Conecte-se agora

Acre apresenta estabilidade em casos de síndrome respiratória grave, diz Fiocruz

Publicado

em

Foto: Reprodução

A incidência de casos e óbitos causados por síndrome respiratória aguda grave (SRAG) no estado do Acre manteve-se estável na semana encerrada em 16 de outubro, conforme informou o boletim InfoGripe, divulgado nesta quarta-feira, 20, pela Fundação Oswaldo Cruz.

O Acre é um dos 11 estados brasileiros em que há tendência de queda na análise das últimas seis semanas (longo prazo). Além dele, estão: Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Rio de Janeiro, Rondônia e São Paulo e Distrito Federal.

Ao contrário disso, das 27 unidades federativas, nove apresentam sinal de crescimento na tendência de longo prazo: Alagoas, Amapá, Ceará, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe e Tocantins. Como tal crescimento é recente, ele ainda é considerado compatível com uma oscilação dentro da estabilidade, avalia o boletim.

A capital do Acre, Rio Branco, também está fora do grupo em que o nível de transmissão comunitária ainda é considerado alto: Aracaju, Belém, Boa Vista, Campo Grande, Cuiabá, Fortaleza, João Pessoa, Macapá, Maceió, Manaus, Natal, Palmas, Porto Alegre, Porto Velho, Recife, Rio de Janeiro, Salvador, Teresina e Vitória. Segundo a pesquisa, nenhuma capital apresenta transmissão em nível extremamente alto.

De acordo com o boletim, o cenário atual aponta para indícios de estabilidade na tendência de longo prazo (últimas seis semanas) e de crescimento leve na tendência de curto prazo (últimas três semanas), o que ainda é considerado compatível com um quadro geral de estabilidade.

Os casos da síndrome são acompanhados por pesquisadores como um dos parâmetros para monitorar a pandemia de covid-19, já que o SARS-CoV-2 foi o responsável por 96,6% dos 673 mil casos de SRAG causados por vírus em 2021 e por 98,8% dos 413 mil que foram registrados em 2020.

Cotidiano

Fábio Araújo crítica condução da reversão e diz que sistema pode entrar em colapso

Publicado

em

O vereador Fábio Araújo (PDT) usou a Tribuna da Câmara de Rio Branco (CMRB) nesta quinta-feira, 2, para falar da sua preocupação em relação à condução da reversão do sistema de saneamento, que voltará para a Prefeitura de Rio Branco em 2022.

De acordo com o parlamentar, não há previsão orçamentária na Lei Orçamentária Anual (LOA) do Estado para o Depasa de Rio Branco em 2022.

Na sessão, o parlamentar apresentou um requerimento para Audiência Pública com o Saerb e cobrou mais clareza na condução da reversão do saneamento.

“O Depasa não tem previsão orçamentária e nem de contratos para cuidar do saneamento de Rio Branco, ou seja, a partir de 1 de janeiro, o saneamento vai ser passado para o município de Rio Branco. O presidente do Saerb disse que estava pronto para assumir, mas ninguém viu nada e nem sabe de nada e precisamos saber o que está acontecendo porque não há nenhuma licitação pública ou prevista. Pelo o que eu vi na audiência pública da Aleac, o sistema de saneamento pode entrar em colapso no dia 1 de janeiro”, afirmou.

Continuar lendo

Cotidiano

Vereadores de Rio Branco suspendem sessão para discutir ampliação do Refis

Publicado

em

O presidente da Câmara de Rio Branco, N. Lima, suspendeu a sessão nesta quinta-feira, 2, para conversar com os parlamentares com o intuito de ampliar o novo programa de Recuperação Fiscal (Refis). O novo prazo seria até dia 31 de dezembro.

O PL do Refis permite ao contribuinte, pessoa física ou jurídica, a chance de acertar suas pendências em impostos municipais e evitar que os débitos sejam questionados judicialmente.

O novo Refis traz maior facilidade para o pagamento dos débitos, como parcelamento em até 72 vezes para os pequenos e microempresários, e 60 vezes para as pessoas físicas e jurídicas.

A opção para pagamento à vista dos créditos tributários, se dará com emissão do Documento de Arrecadação Municipal (DAM) para pagamento em até 30 dias da data de adesão.

Os débitos objeto do REFIS sujeitar-se-ão aos acréscimos previstos na legislação Municipal e serão pagos em parcelas mensais e sucessivas, que não poderão ser inferiores a 25% da Unidade Fiscal do Município de Rio Branco-Acre, inclusive, no que se refere aos parcelamentos realizados por Microempresas, Microempreendedores Individuais e Empresas de Pequeno Porte.

Para os débitos exclusivos de IPTU o valor mínimo da parcela não pode ser inferior a 10% da Unidade Fiscal do Município de Rio Branco. O atraso no pagamento do parcelamento implicará na perda do desconto concedido na parcela.

Continuar lendo

Cotidiano

Cursos rápidos e gratuitos do Senac estão com vagas abertas no Acre

Publicado

em

O Senac Acre está com vagas disponíveis em nove cursos a distância diferentes por meio do Programa Senac de Gratuidade. Acesse portal.ac.senac.br/gratuidade e garanta sua vaga.

São vagas nos cursos de Ações Eficazes em Vendas, Cerimonial e Protocolo para Eventos; Como construir um plano de marketing para o seu negócio; Comportamento do Consumidor; Custos e Formação do Preço de Venda; E-mail Marketing; Estratégias de Negociação; Relacionamento Interpessoal e Trabalho em Equipe e Técnicas de Fidelização: Fazendo o Cliente Voltar.

O processo de matrícula é simples e, assim que concluída a inscrição, o aluno já garante sua vaga no curso. O link de validação é recebido no e-mail assim que concluído o processo de inscrição e, a partir desse link, o aluno já passa a fazer o curso de onde ele estiver, celular, tablet, computador, de diversas maneiras.

São cursos rápidos, que variam de 20 a 40 horas, e voltados a qualificar pessoas que buscam se recolocar no mercado de trabalho. Final de ano é muito comum aumentar o número de vagas de empregos no mercado local, e o Senac, se preocupando com isso, abriu essas vagas para uma qualificação rápida para que essas pessoas estejam preparadas para o mercado de trabalho.

Continuar lendo

Cotidiano

Homem que tentou matar namorada do pai é preso pela polícia na Transacreana

Publicado

em

A Polícia Civil prendeu nesta quarta-feira, 1, um homem acusado de tentar matar uma mulher por discordar do relacionamento extraconjugal que a mesma mantém com seu pai.

De acordo com as investigações, conduzidas pelo delegado Judson Barros, o pai do suspeito preso, morador de uma colônia na Estrada da Transacreana, possui um relacionamento extraconjugal com a vítima há mais de 20 anos, que também mora na estrada, mas em outra propriedade. Como o filho não aceita o relacionamento, tentou matar a mulher.

A investigação aponta que o filho é acusado de já ter atirado na mulher, agredido, inclusive arrastando seu rosto pelo asfalto, além de ter matado animais de propriedade da vítima, o que resultou até em registro de boletim de ocorrência.

“Resolvi pedir a prisão preventiva porque como ele não aceita esse caso amoroso do pai com a vítima, ele resolveu bater na mulher, ameaçar, matou um gato e um cachorro da mulher na bala, atirou nessa mulher e até um dia tentou cortar o pescoço da vítima com um terçado. É inadmissível agredir uma mulher por ela namorar o pai e você não querer”, disse o delegado Judson Barros.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas