações no país, com a disponibilização de informações de satélite relacionadas às detecções de mudanças em áreas de atuação do crime e alertas de indícios de diferentes tipos de ilícitos por meio da geotecnologia, informou o ministério.

“O sistema amplia a capacidade de cobertura diária de imagens em alta precisão de todo o território nacional e auxilia no monitoramento de crimes ambientais, como desmatamento ilegal, queimadas, bem como na identificação de abertura de pistas clandestinas de pouso. O Brasil M.A.I.S também auxilia no combate ao tráfico de drogas e demais crimes, como o trabalho escravo e o tráfico de pessoas”, acrescenta o ministério.

A tecnologia auxiliou operações que resultaram no cumprimento de mais de 201 mandados de busca e apreensão, cinco mandados de prisão e 28 prisões em flagrante. Em valores, foram aplicados mais de R$ 750 milhões em multas, apreensões e reparação por danos ambientais, com bloqueio de bens superando R$ 330 milhões.

O ministério também destaca as 327 máquinas apreendidas ou inutilizadas, os mais de 6 mil hectares de áreas embargadas, as apreensões que ficaram em torno de 144 mil m³ de madeira e 1,5 tonelada de maconha, e a erradicação de mais de 1,5 milhão de pés de maconha.

A adesão ao sistema, cuja coordenação e operacionalização está a cargo da Diretoria Técnico-Científica da Polícia Federal, fornece acesso não apenas às imagens coletadas nas últimas 24 horas, mas também ao acervo diário do sistema desde 2017, o que permite comparar mudanças ocorridas ao longo do período. (EBC)

Cotidiano

Homem apresenta diploma falso de medicina para tentar registro no CRM-AC

Publicado

em

Em menos de uma semana, o Conselho Regional de Medicina do Acre (CRM-AC) registrou mais uma tentativa de fraude para obtenção de registro profissional no Estado. O caso denunciado nessa segunda-feira (29) à Polícia Federal foi de um homem de 34 anos que apresentou diploma falso de graduação em medicina na Bolívia para tentar conseguir a carteira profissional.

No último dia 24 de novembro, o CRM-AC também denunciou à PF o caso de uma mulher formada em medicina na Bolívia, que apresentou documento falso de revalidação ao solicitar inscrição primária na autarquia.

Desta vez, o homem apresentou solicitação de inscrição no CRM-AC em outubro deste ano. Como de praxe, o setor de registro da autarquia fez a checagem dos documentos apresentados junto à Universidade Técnica Privada Cosmos, na Bolívia, e à Universidade Estadual do Maranhão, a fim de atestar a veracidade do diploma e da apostila de revalidação, respectivamente.

Diferente do caso registrado na semana passada, a apostila de revalidação apresentada pelo homem é verdadeira, segundo informou a Universidade Estadual do Maranhão. Já a universidade estrangeira informou que não há emissão e registro de diploma médico expedido ao homem.

O CRM-AC também constatou que o nome do falso médico, inclusive, consta na lista do 18º ciclo do Programa Mais Médicos e que ele somente não atuou por falta de vagas. Após a denúncia feita à PF, o diploma falso ficou apreendido na polícia e o caso também foi informado ao Conselho Federal de Medicina.

Com informações da assessoria do CRM/AC.

Continuar lendo

Cotidiano

Com ameaça de variante Ômicron, médicos do Acre pedem cautela com festas e carnaval

Publicado

em

A diretoria do Sindicato dos Médicos do Estado do Acre (Sindmed-AC) publicou uma nota nesta terça-feira, 30, pedindo a todos os prefeitos dos 22 municípios e ao governador Gladson Cameli (Progressistas) cautela em relação a eventos que possam resultar em aglomerações, como festas de final de ano e carnaval.

Na nota, o Sindmed alerta que o surgimento de uma quarta onda de contaminação resultante da pandemia do coronavírus (Covid-19) e em virtude do aparecimento da nova variante denominada Ômicron, é necessário cautela de todos os gestores.

