Conecte-se agora

Senado: Bittar vai comendo pela borda!

Publicado

em

A disputa pela única vaga de Senado na chapa com o governador Gladson Cameli é muito dura. Na oposição está praticamente definido. Podem ser dois: Jorge Viana (PT) e Sanderson Moura (PSOL). Na base do governo disputam Mailza Gomes, Alan Rick, Jéssica Sales, Márcia Bittar e Vanda Milani. Ninguém está disposto a abrir mão. Querem empurrar o abacaxi para o colo do governador Gladson Cameli (PROGRESSISTAS). Ele se defende deixando claro que aquele que se viabilizar será o ungido.

Muitos se perguntam? Mas o que é se viabilizar para Gladson Cameli? É exatamente fazer o que o senador Márcio Bittar (MDB) está fazendo em relação a sua candidata, a Márcia Bittar. Juntando partidos, articulando apoio em Brasília, no governo e nos municípios. Estrutura e recursos para a campanha também não vão faltar. Gladson, Jorge Viana, Sérgio Petecão, Márcio Bittar e outros políticos mais experientes sabem que disputa majoritária não é brincar de ser candidato a vereador ou deputado.

Não se surpreendam se a candidata ungida for a Márcia Bittar. Pelas razões elencadas e outras mais, por exemplo, Bittar está viabilizando recursos do governo federal para o Acre. Ele come pela borda.

Enquanto isso, os demais concorrentes esperam por um milagre. Não tem milagre. Pesquisas não decidem nada. Muitos candidatos começaram do zero e se elegem. Em todas as reuniões e eventos públicos, o governador tem enaltecido o trabalho de Márcio. Se isso não for viabilizar uma candidatura, outro nome não tem. Quanto a vencer Jorge Viana, Mara Rocha ou outro candidato na eleição, a guerra travada será outra. Aí é com o eleitor.

“Não repreendas o tolo, para que não te odeie; repreende o sábio, e ele te amará”. (Provérbios 9:8 – Salomão)

Não rompem

Os pré-candidatos que não forem escolhidos para a chapa de Gladson Cameli para vice ou Senado (só cabe um), não vão romper com o governo. O senador Sérgio Petecão, pré-candidato ao governo, não espere as sobras. O poder tem seus encantos.

As firulas da oposição

Questionado por que quando era da oposição criticava e fazia promessas que não poderia cumprir no governo, o ex-presidente Lula foi preciso e verdadeiro: “Na oposição dá para fazer firulas, no governo não”. Pregar a redução de impostos como o ICMS é uma grande firula.

Federação de esquerda

O PT, PSB e PCdoB podem formar uma federação para disputar a eleição em 2022. O ex-presidente Lula pacificou as relações em Pernambuco abrindo o caminho para uma nova composição.

O vice de Lula

O ex-ministro Gilberto Kassab, presidente nacional do PSD do senador Sérgio Petecão, articula a construção do nome ideal para ser o vice de Lula. Se o PSD formar uma federação com o PT, como ficaria a eleição no Acre? Vai o pitaco para provocar: Petecão governador, Jenilson vice e Jorge Viana para o Senado. Os três ou mais partidos formariam a chapa de estadual e federal sem grandes dificuldades. Pode ser ilação, pode ser que não, em política até boi voa.

Ao PSDB e não ao Minoru

O cargo a ser ocupado pela esposa do ex-reitor Minoru, Degmar Kinpara, no governo foi oferecido ao PSDB e não a ele. O compromisso de apoiar Gladson Cameli a reeleição também é do partido. A parte que tocou Minoru foi o compromisso do governador em apoiar a construção do hospital universitário, antigo sonho de Kinpara.

Gonzaga e Cadmiel ficam no ninho

Os deputados Luís Gonzaga e Cadmiel Bomfim devem permanecer no ninho tucano, principalmente com a aprovação das federações. Mesmo o Senado impedindo as coligações proporcionais, o sistema de federação partidária facilitou a sobrevivência de partidos e políticos com mandato.

. O vice de Lula poderá ser o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM); vem de Minas Gerais como José de Alencar.

. Pacheco poderá ser também o candidato a presidente da terceira via, só precisa afastar o mala do João Dória, governador de SP.

. Se, porventura, houvesse um autogolpe no Brasil, em menos de um ano haveria outro golpe dentro do golpe como acontece em republiquetas da Ásia e África.

. Toda tentativa de ruptura do estado democrático de direito deve ser esmagada; nenhum presidente do Executivo, Legislativo ou Judiciário é maior do que as instituições.

. Acreditar que um político qualquer é a salvação do Brasil é a mais vil ignorância, analfabetismo político por completo.

. “Caro professor, os campos de concentração nazistas foram construídos pelos engenheiros formados nas melhores universidades da Alemanha; os médicos que torturam e mataram milhões nos campos, também”.

. O bilhete encontrado em um campo era mais ou menos isso aí.

. Graduação sem humanidade, sem amor é veneno.

. Bom dia!

Coluna do Astério

Mulher, preta, pobre, analfabeta e assassina…

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

Por que Lula tem chances de virar presidente novamente?

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

Angelim e Marcus, na marca do pênalti

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

Justiça do faz de conta!

Publicado

em

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas