Conecte-se agora

Prefeitura de Mâncio Lima entrega nova escola na zona rural

Publicado

em

Nesta sexta-feira , 08, o prefeito de Mâncio Lima, Isaac Lima, inaugurou na comunidade do Feijão Insosso, a Escola Rural Tonico Sena, que foi construída com recursos próprios da prefeitura para atender os alunos do Ensino Fundamental da localidade. A escola vai funcionar com o sistema multisseriado.

O investimento da prefeitura foi de R$ 230 mil e o nome do estabelecimento de ensino homenageia um dos fundadores da localidade, Tonico Sena, que chegou na comunidade em 1960.

Com esta, já são 10 escolas construídas com recursos próprios da prefeitura de Mâncio Lima com investimentos de mais de R$ 1 milhão. Durante a inauguração da escola, o prefeito anunciou a construção de um poço artesiano, que irá atender tanto a classe escolar quanto os moradores do entorno.

Isaac Lima, lembrou que há mais de 15 anos a comunidade do Feijão Insosso não contava com escola. “Hoje, o presente é para a comunidade do Feijão Insosso, que há mais de 15 anos não tinha um espaço digno para receber as crianças. Economizamos de um lado e outro e conseguimos construir esta escola, que já se soma a mais 9, todas feitas com recursos próprios. O ramal do Feijão Insosso merecia receber este investimento porque tem muitas famílias com alunos na idade escolar que precisavam percorrer grandes distancias para estudar . O momento é de alegria e satisfação por estarmos trazendo um espaço para oferecer educação de qualidade para nossas crianças”, destacou.

Rute Cordeiro, moradora da Comunidade do Feijão Insosso, lembra que dava aulas para as crianças da comunidade na própria casa dela. “Eu me lembro até hoje quando o prefeito chegou na minha casa e viu os alunos em uma sala que eu e meu marido havíamos cedidos para funcionar como sala anexo. Muitas vezes, o barulho do motor da casa de farinha atrapalhava as aulas e ele prometeu que iria fazer a escola e hoje está entregando a obra para todos nós. Eu tinha pena em ver as crianças estudando naquelas condições. Estou muito feliz e sei que esse sentimento é de todos nós”, citou ela.

Na rede

Mau tempo pode atrasar resultado da eleição no Vale do Juruá, prevê TRE

Publicado

em

Apesar do horário da votação no Acre ter mudado para garantir apuração de forma simultânea em todo o Brasil nas eleições de domingo, 2, o mau tempo em localidades de difícil acesso no Vale do Juruá poderá atrasar o resultado final da eleição no Acre.

Em seis localidades de difícil acesso, como Terras indígenas e seringais, onde 70 urnas serão usadas, depois de encerrada a votação os dados serão enviados para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), por meio de um Bgan.

Trata se de um telefone com modem via satélite sem acesso a Internet exclusivo para o envio de votos, que sofre interferência em caso de mau tempo.

O técnico judiciário do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Acre, Ilis Sandro Arena, diz que o clima poderá interferir no envio via Bgan

“Se tiver muita chuva ou o tempo estiver nublado pode ter atraso na comunicação. Mas assim que a chuva passar, os mesários vão ficar tentando até conseguir enviar. Durante o treinamento, os mesários foram instruídos, em casos assim, a buscar outros locais até conseguir mandar o resultado via satélite”, explica.

Mas a equipe gestora do Cartório Eleitoral da 4° Zona destaca que se não for possível a comunicação no mesmo dia com o TSE, o Tribunal divulga o resultado das eleições no Brasil em 2 de outubro citando o percentual que fica faltando para a totalização final dos votos.

“Mas contamos e esperamos que isso não aconteça e dê tudo certo”, afirmam.

Em algumas localidades de difícil acesso no Vale do Juruá, as urnas e equipes só chegam de barco, avião e helicóptero. Há viagens de barco que duram até 18 horas.

Continuar lendo

Na rede

Urnas de seções de locais de difícil acesso já foram entregues no Vale do Juruá

Publicado

em

A 4° Zona Eleitoral, que inclui Cruzeiro do Sul e os outros 5 municípios do Vale do Juruá, concluiu nesta sexta-feira, 30, o envio de 70 urnas para Locais de Difícil Acesso – LDA – que foi iniciado na última terça-feira, 27.

São 6 LDA’s, incluindo terras indígenas, seringais e vilas, que demandam uma logística diferenciada em que os membros das mesas receptoras e as urnas foram em avião, helicóptero e barco.

Um helicóptero da Força Aérea Brasileira (FAB) e um avião fretado estão à disposição da Justiça Eleitoral do Acre no Juruá até o pós-eleição, quando serão trazidos de volta as equipes e equipamentos. Neste sábado, 1, serão distribuídos os equipamentos das seções das zonas urbana e rural.

São 18 horas de barco

Entre as localidades de difícil acesso estão a comunidade Lindalvos, no Rio Grajaú, que é parte do município de Porto Walter. Os mesários e demais membros da mesa, junto com a urna, levam 18 horas de barco para chegar no local.

Na Vila Restauração, onde há 898 eleitores, e na Terra Indígena Cruzeirinho, com 249 eleitores, equipes e equipamentos seguiram no helicóptero da FAB.

“É uma grande operação da Justiça Eleitoral para garantir que na hora da votação tudo esteja pronto para o eleitor”, destaca a chefe do Cartório Eleitoral da 4° Zona, Érika Amaral.

Nos 5 municípios do Vale do Juruá serão utilizadas 563 urnas no domingo de eleição.

Continuar lendo

Na rede

Forças de segurança vão fazer uso de drones no acompanhamento das eleições no Juruá

Publicado

em

Além da Polícia Militar e o Grupo Especial de Fronteira (Gefron), a Polícia Federal e o Exército vão atuar no esquema de segurança nas eleições deste domingo, 2, no Vale do Juruá.

As forças estarão em Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima, Rodrigues Alves, Porto Walter e Marechal Thaumaturgo. A Polícia Federal, inclusive, vai usar drones.

Segundo o comandante do 6° Batalhão da Polícia Militar, coronel Edivan Rogério, serão empregados 250 homens no domingo em todo o Vale do Juruá. “Segundo a Legislação devemos estar a cem metros das urnas. Mas se houver necessidade ou formos solicitados por mesários ou membros da justiça eleitoral agiremos. Faremos o policiamento ostensivo geral para garantir a segurança das eleições”, afirmou o comandante.

O coordenador do Gefron, coronel Evandro confirmou a presença do Grupo no pleito de domingo na região.

O Exército Brasileiro também estará nas ruas de Cruzeiro do Sul. Segundo a Assessoria de Comunicação, o 61° Batalhão de Infantaria e Selva (BIS), participa da Operação de Garantia da Votação e Apuração Eleitoral (GVAE), com um efetivo total de mais de 200 militares, em 11 municípios, tanto no Estado do Acre como no Estado do Amazonas. “Contemplando assim 6 Zonas Eleitorais que contam com o apoio do Exército Brasileiro”.

Segundo o delegado Vinícius Almeida, só em Porto Walter haverá atuação de policiais civis. “Aqui no Juruá estaremos apenas em Porto Walter. O restante é da PF”, pontuou.

A Delegacia da Polícia Federal de Cruzeiro do Sul informou que recebeu reforços e que “deverá empregar todos os meios e equipamentos disponíveis, incluindo drones nas eleições de domingo”.

Continuar lendo

Na rede

Encerramento do 5° Festival da Farinha em Cruzeiro do Sul tem público recorde

Publicado

em

O encerramento do 5° Festival da Farinha de Cruzeiro do Sul no aniversário de 118 anos da cidade teve uma presença recorde de público. A estimativa oficial é de que pelo menos 15 mil pessoas estiveram presentes no desfile cívico-militar que teve a participação de todas as escolas, além de instituições civis e militares. Esta foi a primeira comemoração após a pandemia.

“É um privilégio estar comemorando a vida voltando ao normal, as pessoas voltando a frequentar as ruas, as escolas fazendo suas apresentações. É uma grande festa no aniversário de 118 anos de um povo trabalhador e acolhedor e a demonstração de que temos um povo cada vez mais apaixonado pela nossa cidade”, disse o prefeito Zequinha Lima.

O governador Gladson Cameli esteve presente prestigiando o evento.

“Quero agradecer a Deus por esta oportunidade de estar aqui sentindo esta energia positiva, este ânimo, esta expectativa positiva. Fiquei me lembrando de meus tempos de Escola São José, vendo no semblante deles, e vendo que se cada um fizer um pouco vamos criando oportunidades. O melhor ainda está por vir. Quero ter a consciência de que preparei o estado para estas crianças e jovens”, disse o governador Gladson Cameli.

Além do desfile cívico-militar e dos shows, o último dia do 5° Festival da Farinha de Cruzeiro do Sul teve também as premiações para a maior mandioca e o melhor prato preparado a partir da macaxeira.

Vanísia Morais, moradora da Vila Santa Rosa venceu o concurso de melhor prato a partir de um pudim preparado com mandioca. Além de ovos e leite condensado, para suavizar a textura da macaxeira, a receita leva um ingrediente especial, que Vanísia mantém em segredo.
“Estou muito agradecida, primeiramente a Deus, por este momento muito gratificante. Nunca havia participado e hoje ganhei. Estou muito feliz por este reconhecimento”, disse Vanísia, que recebeu R$1 mil reais pela premiação.

Adauto messias foi o vencedor do prêmio de maior mandioca do festival. Adauto disse que se surpreendeu quando retirou do solo a macaxeira com 2 metros e 13 centímetros.

“Tivemos que cavar mais de metro foi uma surpresa, não estava preparado. Não foi usado nenhum adubo extra, apenas terra aradada, a espécie dá uma batata grande, e solo fértil e arenoso ajudou. A mandioca ficou cerca de um ano e três meses plantada”, disse Adauto.

O prefeito Zequinha Lima comemorou o resultado do festival e disse estar cogitando transferir a festa no próximo ano para um local mais amplo.

“As pessoas estão felizes porque puderam sair de casa e prestigiar esta grande festa que estamos encerrando com chave de ouro. Houve a antecipação dos salários, o comércio se aqueceu e o dinheiro circulou aqui mesmo na cidade”, disse.

O evento teve transmissão ao vivo em cadeia pela imprensa de TV, Rádio e Redes Sociais, o que ampliou o alcance do festival.

“Não poderia deixar de agradecer à toda imprensa de Cruzeiro do Sul que se uniu com um único objetivo de divulgar o festival, nossa cidade e nosso principal produto que é a farinha de mandioca. Tenho certeza de que os maiores beneficiados com isso serão os produtores rurais que terão seu produto cada vez mais conhecido e valorizado”, disse.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.