Conecte-se agora

Bandido preso, só se for dos outros

Publicado

em

O SENADOR MÁRCIO BITTAR (MDB), que já declarou que está no seu radar impedir uma vitória do ex-senador Jorge Viana (PT), seja para governador ou senador, desancou o petista na sua postagem semanal na rede social, em cima da declaração do JV comemorando a prisão do presidente do PTB, Roberto Jefferson, de que “bandido bom é bandido preso”. 

Bandido preso é bom só dos outros, sobre o Lula condenado em três instâncias por corrupção, o Jorge Viana não deu um pio, naquela de que, de bandido de casa não se fala nada, disparou Bittar.

LEVANDO A SÉRIO

O DEPUTADO Jenilson Leite (PSB) está levando a sério a sua candidatura a governador, entrando de cabeça nos municípios fazendo política, não esperem que fique nos 3% da última pesquisa. Muitos não sabem que ele é candidato. E, estamos distantes da campanha de 2022.

JOGA COM A POSSIBILIDADE

O ex-prefeito de Cruzeiro do Sul, Vagner Sales, trabalha com a candidatura da deputada federal Jéssica Sales (MDB) ao Senado em qualquer cenário, mas projeta como cenário ideal ter o apoio do governador Gladson Cameli.

MARCO NA GESTÃO MBIENTAL

TODAS as florestas estaduais, receberam ações sobre educação ambiental, social, jurídica, de saúde e vacinação contra o Covid-19. Este é um ponto positivo na gestão do secretário do Meio Ambiente, Israel Milani. Essas comunidades não eram assistidas pelo poder público.

COLIGAÇÕES LEVAM PAU

O PRESIDENTE do Senado, Rodrigo Pacheco, considera a volta das coligações proporcionais um “retrocesso”, e diz que, a matéria aprovada na Câmara Federal, não passa no Senado. É muito mais que um “retrocesso”, seria imoral.

FIM DA FESTA

AS COLIGAÇÕES proporcionais sendo rejeitadas no Senado, vai acabar com a festa de muito dirigente de partido nanico no estado, que já preparava a negociata.

LONGE DE SER UM ESTADISTA

O BOLSONARO é um ator de causas perdidas. Foi assim nas “óperas-bufas” da Cloroquina e do voto impresso, e agora no arroubo autoritário de querer cassar ministros do STF. Longe do nosso presidente ser um estadista.

VISTO COMO PIADA

NOS MEIOS jurídicos nacionais é visto como “piada” o anúncio do presidente Bolsonaro de que vai pedir a cabeça dos ministros do STF Luís Barroso e Alexandre de Moraes, ao Senado. Não será nem colocado na pauta.

CHAPA ENCORPADA

Eduardo Ribeiro, Ângela Helosman (vice-prefeita de Mâncio Lima), Jefferson Pururuca, Leila Galvão, Rosangela do SINTEAC, Heitor Junior, Zé do Posto, Pedrinho Oliveira, Fátima Piyãko (mulher do prefeito de Marechal Thaumaturgo), estão entre os nomes do PSD para a disputa da ALEAC. Chapa encorpada e forte.

BRIGA NO ALTO ACRE

O PP terá candidato a deputado federal em Brasiléia, de olho nos votos do Alto Acre. Será o dirigente político Vagner Galli. É um colégio eleitoral que está solto.

NÃO FOI TIRADO PARA DANÇAR

O secretário de Agricultura, Nenê Almeida, anda sem prestígio político pelas bandas de Feijó. Na inauguração está semana das obras na Casa do Agricultor, não foi chamado nem para compor a mesa dos trabalhos. O senador Sérgio Petecão (PSD), na mesa, só observou.

VIROU BRINCADEIRA

PINTARAM de azul o depósito de água da 6 de Agosto, e repintaram de outra cor. Assim aconteceu com escolas. E agora com o Arena da Floresta, que voltou para a cor original. O Gladson tem de dar um basta urgente neste desperdício de dinheiro, mal para imagem do governo.

GOSTINHO DE DÚVIDA

O PT não engoliu o fato da pesquisa da Real Big Data da TV-GAZETA, não ter posto o Jorge Viana no formulário de candidatos ao governo, ficando a dúvida se foi proposital.

NEM PARA PROJETAR

Não dá nem para fazer no momento – falta mais de um ano para a eleição – qualquer projeção para a disputa do Senado. É preciso saber como estará o quadro em 2022.

NÃO FAZ PARA SE ENGANAR

O PT deverá fazer uma ampla pesquisa próximo do fim do ano, para sentir a potencialidade dos candidatos do partido ao Governo e Senado. O PT não faz pesquisa para se enganar, suas pesquisas acertaram a vitória do Tião Bocalom para prefeito de Rio Branco.

HORA DO PIRÃO DE CASA

QUEM vai disputar uma vaga na ALEAC é o presidente do PT, Cesário Braga. Pode discordar das suas posições ideológicas, mas deve ser respeitado porque tem lado, e defende as suas convicções. Bom quadro.

É SÓ REVER A HISTÓRIA

É SÓ folhear os livros de história para ver que, todos os regimes ditatoriais tomam como primeira medida, calar o Judiciário e a imprensa. Quando você vê alguém no poder indo neste sentido, é porque sonha com ditadura militar. O que ocorre no país não é mera coincidência.

ACREDITANDO NA TERCEIRA VIA

AINDA creio numa candidatura presidencial de terceira via, que livre o brasileiro de optar em votar no Lula de extrema esquerda ou num Bolsonaro de extrema direita.

VIRADA NOS TRINTA

A vereadora Michele Mello (PDT) exerce um mandato  propositivo; é destaque da atual legislatura, e um calo na gestão do prefeito Tião Bocalom. Não será surpresa se ela disputar um mandato de deputada estadual, em 2022.

UM MANTRA

COM todos os candidatos a senadores do grupo que está no poder e com os quais converso, há um mantra unânime na resposta sobre com quem acham que vão disputar a única vaga para o Senado: “Jorge Viana”.

APOSTANDO NAS PESQUISAS

O DEPUTADO federal Alan Rick (DEM) vai continuar apostando no referencial das pesquisas para se cacifar a ser o candidato a senador do governador Gladson. Nas duas últimas pesquisas foi o melhor do grupo do Cameli.

FRASE MARCANTE

“Nenhum pássaro voa alto demais se voa com as próprias asas”. (William Balke)

Blog do Crica

Flaviano pode ser reeleito para presidir MDB e sigla dá a loba em Jarude

Publicado

em

TOMOU CORPO dentro do MDB um movimento para fazer um apelo ao Flaviano Melo, foto, para que continue na presidência do partido. Seu mandato se encerra em março. Na visão dos que defendem a sua recondução ao cargo, o argumento é ser Flaviano o único que consegue aglutinar e tem o respeito dos mais diversos segmentos da sigla. O novo presidente terá como missão principal eleger prefeitos e vereadores na capital, e demais municípios do interior. Flaviano tem dito que não pretende continuar à frente da sigla, mas como fixou residência em Rio Branco; havendo este movimento plural, é possível que aceite continuar comandando o “Glorioso do Dr. Ulysses Guimarães”.

JARUDE LEVA UMA LOBA NO MDB
A ALA que defende uma aproximação com o governo deu uma loba na intenção do vereador Emerson Jarude (MDB), em ser o líder do partido na ALEAC. O posto ficará com o deputado Tanízio de Sá (MDB), governista.

NÃO MERGULHA FUNDO
“Pato novo não mergulha fundo. Nunca ligou para o partido”, foi a explicação de um emedebista dada ontem sobre o breque no deputado Emerson Jarude (MDB).

MUITO MAIS TALHADO
PELA experiência no parlamento, pela independência política, o deputado Emerson Jarude (MDB) tem um perfil talhado para exercer a referida missão, mas se esqueceu de conversar com o grupo que domina o MDB.

PARTIDO EM FRANGALHOS
MAS, como o MDB é um partido em frangalhos, com algumas de suas figuras loucas para comer na gamela do governo, esta decisão partidária não chega ser novidade.

SÓ SENTE O CHEIRINHO
HÁ MUITO tempo o MDB somente sente o cheirinho do poder. Vem de uma sucessão de derrotas na disputa do governo e da prefeitura de Rio Branco, talvez, por isso, se ofereça para participar do governo do Gladson.

DEMOCRACIA X GOLPISMO
A CANDIDATURA do senador Rogério Marinho (PL) representou o golpismo contra o Judiciário, principalmente, contra o STF. E a do senador Rodrigo Pacheco (PSD), o equilíbrio e a democracia. Não há nada fora deste cenário. Venceu a democracia, novamente.

MUITO TAXATIVO
O “Rei da Soja” no Acre, Jorge Moura, ligou para o senador Sérgio Petecão (PSD) pedindo o seu voto para o senador Rogério Marinho (PL), sob o argumento que o Alexandre de Moraes lhe prejudicou. Resposta do Petecão: “Sempre atendi as pautas de vocês, e você nunca fez uma reunião a favor da minha campanha de governador, então, não posso lhe atender”. E a conversa acabou neste ponto.

TERCEIRO TURNO
A ELEIÇÃO para o Senado que aconteceu hoje (quarta-feira), foi uma espécie de quarto turno da eleição presidencial. Dois turnos da eleição, o terceiro turno da tentativa de golpe no vandalismo em Brasília; e o quarto turno da eleição para presidência do Senado. O Bolsonaro perdeu quatro vezes. A democracia vive!

DEU O PREVISÍVEL
ANTÔNIO AQUINO – Toniquim, ganhou a eleição em cima do adversário Roberto Duarte, e ficará mais quatro anos à frente da Federação de Futebol do Acre. Tudo dentro da previsão para o desfecho a favor do Toniquim.

PAUTA ERRADA
A OPOSIÇÃO vai entrar numa barca furada se começar o ano legislativo batendo no governador Gladson Cameli, pelo simples prazer de bater. A tática já se mostrou ineficiente para o desgastar, na última eleição.

NO MESMO CAMINHO
UM DOS parlamentares eleitos pelo Juruá pode ter entrado, por seus atos na campanha, no mesmo caminho que levou o ex-deputado Josa da Farmácia a ser cassado. Essa recente operação da PF tem foco certo.

FIM DE ROMANCE
O PEDIDO de exoneração da vice-prefeita Marfisa Galvão de uma secretária acéfala que ocupava na PMRB, foi o pingo de água que faltava para o rompimento político do grupo Petecão com o prefeito Bocalom.

O MUNDO NÃO VAI ACABAR
NÃO é por causa do rompimento do prefeito Tião Bocalom com o grupo do senador Sérgio Petecão (PSD), que o mundo vai acabar para ambos. Cada um toma o seu caminho político, e a vida segue seu curso normal.

COLOCAR NA CABEÇA
O PETECÃO tem que colocar na sua cabeça que o prefeito Tião Bocalom não quer mais tê-lo ao seu lado, não pode ser mais claro. Te manca, Petecão!

CONVERSAR É DA POLÍTICA
SOBRE a afirmação do governador Gladson de que vai lhe procurar para uma conversa particular, o senador Petecão (PSD), limitou-se a dizer que o receberá com respeito, para ouvir o que tem a lhe dizer. Conversar é da política.

NÃO MUDOU NADA
A ALEAC abriu os trabalhos dessa legislatura sem disputas acirradas para a composição da mesa diretora. Como era esperado deu Luiz Gonzaga (PSDB) na presidência, e Nicolau Junior (PP) na primeira secretaria. A chapa teve o aval do governador Gladson Cameli.

OLHO NOS NOVATOS
AGORA, é ficar de olho nos deputados novatos para saber se vão para os debates do plenário ou integrarão a famosa bancada dos mudinhos e a dos despreparados.

BOLA DENTRO E BOLA FORA
O GOVERNO deu uma bola dentro ao escolher a deputada Michelle Melo (PDT) para ser a sua líder na Assembleia Legislativa. E a deputada Michelle deu uma bola fora ao aceitar. Não porque o Gladson tenha flancos e a sua gestão seja um desastre, não é isso, ele é bem avaliado; mas sim pelo fato de que ser líder governista não é bom para quem tem projetos majoritários, porque sua ação vai se limitar a fazer a defesa dos atos governamentais.

ACABOU A INDEPEND NCIA
A ROUPA que a deputada Michelle Melo (PDT) vai vestir no seu mandato na ALEAC, não poderá ser mais a vestimenta do mandato de independência, que teve como vereadora na Câmara Municipal de Rio Branco.

DOIS EXCELENTES LÍDERES
E, ainda por cima, a nova líder Michelle vai ter que desempenhar melhor papel que os ex-líderes Gérlen Diniz e Pedro Longo, que se mostraram firmes nas refregas com a oposição, no plenário da ALEAC.

Ô TURMA PARA GOSTAR DE FAKE
“Viramos o jogo”. Foi a mensagem enviada ainda pela manhã – a votação nem tinha começado – por um fazendeiro bolsonarista ao celular de um colega de imprensa, dando a vitória para o senador Rogério Marinho (PL). Ô turma para gostar de fake!

MARQUETEIRA
A MELHOR marqueteira do Gladson é a mãe Linda Cameli, com suas postagens ferinas na defesa do rebento, que acabam por repercutir forte na mídia.

FRASE MARCANTE
“Corte o pano conforme a roupa”. Ditado vietnamita.

Continuar lendo

Blog do Crica

Após sinalizar apoio a Bocalom, Gladson diz que sua candidata em Rio Branco é Socorro Neri

Publicado

em

O GOVERNADOR Gladson Cameli (foto) em contato hoje com o BLOG DO CRICA, justificou a sua ausência dos debates políticos a ter dado um tempo das confusões por cargos, mas que após a posse dos deputados amanhã, na ALEAC, voltará a se reunir com os deputados e a dará maior celeridade nas nomeações do segundo escalão. Se disse tranquilo para cumprir este segundo mandato. Tem a maioria na Assembleia Legislativa e o apoio unânime dos oito deputados federais.

Perguntado sobre quem apoiará para a prefeitura de Rio Branco, na eleição do próximo ano, foi taxativo: “Meu compromisso é com a Socorro Neri, embora, ela ainda não tenha me dito de forma clara que quer ser candidata a prefeita. Este é um assunto que também deve ser discutido dentro do PP. Quero escutar todo mundo”.

No decorrer do curto diálogo pelo celular, Gladson garantiu que vai falar com cada deputado federal e senador de forma individual. Perguntado se falará com o senador Sérgio Petecão (PSD), disse que será o primeiro procurado, e durante o encontro deve buscar uma reaproximação política entre ambos. “A eleição já acabou”, destacou Gladson.

Sobre a eleição para a composição do próximo diretório municipal do PP, Gladson enfatizou que não vai se meter e deixar a votação livre. Quem já se lançou publicamente a presidente do diretório municipal é a deputada federal Socorro Neri (PP). “Eu gosto de ser dirigente partidário e de organizar partido”, justifica sua decisão.

O novo presidente do diretório municipal do PP é quem vai comandar a eleição do próximo ano. Está oficialmente aberta a porteira da eleição para a disputa da
prefeitura de Rio Branco, no próximo ano.

Continuar lendo

Blog do Crica

Nova legislatura, mas nada de novidade

Publicado

em

COMEÇA AMANHÃ, mais uma legislatura na Assembleia Legislativa, com nada de novo acontecendo na composição da mesa diretora. Haverá apenas uma mexida nas pedras, com uma troca de cadeiras, com os mesmos personagens de hoje. O deputado Luiz Gonzaga (PSDB) deixará de ser o primeiro secretário para ser presidente; e o deputado Nicolau Junior (PP) sairá de presidente para a primeira secretaria. Os demais cargos da mesa serão também distribuídos numa ação entre amigos. A oposição será minoritária no plenário, e a base do governo com maioria esmagadora. E, tudo continuará como antes no quartel do Abrantes.

POSSO ATÉ ERRAR…….MAS….
A FONTE é altamente confiável. Por isso não vou me admirar se o senador Márcio Bittar (União Brasil) acabar votando no Rodrigo Pacheco (PSD) para presidência do Senado. Neste caso, apenas o Alan Rick (União Brasil) votaria na candidatura do bolsonarista Rogério Marinho (PL). Posso até errar… Mas…..

RELAÇÃO PROMÍSCUA
NO MOMENTO que o governo faz contratos milionários com deputados-empresários do setor de mão de obra terceirizada, que atrasam salários dos servidores, transforma uma relação jurídica em relação promíscua.

NINGUÉM SABE QUEM FALA A VERDADE
NO MEIO deste imprensado ficam os funcionários, porque o governo diz que pagou os contratos, não deve nada, e os deputados-empresários que não receberam.

PODEM DESCARTAR
TENHO visto postagens sugerindo o nome do deputado federal Flaviano Melo (MDB), para disputar a prefeitura da capital. Esqueçam, o velho lobo está aposentado.

NÃO VOTA EM PARTIDO
AS ELEIÇÕES no Estado vêm sendo decididas no perfil dos candidatos, e não com base nas siglas a que estão filiados. Eleição majoritária e decidida na empatia entre o eleitor e o candidato. E será assim nas próximas disputas.

ELEIÇÃO NO FUTEBOL
HOJE SE DECIDE quem ganha a presidência da Federação de Futebol do Acre, entre o grupo que faz uma boa gestão e o grupo da oposição. Tende a dar o Toniquim.

MERO CONVESCOTE
JÁ A ELEIÇÃO de amanhã para a composição da nova mesa diretora será de cartas marcadas, haverá apenas a homologação do deputado Luiz Gonzaga (PSDB) para a presidência; e do deputado Nicolau Junior (PP) à primeira secretaria. Ninguém ousou contestar o poder.

DEDO DO CAMELI
A CHAPA tem o dedo a favor do governador Gladson Cameli, o que vai garantir ter uma base de apoio que aprovará até a compra de lotes de terrenos em Marte.

ÚLTIMO SUSPIRO
O ÚLTIMO suspiro do grupo bolsonarista pelo golpismo é a candidatura do senador Rogério Marinho (PL) para a presidência do Senado, mas pelo que dizem os analistas da política nacional, a tendência é dar Rodrigo Pacheco.

TRÊS ERROS FATAIS
O PRESIDENTE Bolsonaro cometeu três erros fatais: ser contra a ciência e a vacina na pandemia; ter brigado com a REDE GLOBO, é tentado humilhar o ministro do STF Alexandre de Moraes. Saiu de brincadeira sem mandato.

NÃO VOTARAM EM MIM
O SENADOR Sérgio Petecão (PSD) diz que recebeu enxurradas de apelos de bolsonaristas para que vote na candidatura do senador Rogério Marinho (PL). “Não votaram em mim, votei no Lula, como é que querem meu voto. Vou de Pacheco?”, ironiza o Petecão.

VELHA LADAINHA
TODA mensagem governamental são peças de elogios pessoais a um governante. A que será enviada amanhã para ser lida na Assembleia Legislativa não deverá fugir à regra.

NÃO EXISTE OUTRO MEIO
OU O GOVERNO do Lula tira todos os garimpeiros da área dos Ianomamis numa grande operação, ou vai continuar o genocídio deste povo indígena. A vista grossa do governo Bolsonaro é que forjou o cenário.

BATEU O DES NIMO
DEPOIS de não eleger o filho Fagner Sales (MDB) a prefeito de Cruzeiro do Sul; da não reeleição da filha e deputada federal Jéssica Sales (MDB) e da mulher e deputada Antônia Sales (MDB) ter sido eleita com uma votação abaixo do esperado, bateu o desânimo no líder do grupo, ex-prefeito Vagner Sales (MDB). Por ele, a filha Jéssica não será candidata a prefeita de Cruzeiro do Sul. Lamenta que a política tenha virado mero negócio financeiro, e por isso quer passar longe de eleição.

GENERAL ELEITORAL
PELA votação expressiva que teve na última eleição na capital, o ex-deputado Ney Amorim (PODEMOS), se candidato à PMRB não for, será um general eleitoral se apoiar alguma das candidaturas a prefeito.

MOTIVO IGNORADO
O MOTIVO não se sabe, apenas é certo que Ney Amorim, antes carne e unha com o deputado Nicolau Junior (PP), estão afastados politicamente. O mesmo ocorre na relação Ney Amorim e Jonathan Donadoni.

PEDRAS FUNDAMENTAIS
A BRIGA de contornos nebulosos será como um muro para impedir o apoio do governo a uma candidatura a prefeito de Rio Branco do ex-deputado Ney Amorim.

EPISÓDIO NEBULOSO
A única coisa que sabe sobre esta briga é pouco, apenas que foi fruto de uma confusão política durante a campanha. Não deve ter sido um fato pouco relevante.

MANDATO ABRE PORTAS
A deputada federal eleita Socorro Nery (PP) aprendeu rápido os caminhos que levam ao poder, em Brasília. Tratou de se aproximar do presidente do PP, senador Ciro Nogueira, com quem dialoga bem. No Distrito Federal, quem fala alto é quem tem mandato.

UMA MÃO LAVA A OUTRA
O PREFEITO de Epitaciolândia, Sérgio Lopes, vai receber emendas parlamentares polpudas do senador Sérgio Petecão (PSD), por ter sido honesto com ele na eleição.

FECHADO EM COPAS
O governador Gladson se fechou em copas após a sua reeleição, ficando mais recluso e evitando dar entrevistas. Gladson Cameli está de melé solto no novo mandato, tem maioria na ALEAC e na Câmara Federal.

DESLUMBRADO COM O PODER
O JORGE VIANA deve estar deslumbrado com a estrutura funcional e financeira da APEX-Brasil. Parece que o único cordão que ainda o liga ao estado é o seu cafezal. Não se conhece dele um movimento, para montar o cenário da eleição para a PMRB, ano que vem.

NÃO EXISTE OBRA MAIS IMPORTANTE
RECUPERAR a rodovia de Rio Branco à Cruzeiro do Sul, não existe luta maior para a classe política do que a empreitada. Parece que enterraram uma caveira de burro nessa rodovia.

FRASE MARCANTE
“A política tem a sua fonte na perversidade e não na grandeza do espírito humano”. Voltaire

Continuar lendo

Acre 01

Blog do Crica: Voto aberto impedirá traições, na eleição da FFAC, pela presidencia da entidade

Publicado

em

PELA PRIMEIRA vez em mais de década teremos, amanhã, uma eleição pelo comando da Federação de Futebol do Acre. As anteriores sempre foram por aclamação do atual presidente Antônio Aquino, o “Toniquim”. O que era para ser uma eleição tranquila envolvendo todos os postulantes do cargo, o presidente Aquino e o deputado Roberto Duarte (União Brasil), virou uma guerra; com acusações contra o grupo da oposição, que vão desde a compra de votos, como pelo oferecimento de cargos no governo para adesão de votos dos presidentes de clubes. Duarte não tem folha de serviços prestados ao esporte, porque nunca ocupou cargo no setor. Já o “Toniquim” tem uma larga folha de realizações. Fez o estádio FLORESTÃO, tijolo por tijolo, sem ajuda de nenhum governador ou prefeito. Não se envolveu em nenhum escândalo financeiro no comando da entidade, e hoje é destaque nacional no futebol na direção da CBF. Com o estádio público Arena da Floresta sucateado por peladeiros e fechado por decisão da justiça; só acontecem jogos do campeonato profissional por causa do FLORESTÃO. Na avaliação de quem vive o futebol acreano por dentro, “Toniquim” é tido como favorito para mais um mandato. A decisão da comissão eleitoral em manter a eleição de amanhã às 17 horas, na sede da entidade, de voto aberto, impedirá as traições de última hora, que sempre acontecem em disputas nestes cenários. Cada um tem que mostrar a cara no voto. Assim, fica mais transparente e democrático.

TUDO DOMINADO
NÃO É PRECISO ter bola de cristal, basta uma olhada nos nomes dos novos deputados eleitos, para fazer uma previsão de que, o debate estará enfraquecido na legislatura preste a começar. Por um ângulo simples: a maioria da nova safra estará no cabresto do governo.

GRANDE NOME
COM AS AUSÊNCIAS de muitos deputados da legislatura que se finda, a oposição para valer, dura, provocativa, que denuncia, estará praticamente no mandato do deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB); que ainda sendo uma voz isolada, dará muito trabalho à base do governo.

ÚLTIMO DOS MOICANOS
O DEPUTADO Edvaldo Magalhães (PCdoB) foi destaque nessa legislatura que se finda na quarta-feira, será uma espécie de último dos moicanos da oposição na ALEAC.

OLHOS VOLTADOS
HÁ MUITA expectativa sobre como se comportará o deputado eleito Emerson Jarude (MDB); se repetirá o mandato independente da Câmara Municipal de Rio Branco, ou se integrará o grupo do amém ao governo.

FORA DA DISPUTA
O DEPUTADO Pedro Longo (PDT) teve uma conversa com o deputado Luiz Gonzaga (PSDB) – candidato á presidência da ALEAC – e confirmou que, ele não será candidato a presidente, mas á vice-presidente.

AÇÃO ENTRE AMIGOS
A ELEIÇÃO de quarta-feira próxima para compor a nova mesa diretora será uma ação entre amigos. O deputado Nicolau Junior (PP) deixará a presidência e irá para a primeira secretaria; e o deputado Luiz Gonzaga (PSDB) pulará da primeira secretaria para a presidência.

O SUJO E O MAL LAVADO
O PT criticou tanto o Bolsonaro por colocar vários episódios do seu governo sobre sigilo funcional; e agora o Lula pôs sob sigilo as festanças da Janja na sua posse.

QUE TURMA TARADA POR GOLPISMO!
VIROU uma tara nos bolsonaristas o golpismo. Tentaram melar a vitória do Lula tramando um golpe militar para lhe derrubar e não conseguiram. Agora tramam pela vitória do senador Rogério Marinho (PL) ser presidente do Senado vislumbrando dar um golpe no STF. Vão perder de novo.

LEI DO SILÊNCIO
O PT impôs a lei do silêncio sobre a ocupação de cargos federais no Estado. O ex-senador Jorge Viana (PT), que é quem vai coordenar o movimento, não dá um pio sobre o assunto e se omite em responder questionamentos.

CIDADE DO TERROR
O NOME que melhor caberia à Cidade do Povo seria hoje o de “Cidade do Terror”, tão rotineiros se tornaram os furtos, roubos, e crimes contra a vida. Os moradores vivem aterrorizados, se calam por temerem serem alvos.

VIROU MODA
TER CAFEZAIS virou moda entre os políticos, a atividade política ficou em segundo plano. Primeiro foi o deputado Jonas Lima (PT), depois o prefeito Mazinho Serafim e o ex-senador Jorge Viana, a cantarem em prosa e verso a imensidão das suas plantações. Agora foi a vez do prefeito Bocalom mostrar seu pujante cafezal.

TÃO CONDENÁVEL
TÃO CONDENÁVEL quanto a cena do vereador José Gilvan (PCdoB) ameaçar “dar porradas” na vereadora Eliane Abreu (PP), por discordâncias políticas; será se o PCdoB o mantiver em seus quadros e a Câmara Municipal do Bujari não o punir, pelo triste incidente.

PERGUNTA TRANSFERIDA
“O QUE LEVOU o deputado José Bestene, com larga folha de serviços prestados ao Estado como secretário de Saúde; parlamentar de vários mandatos, aceitar um cargo de pouca relevância no escalão do governo do Gladson?”. A pergunta foi enviada por um leitor, como não sei responder, transfiro a pergunta ao Zeca Bestene.

LÓGICA DA DISPUTA
NA C MARA Federal pode dar novamente Artur Lira (PP) como presidente; e no Senado, Rodrigo Pacheco (PSD), tende a ser reconduzido ao cargo para novo mandato.

VOTO CERTO
NA BANCADA DE SENADORES do Acre, quem está sacramentado para integrar a bancada de apoio ao governo do Lula, é o senador Sérgio Petecão (PSD).

O DESAFIODA FERNNDA
SE A PREFEITA de Brasiléia, Fernanda Hassem, pudesse ser candidata, por certo ganharia. E craque numa eleição. A questão é que terá que escolher um candidato para apoiar, e na eleição não há nada mais difícil do que a transferência de votos. Fazer seu sucessor é seu desafio.

EXEMPLO DO IRMÃO
A VOTAÇÃO do irmão Tadeu Hassem (REPUBLICANOS) é um exemplo. A sua votação em Brasileia ficou abaixo do esperado. Só se elegeu porque seu cunhado Israel Milani jogou toda sua estrutura para deputado federal para lhe eleger, em outros municípios.

BOLA OU BURICA
MERO ESPECTADOR ou um parlamentar atuante. É a dúvida que fica do bom e combativo vereador Emerson Jarude (MDB), que se elegeu deputado estadual.

LEI DO SILÊNCIO
O JORGE VIANA impôs uma lei do silêncio no PT, em relação sobre quem vai para o DNIT e INCRA. Até ele se recusa a falar sobre o assunto. Até parece que estão em discussão cargos no Reino Britânico.

ADORADORES DO GOLPE
HÁ UMA torcida entre os bolsonaristas pela eleição do senador Rogério Marinho (PL) para a presidência do Senado, sob o argumento de com ele os ministros do ST serão punidos. Vão perder, dará Pacheco. Ô turma para gostar de golpe!

ZONA DE PERIGO
A CIDADE do povo virou a Cidade do Medo. Furtos, roubos, já se tornaram corriqueiros naquela comunidade. Se mata um hoje e deixa o outro amarrado para morrer amanhã.

PROBLEMA DO PT
ELEIÇÇÃO da prefeitura de Rio Branco. Até aqui o PT não tem um nome de peso para colocar como candidato.

FRASE MARCANTE
“Não há nada errado com aqueles que não gostam de política, simplesmente serão governados por aqueles que gostam”. Platão.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.