“Neste momento, em que o Brasil e o Acre apresentam redução nos números de contaminados, a prudência pode evitar mortes e a superlotação dos hospitais. Assim, as medidas sanitárias ainda vigentes podem evitar ocorrências similares às registradas na Europa, que apresentou aumento da quantidade de pessoas hospitalizadas após medidas de flexibilização”, afirmou o sindicato.

“O momento pede responsabilidade de todos para vencermos essa doença que, infelizmente, vem tirando a vida de pais, mães, irmãos e amigos”, acrescentou.

Continuar lendo

Cotidiano

Governo paga segundo lote de auxílio para compra de notebooks e planos de internet

Publicado

em

A secretária de Educação, Cultura e Esportes (SEE), Socorro Neri, anunciou nas redes sociais nesta terça-feira, 30, o pagamento do segundo lote do auxílio financeiro aos professores da rede estadual de ensino.

Nesse lote, serão beneficiados, segundo a gestora, 1.139 professores e equipes gestoras das escolas estaduais e de unidades educacionais do Acre com o repasse de R$ 4,5 mil para a aquisição de notebook, e mais R$ 100 para o pagamento de internet.

“Neste lote, totalizam-se R$ 5,1 milhões em investimentos com recursos do FUNDEB, e contempla os funcionários que aderiram o Programa de Inovação Educação Conectada após o dia 6 de outubro”, escreveu.

Por fim, a gestora ressaltou que o pagamento do primeiro lote foi realizado no último dia 15 de outubro e contemplou 4.910 professores, num total de recursos investidos que chegou a R$ 23,5 milhões. Com isso, até o momento, já foram investidos R$ 28,6 milhões neste programa.

“Gratidão ao governador Gladson Cameli, por entender a importância de incorporar a tecnologia ao processo educativo, e pela valorização dos nossos profissionais em educação do Acre”, encerra Neri.

Continuar lendo

Cotidiano

Anvisa faz identificação preliminar de dois casos da variante Ômicron

Publicado

em

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou nesta terça-feira (30) que serão enviadas para análise laboratorial confirmatória as amostras de dois brasileiros que, preliminarmente, apresentaram resultado laboratorial positivo para a variante Ômicron da Covid-19, após testagem realizada pelo laboratório Albert Einstein.

Segundo a Anvisa, a testagem foi feita em um passageiro vindo da África do Sul, que desembarcou no aeroporto de Guarulhos no dia 23, com resultado de exame RT-PCR negativo, com vistas a se preparar para a viagem de regresso à África do Sul, procurou o laboratório localizado no aeroporto, no dia 25, para – já na companhia de sua esposa – realizar o teste de RT-PCR requerido para o retorno.

Naquele momento, ambos testaram positivo para a Covid-19 e o fato foi comunicado ao Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS) de São Paulo.

Segundo informação do âncora da CNN Kenzô Machida, o casal já está em isolamento domiciliar, apresenta sintomas leves da Covid-19 e não tem histórico de vacinação.

Após o resultado positivo, o laboratório Albert Einstein realizou o sequenciamento genético das amostras e notificou a Anvisa sobre os resultados positivos dos testes e sobre o início dos procedimentos para sequenciamento genético nesta segunda-feira (29).

Nesta terça-feira (30), no entanto, o laboratório informou que, em análises prévias, foi identificada a variante Ômicron. De acordo com os protocolos nacionais, o material deve ser enviado ao Instituto Adolfo Lutz (IAL) para fins de confirmação do sequenciamento genético.

A Anvisa também já informou o Ministério da Saúde e as secretarias de Saúde estadual e municipal de São Paulo sobre sobre a identificação preliminar para adoção das medidas de saúde pública pertinentes.

Segundo a agência, a entrada do passageiro no Brasil ocorreu no dia 23, ou seja, antes da notificação mundial sobre a identificação da nova variante, que foi relatada pela primeira vez à Organização Mundial de Saúde (OMS) pela África do Sul no dia 24.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas