Conecte-se agora

Neném cobra instalação de Raio-X e contratação de médico anestesista em Tarauacá

Publicado

em

O deputado Neném Almeida (Podemos) fez uso da tribuna da Assembleia Legislativa, nesta quarta-feira, 20, para voltar a cobrar da gestão estadual a instalação do equipamento destinado a exames de Raio-X.

Segundo o parlamentar, além da falta do equipamento, os munícipes da região estão sofrendo com a falta do médico anestesista. “O Hospital Dr. Sansão Gomes, no município de Tarauacá, está entrando no sétimo mês sem o equipamento de Raio-X. E para piorar ainda mais a situação do taraucaense, a unidade hospitalar também não pode contar com anestesista. A situação é grave, e piora a cada dia”, declarou.

Almeida ponderou que devido ao problema, existem cerca de 200 pessoas aguardando a realização de cirurgia eletiva. Ainda de acordo com o deputado, ele já procurou a Secretaria Estadual de Saúde para falar do problema. Na oportunidade, foi assegurado que a instalação do equipamento aconteceria nos próximos dias, porém, o problema não foi solucionado. “A falta de Raio-X em Tarauacá obriga a população do município a procurar por assistência nos municípios próximos, em especial no município de Feijó que fica a aproximadamente 45 km. A outra medida para aqueles que precisam do exame é realizar o procedimento na rede particular. A ingerência do estado na resolução de um problema simples prejudica demais a vida das pessoas que precisam de atendimento”.

“Por coincidência ou não, toda a falta do Poder Executivo acaba por beneficiar alguém. O número de exames de Raio-X realizados na rede privada, é claro, aumentou em quantidade e também em valor, o exame que antes custava 120 reais passou para 140 reais. É incrível como alguém sempre ganha em situações como essa, pena que nunca é a população”, finalizou.

Cotidiano

Carreta quebra em cabeceira de ponte e provoca congestionamentos no Alto Acre

Publicado

em

A quebra de uma carreta em uma das cabeceiras da ponte José Augusto, que liga as cidades de Brasiléia e Epitaciolândia, provocou transtornos aos motoristas em ambos os acessos, na tarde deste sábado (27).

Instantes antes do começo da partida entre Flamengo e Palmeiras, que decidia a Copa Libertadores da América, formaram-se dois grandes congestionamentos nos dois lados do rio, o que demandou um considerável tempo para se conseguir atravessar a ponte.

O trânsito não ficou interrompido por completo, pois sobrou um pequeno espaço entre o caminhão de carga e a entrada da ponte, no lado de Brasiléia, que permitia a passagem de carros pequenos e motocicletas.

Em determinado momento, um ônibus que se arriscou a acessar a ponte mesmo com o espaço reduzido encontrou dificuldades para passar entre a carreta e a estrutura de ferro. Com a ajuda de algumas pessoas, o veículo conseguiu seguir viagem.

Não raramente, a ponte José Augusto oferece dificuldades para o tráfego entre as duas cidades, seja pelas condições de manutenção, seja por ter se tornado, com o tempo, incapaz de dar conta do fluxo de veículos nos períodos mais movimentados.

De mão única, a velha ponte metálica é responsável por todo o trânsito de veículos, inclusive os pesados. Mesmo passando por recapeamentos periódicos, a pista de rolagem da via rapidamente se deteriora, não raro, favorece acidentes.

Atualmente, a população das duas cidades fronteiriças tem duas expectativas quanto ao incremento do trânsito entre os dois lados do Rio Acre. Uma delas é o Anel Viário, que já está em andamento e a outra é a construção de uma segunda ponte na área urbana.

O Anel Viário, obra de mais de R$ 60 milhões, inclui a construção de uma nova ponte sobre o rio que vai desviar todo o tráfego pesado das ruas das duas cidades. No entanto, essa obra não vai resolver o problema que hoje existe na ponte metálica.

Desde quando assumiu o mandato como prefeito de Epitaciolândia, o prefeito Sérgio Lopes tem se movimentado em busca de apoio para fazer vingar a ideia de um projeto para a construção da segunda ponte entre as duas cidades.

Continuar lendo

Cotidiano

Palmeiras vence o Flamengo por 2 a 1 e torna-se tricampeão da Libertadores

Publicado

em

O Palmeiras precisou de apenas 301 dias para conquistar um raro bicampeonato consecutivo da Copa Libertadores. Com gols de Raphael Veiga e Deyverson, este na prorrogação, venceu o Flamengo por 2 a 1, neste sábado (27), no Estádio Centenário, em Montevidéu, e faturou o seu terceiro título da principal competições de clubes da América do Sul.

Campeão pela primeira vez da Libertadores em 1999, o Palmeiras também havia vencido a edição anterior da competição, concluída apenas em janeiro deste ano. E agora se juntou a Santos, São Paulo e Grêmio como outros clubes brasileiros que ganharam três vezes o torneio.

Assim como em janeiro, quando Breno Lopes deixou o banco de reservas para marcar o gol do título do Palmeiras, outro centroavante reserva foi acionado em Montevidéu para garantir uma nova taça para o clube: Deyverson. De volta do futebol espanhol em junho, entrou em campo antes do início da prorrogação e acabou sendo autor do decisivo gol no quarto minuto do tempo extra.

Mais do que isso, o Palmeiras alcançou um feito raro, ao ser bicampeão consecutivo da Libertadores, algo que tinha ocorrido pela última vez na competição em 2001, pelo Boca Juniors. Dessa vez, a taça veio com 9 vitórias (sendo a deste sábado na prorrogação), três empates e uma derrota, uma campanha que incluiu a eliminação de três clubes brasileiros nas fases decisivas: São Paulo, Atlético-MG e, agora, o Flamengo.

Esta foi a sexta final da Libertadores do Palmeiras, agora com três títulos e três derrotas, em 1961, 1968 e 2000. Já o Flamengo pela primeira vez perdeu uma decisão do torneio – havia sido campeão em 1981 e 2019. E superar esse retrospecto positivo do rival em finais não foi o único desafio do time paulista para deixar Montevidéu com a taça.

Afinal, o retrospecto palmeirense diante do Flamengo era péssimo nas últimas temporadas, com a última vitória tendo acontecido em 2017. Ela havia ocorrido em 12 de novembro daquele ano, quando Deyverson marcou duas vezes para definir o triunfo por 2 a 0. Agora, então, ele volta a ser decisivo para o clube.

Depois disso, eram cinco derrotas e quatro derrotas nos nove compromissos seguintes do Palmeiras contra o adversário. O Flamengo também havia vencido o time paulista nas duas decisões anteriores, na Copa Mercosul de 1999 e na Supercopa do Brasil deste ano.

Além disso, no Estádio Centenário, o Palmeiras perdeu as finais de 1961 (jogo de ida) e de 1968 da Libertadores. E, neste sábado, a torcida do Flamengo ocupava a maior parte das arquibancadas para acompanhar o mais importante duelo entre dois times protagonistas no futebol brasileiro e sul-americano nos últimos anos.

O Flamengo, afinal, é o atual bicampeão brasileiro, além de ter vencido a Libertadores em 2019. O Palmeiras, por sua vez, faturou a Copa do Brasil e a Libertadores na temporada 2020, título que agora volta a conquistar, além de ter ganhado o Brasileirão em 2016 e 2018.

Continuar lendo

Cotidiano

Acre confirma três novos casos e nenhuma morte por Covid-19 neste sábado

Publicado

em

O estado do Acre registrou 3 novos casos de infecção por coronavírus neste sábado, 27 de novembro. Segundo a Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), por meio do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), o número de infectados subiu para 88.203, em todo o estado.

Nenhuma notificação de óbito foi registrada neste sábado, fazendo com que o número oficial de mortes por Covid-19 permaneça em 1.846 em todo o estado.

Até o momento, o Acre registra 250.710 notificações de contaminação pela doença, sendo que 162.478 casos foram descartados e 29 exames de RT-PCR seguem aguardando análise do Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen) ou do Centro de Infectologia Charles Mérieux. Pelo menos 86.136 pessoas já receberam alta médica da doença, sendo que 3 seguem internadas até o fechamento deste boletim.

Os dados da vacinação contra a Covid-19 no Acre podem ser acessados no Painel de Monitoramento da Vacinação, disponível no endereço eletrônico: http://covid19.ac.gov.br/vacina/inicio. As informações são atualizadas na plataforma do Ministério da Saúde (MS), ficando sujeitas a alterações constantes, em razão das informações inseridas a partir de cada município.

Continuar lendo

Cotidiano

Doria vence as prévias do PSDB e será o candidato do partido a presidente da República

Publicado

em

O governador de São Paulo, João Doria, venceu as prévias do PSDB em primeiro turno neste sábado (27) e será o candidato do partido à Presidência da República na eleição do ano que vem. Ele obteve mais que a maioria simples (50% dos votos mais um) e superou nas prévias o governador Eduardo Leite, do Rio Grande do Sul, e o ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio.

O resultado final foi o seguinte:

  • João Doria – 53,99% dos votos
  • Eduardo Leite – 44,66%
  • Arthur Virgílio – 1,35%

Nas prévias, o PSDB dividiu os votantes em quatro grupos:

  1. filiados;
  2. prefeitos e vice-prefeitos;
  3. vereadores, deputados estaduais e distritais.
  4. governadores, vice-governadores, ex-presidentes e o atual presidente da Executiva do partido, senadores e deputados federais.

Cada grupo representa 25% do total de votos. Ou seja, como o grupo 4 tem menos integrantes, na prática o voto de cada um teve um peso maior na contabilidade total da eleição.

Doria

João Doria tem 63 anos e foi eleito governador de São Paulo em 2018, com mais de 10,9 milhões de votos.

Assim como Leite, apoiou Jair Bolsonaro no segundo turno da eleição, ocasião em que foi cunhado o slogan “BolsoDoria”.

Antes de ser governador de São Paulo, o tucano que é formado em jornalismo e publicidade e atuava no ramo empresarial, foi prefeito da capital paulista, em 2016. Ele se filiou ao PSDB em 2001.

A votação

A votação nas prévias começou no último domingo (21), mas teve de ser interrompida após falhas no aplicativo destinado à votação dos filiados — a cúpula da legenda suspeita que as prévias tenham sido alvo de ataque hacker.

Desde então, o partido realizou uma série de testes com novas empresas e, nesta sexta-feira (26), escolheu a BeeVoter.

A votação teve início às 8h deste sábado e se encerrou às 17h. Foram cerca de 30 mil votos entre os 44,7 mil filiados aptos a participar. Parte desses votos — 8% do total de filiados — já havia sido contabilizada no último domingo.

Esta foi a primeira vez que o partido recorreu à realização de prévias para escolher o candidato ao Palácio do Planalto. A disputa foi marcada por divergências entre os pré-candidatos, que dividiram posições dentro da legenda.

Ao longo da pré-campanha, Doria e Leite trocaram farpas, e a demora para a conclusão da votação acabou agravando a crise entre os governadores.

Contagem dos votos

Na prévia, o PSDB dividiu os votantes em quatro grupos:

  1. filiados;
  2. prefeitos e vice-prefeitos;
  3. vereadores, deputados estaduais e distritais.
  4. governadores, vice-governadores, ex-presidentes e o atual presidente da Executiva do partido, senadores e deputados federais.

Cada grupo representa 25% do total de votos. Ou seja, como o grupo 4 tem menos integrantes, na prática o voto de cada um teve um peso maior na contabilidade total da eleição.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas