Conecte-se agora

Lula e Jorge, além dos muros do PT

Publicado

em

As sucessivas pesquisas que colocam o ex-presidente Lula liderando a corrida para presidente e o ex-governador Jorge Viana de volta ao Senado, demonstra que os dois estão além dos muros do PT. Se fossem depender apenas do prestígio do partido, filiados e simpatizantes não teriam a menor chance de disputar uma eleição. O desgaste do PT ainda é muito grande. Não só no Acre, mas em quase todo o país. O Nordeste é uma ilha petista. Isto, segundo as pesquisas.

Lula foi presidente durante oito anos, elegeu e reelegeu Dilma Rousseff até que ela sofreu impeachment pelo Centrão (o mesmo que está com o presidente Bolsonaro hoje). Em seu governo houve muita prosperidade. Empresas grandes, médias, pequenas, micros, igrejas e cooperativas cresceram como nunca. A fome, a pobreza, o analfabetismo foram reduzidos drasticamente. O Brasil era muito respeitado internacionalmente.

A lambança da corrupção também se alastrou a partir da compra de sua base de apoio com mais de 30 partidos no Congresso Nacional. Veio a Lava Jato, Lula foi preso, mas, ao que parece, o rompante golpista do presidente Bolsonaro, o negacionismo da ciência na pandemia, a inflação, aumentos de combustíveis, gás e comida estão ressuscitando o ex-presidente. Até quem o odiava, se declara Lula nas redes sociais. Vê se pode?!

O ex-governador Jorge Viana também alcançou um grande sucesso em seu governo. Elegeu Binho Marques, Geraldinho Mesquita, Raimundo Angelim, Marcos Alexandre e outros. Em 2018 afundou junto com o PT. Houve prosperidade em seu governo. O que o coloca em 1º para o Senado e em 2º para o governo. A kombi do PT está atolada, mas a Ferrari do Jorge Viana não. Ele e Lula ultrapassam os muros do partido. As chances de Viana voltar ao Senado são concretas; governo estadual nem tanto. O PT ainda tem que pagar mais pelos seus pecados.

“A conta de luz vai aumentar, qual é o problema? É preciso parar com essa choradeira”. (Dr. Paulo Guedes, ministro da Economia do presidente Bolsonaro)

Bumbo furado

Não há motivo nenhum que enseje a cassação do prefeito Tião Bocalom (PROGRESSISTA); é a Câmara derrubando e o Tribunal de Justiça o colocando de volta no cargo. Ruim com Bocalom; pior sem ele! Os adversários do prefeito querem tocar um bumbo furado.

Quando remédio é veneno…

Ao ir para o enfrentamento com o prefeito Tião Bocalom, os vereadores precisam agir em favor do município, dentro da lei e do bom senso. Na base da retaliação pessoal, vão torná-lo vítima de políticos que só querem cargos e favores da prefeitura. Até água em demasia mata afogado; remédio demais também é veneno.

Dando o tom

O deputado Jonas Lima, do PT, está dando o tom da linha adotada pelo partido em relação ao governador Gladson Cameli. Já não é certo que Isaque Lima, prefeito petistas de Mâncio Lima, vá surfar na mesma onde de Gladson Cameli em 2022. Aliás, alguns prefeitos petistas estão pegando suas pranchas e sumindo da praia.

Cloroquina ajuda?

A população do Acre, com cerca de 900 mil habitantes apenas, é a mais endividada do país. Endividamento não é problema, problema mesmo é não ter como pagar as contas. Talvez tomar uma cloroquina ajude. Tem sobrado na praça, enviada pelo governo federal.

Sete de Setembro

Dia Sete de Setembro a manifestação a favor do presidente Bolsonaro, contra o STF, o Senado, por um golpe militar, contra o comunismo e o fechamento das igrejas levará muita gente às ruas. Segundo um parente Bolsonarista, será a segunda independência do Brasil. Ele está até tentando aprender o hino da independência. Já podeis da pátria filhos/ver contente a mãe gentil/ já raiou a liberdade/ no horizonte do Brasil. Não é prá rir que a coisa é séria.

Márcio contesta

O senador Márcio Bittar (MDB) contesta a posição de quem diz que os deputados federais e seus partidos não conseguirão estruturar chapas para concorrerem em 2022. Para ele, Vanda, Alan e Jéssica retornam à Câmara se quiserem. No caso do Alan, diz Márcio, é só migrar para o PROGRESSISTAS. Acha que o MDB é o que terá mais dificuldade de formar chapa. Flaviano pode ir para a balsa.

. Alysson Bestene continua sendo o número um na sucessão do vice para 2022;

. O vice não é eleito, é companheiro de chapa!

. O tirocínio político do governador Gladson Cameli diz que Alysson Bestene é o vice, encaixado como uma luva para projetos políticos futuros.

. O presidente Bolsonaro e qualquer um tem razão quando reclama da ingerência do STF em outros poderes.

. O problema dele é a forma como quer mudar: com um golpe.

. Além de achatados, os salários estão perdendo poder aquisitivo, ou seja, a fome está aumentando em larga escala.

. O Agro é Pop!

. Jesus pregou a revolução da não violência; a revolução do amor, mas isso foi há muito, muito tempo; a maioria já nem lembra mais.

. Vamos obedecer e orar pelas autoridades desde que não sejam do STF nem do Senado, são da sinagoga de Baal.

. Puts!

. O Pádua Bruzugu pode dar um golpe no Flaviano e ser indicado o vice do gov.

. Bom dia!

Coluna do Astério

Mulher, preta, pobre, analfabeta e assassina…

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

Por que Lula tem chances de virar presidente novamente?

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

Angelim e Marcus, na marca do pênalti

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

Justiça do faz de conta!

Publicado

em

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas