Conecte-se agora

Ninguém acerta as seis dezenas e prêmio da Mega-Sena vai a R$ 33 milhões

Publicado

em

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.422 da Mega-Sena, realizado na noite deste sábado (23) no Espaço Loterias Caixa, no terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo. O prêmio acumulou. Para o próximo sorteio, na quarta-feira (27), o valor previsto é de R$ 33 milhões.

Veja as dezenas sorteadas: 02 – 07 – 10 – 20 – 30 – 46

A quina teve 110 apostas vencedoras; cada uma receberá R$ 26.323,93. A quadra teve 6.942 apostas ganhadoras; cada uma levará R$ 595,88.

Para apostar na Mega-Sena

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), em qualquer lotérica do país ou pela internet, no site da Caixa Econômica Federal – acessível por celular, computador ou outros dispositivos. É necessário fazer um cadastro, ser maior de idade (18 anos ou mais) e preencher o número do cartão de crédito.

Probabilidades

A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 4,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.

Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 22.522,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.

Cotidiano

Samir Bestene afirma que imunização é importante para evitar um novo lockdown

Publicado

em

O vereador Samir Bestene (Progressistas), usou a tribuna da Câmara de Rio Branco na manhã desta terça-feira, 7, para falar da importância da vacinação contra a Covid-19.

O progressista defendeu o ‘passaporte da vacina’ que foi alvo de protesto de manifestantes ligados ao movimento conversador na manhã de hoje (7), em frente à Câmara.

Samir destacou que a vacinação é vital para evitar um novo lockdown, prejudicando assim o comércio.

“Se você puxar os dados, mais de 20 capitais estão exigindo passaporte. Por que Rio Branco seria diferente? Vamos lutar pela vida. Os números estão aí, após a vacinação, o número de óbitos quase zerou e as nossas UTI quase todas estão zeradas. Eu sou a favor deste decreto e não há o que questionar a eficácia da vacina”, afirmou o parlamentar.

Continuar lendo

Cotidiano

Lene: “Gladson ajudaria autistas investindo em políticas públicas ao invés de pinturas”

Publicado

em

Na sessão da Câmara de Rio Branco desta terça-feira (7), a vereadora Lene Petecão (PSD), criticou a revitalização de um dos cinco portais do Canal da Maternidade que está sendo pintado nas cores azul, uma referência clara às cores do Partido Progressistas.

Na Tribuna, a parlamentar rebateu o argumento do secretário de infraestrutura, Cirleudo Costa, que afirmou que os portais foram pintados com intuito de inclusão social.

“Precisa melhorar o atendimento desse público, e não pintar arco dizendo que é em homenagem aos autistas. É muita ‘cara de pau’, tem que passar óleo de peroba, governador. Quer ajudar os autistas? Crie políticas públicas para esse público. O dinheiro não é do governador, nem do prefeito e nem do presidente. Parem de brincar com os autistas, se quer ajudar autistas, faça o que o senhor prometeu”, afirmou Lene.

Continuar lendo

Cotidiano

Bolsonaro aprova MP que libera Prouni para alunos de escolas particulares

Publicado

em

O presidente Jair Bolsonaro (PL) aprovou uma medida provisória que libera o acesso do Prouni (Programa Universidade para Todos) para alunos de escolas particulares e sem bolsa de estudos integral. Segundo publicação do Diário Oficial da União, a alteração começará a valer para os estudantes a partir de 1º de julho de 2022. Até então, os alunos elegíveis eram apenas os que tinham cursado o ensino médio em colégios públicos ou em instituições particulares, mas com bolsa integral.

Os critérios econômicos de quem pode acessar o benefício seguem os mesmos. Assim, alunos com renda familiar per capita de até três salários mínimos podem aplicar ao Prouni para concorrer a uma bolsa de 50% ou 100% de desconto em faculdades privadas e usando a nota do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Além disso, houve alteração na reserva de cotas destinadas a negros, indígenas e pessoas com deficiência. Agora, o percentual de pretos, pardos ou indígenas e pessoas com deficiência será considerado de forma isolada, e não mais em conjunto.

Outras mudanças A medida também gera a possibilidade de não apresentar documento comprovando a renda familiar e a situação de pessoas com deficiência, desde que as informações estejam disponíveis em bancos de dados de órgãos do governo. Além disso, a mudança prevê a inclusão de penalidade de suspensão imposta para quem descumpre as obrigações assumidas no termo de adesão e a readmissão da mantenedora da universidade punida com a desvinculação.

Segundo o órgão, as alterações têm o objetivo de “ampliar as políticas de inclusão na educação superior, diminuindo a ociosidade na ocupação de vagas antes disponibilizadas, e promover o incremento de mecanismos de controle e integridade e a desburocratização”.

Agência Brasil

Continuar lendo

Cotidiano

Neném pede que luta do cadastro de reserva seja mantida até governo convocar todos

Publicado

em

O deputado Neném Almeida disse nesta terça-feira (7) em sessão da Assembleia Legislativa do Acre que mostrará quantas vezes forem necessárias o descaso do governo em relação ao cadastro de reserva da Polícia Civil.

“Antes da eleição alguns políticos se aproveitaram da inocência de outros porque acreditaram na palavra do governo”, disse ele, lembrando que o governo não honra com o que falou.

Várias vezes, segundo ele, houve acampamentos no hall da Aleac e as equipes do governo pediram para desfazer o movimento que a situação seria resolvida.

Semana passada, o TCE disse que o cadastro pode ser convocado mas não há interesse de parte do governo ou do governador em fazê-lo. Para Neném é necessário seguir a luta para que o governo cumpra a palavra.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas