Conecte-se agora

A geografia da violência, mas pode ser da paz!

Publicado

em

A violência no Acre começa a dar sinais firmes de recuo. Um movimento sólido em direção ao controle e diminuição de roubos, assaltos e execuções. Porém, ainda está muito longe de ser o ideal. Mas comparada aos anos anteriores, a situação é outra completamente diferente. Na capital a conjuntura é mais visível mesmo que na região do 2º distrito haja focos de resistência aos crimes.

Enquanto isso, nos Vales do Juruá e Envira a luta das forças de Segurança contra o tráfico, roubos, assaltos e assassinatos é intensa. No Iaco, Sena Madureira saiu da situação de descontrole em anos passados para uma diminuição drástica. A luta é grande também na pequena Xapuri, Epitaciolândia, Brasiléia e Assis Brasil (regiões de fronteira), onde o tráfico procura se estabelecer.

É necessário reconhecer que a situação é outra. É outra graças a gestão da Segurança Pública. Aos serviços de inteligência, as parcerias entre instituições e órgãos afins, inclusive, com outros estados e até países vizinhos. Reassumir o controle do complexo sistema prisional (em fase de execução) foi fundamental para esse bom momento. Muito embora haja muito a se fazer. Como disse, o ideal ainda está muito distante. Porém, os primeiros passos são dados na longa e difícil caminhada em direção à paz.

. A legislação eleitoral traz uma novidade que pode alterar em muito o quadro das eleições de 2022.

. O número de candidatos a ser lançados pelos partidos mudou; antes era o número de parlamentares mais de 50%.

. Melhor explicando:

. A bancada federal tem oito parlamentares; os partidos podem lançar oito mais um totalizando nove; antes eram oito mais quatro, totalizando 12.

. Muita gente que pretende ser candidato vai sobrar.

. No caso da Aleac, por exemplo, são 24 deputados mais um perfazendo 25 candidatos por partidos.

. Melhora a distribuição do fundo de campanha, mas altera o quociente eleitoral e partidário.

. Se não for fake…

. A vida aqui só é ruim/quando não chove no chão/mas se chover dá de tudo, fartura tem de porção/tomara que chova logo, tomara meu Deus tomara…

. O cristão não deve odiar as minorias, nem desprezar e humilhar pessoas de outras religiões ou quem quer que seja;

. Simples:

. Jesus mandou amar a Deus e ao próximo; eles são o próximo; o próximo é o outro, o samaritano.

. O Cristão também é próximo para as minorias, mão dupla!

. Entendes isso, servo?!

. Bom dia!

Coluna do Astério

O homem que morreu duas vezes…e viveu!

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

Bittar fala de Bolsonaro no PL; como fica Mara, Gladson e Márcia?!

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

Gerlen fala do Senado, do vice e na vitória de Gladson

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

Democracia ou farra com dinheiro público?

Publicado

em

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas