Conecte-se agora

Gladson deve reunir pecuaristas que se sentiram intimidados pelo Mapa

Publicado

em

O governador Gladson Cameli deve se reunir na tarde desta quarta-feira, 16, com o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Acre (Faeac), Assuero Veronez, e o pecuarista Jorge Moura, que teve sua propriedade alvo de uma operação de fiscalização do Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e Instituto Defesa Agropecuária e Florestal (Idaf) com o apoio do exército brasileiro. O fazendeiro teria reclamando da truculência da operação em trazer homens armados.

LEIA MAIS:

Exército e Mapa fazem operação na fazenda de Jorge Moura e pecuarista se revolta 

Maior produtor de milho do Acre também denuncia ação truculenta do Mapa com apoio do Exército

Ao ac24horas, Cameli afirmou que soube do assunto apenas pela imprensa já que estava participando das agenda oficiais do aniversário de 59 anos do Estado do Acre, comemorado nesta terça-feira, 15. “Eu sei o que vocês sabem. O Assuero me solicitou uma reunião que deve ocorrer na parte da tarde onde trataremos da operação. De antemão, eu não sou a favor de truculência e excessos. Vamos analisar os casos e vermos em como podemos auxiliar”, explicou o governador.

O presidente do Idaf, Francisco Thum, disse que o trabalho da operação Vigia é coordenado pelo Mapa, com acompanhamento do órgão de defesa estadual, e voltado para o combate ao contrabando de produtos veterinários e o comércio de animais, mas também relacionado a ilícitos como roubo de gado na região da fronteira acreana.

O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Acre (FAEAC), Assuero Veronez, lamentou os episódios envolvendo a operação e afirmou que a entidade vai fazer denúncia ao Ministério da Agricultura e ao governo do Acre a respeito dos incidentes. Para ele, não há nenhuma contestação à fiscalização, mas à maneira como os órgãos fizeram o procedimento. “O que nos assusta é essa truculência toda, essa demonstração de força, com um caminhão de soldados do Exército muito bem armados, claramente com o objetivo de intimidar e de constranger, numa atitude desnecessária porque não estava havendo nenhuma posição do proprietário de impedir qualquer ação do Poder Público, que tem legitimidade para tal”, disse Veronez.

Em nota, o Ministério da Agricultura informou que as fiscalizações no estado estão ocorrendo de maneira simultânea, com apoio do IDAF, da Polícia Civil e do Exército Brasileiro, e que se trata de uma ação rotineira com o objetivo de coibir o comércio de animais silvestres e uso de defensivos agrícolas e produtos veterinários irregulares contrabandeados dos países vizinhos. Quanto à presença do Exército nos trabalhos de fiscalização, o Ministério da Agricultura diz que a medida é necessária por se tratar de região de fronteira, onde há a possibilidade de conflitos e a presença do tráfico de drogas e armas, esclarecendo que não há o objetivo intimidar produtores rurais, sendo isso explicado aos proprietários na chegada da fiscalização.

Acre

Matriarca da família Sales, Altiva Rodrigues morre em Brasília

Publicado

em

Em Brasília, nesta segunda-feira, 02, faleceu no Hospital Santa Lúcia, a matriarca da família Sales, Altiva Rodrigues Costa, 90 anos, vítima de um colapso no coração.

Dona Altiva é mãe do secretário municipal de Meio Ambiente, Normando Sales. Ela deixa 26 netos, nove bisnetos nascidos e dois a caminho.

A informação foi confirmada em nota publicada pela prefeitura de Rio Branco, assinada pelo prefeito Tião Bocalom (Progressistas).

“Toda a equipe da Prefeitura de Rio Branco lamenta a perda da matriarca da família Sales. Que Deus conforte a família e os amigos neste momento de dor e sofrimento”, diz em nota.

Continuar lendo

Acre

Agosto será marcado por chuva acima do normal e friagens no Acre

Publicado

em

Foto: Sérgio Vale/ac24horas

Segundo o portal ClimaTempo, apesar de ser o mês mais seco do ano na maior parte do país, agosto traz previsão um pouco diferente dessa tendência: choverá acima do normal no norte do Paraná, Mato Grosso do Sul, grande parte do Sudeste, Rondônia, Acre e Amazonas.

São previstas a passagem de três frentes frias neste mês de agosto. Uma por volta do dia 5, outra na virada da quinzena e uma terceira na última semana. Até o momento os modelos indicam que a primeira frente fria deve provocar mais chuva e a segunda deve trazer uma massa de ar frio mais intensa.

Devido ao avanço dessas novas massas de ar frio, agosto vai ser mais frio do que o normal em toda a Região Sul, São Paulo, Rio De Janeiro, metade sul de Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, leste de Mato Grosso, Rondônia, Acre e parte do Amazonas.

A chuva diminui de intensidade em relação ao mês anterior. A temperatura fica estável na maior parte da Região. Entre Manaus e Belém a chuva ainda deve vir de forma frequente, impedindo que a temperatura suba de forma mais significativa na região.

Entre Rondônia, Acre e o sul do Amazonas, são esperados dois episódios de friagem ao longo do mês, um na segunda e outro na terceira semana do mês. O último deve ser mais intenso e extenso.

Continuar lendo

Acre

Mestre Juca do Taekwondo morre vítima da Covid-19 aos 62 anos

Publicado

em

Um dos maiores nomes da história das artes marciais no Acre é mais uma vítima da Covid-19. José Carlos Gomes Guimarães, ou Mestre Juca, como era conhecido, morreu na madrugada desta segunda-feira, 2, após mais de 10 dias internado em um UTI do Into.

Mestre Juca se notabilizou por ser precursor do Taekwondo no Acre. Foi quem trouxe o esporte para o Acre em 1989, tendo participado com atleta e professor de lutadores de centenas de competições ao longo de sua vida. Além de professor, era também instrutor de segurança pessoal da Secretaria de Segurança Pública no Acre desde o ano de 2019.

Natural de Brasília, Mestre Juca morava no Acre há mais de 30 anos, onde ganhou o respeito e admiração de centenas de alunos que teve ao longo de sua trajetória profissional.

Logo após o anúncio de sua morte, as redes sociais foram inundadas de mensagens de despedida ao Mestre Juca. O chargista Enilson Amorim foi um dos que homenageou o amigo.

“A última vez que encontrei Guimarães foi quando esteve em minha casa para me solicitar que escrevesse sua história. Naquele bate-papo entre amigos, nos alegramos em reviver aqueles bons tempos, ele como meu Mestre e eu como seu aluno. Porém, eu não sabia que seria uma despedida entre amigos. Agora, eu sei nobre Mestre, que tenho esta grandiosa missão, afinal de contas vossa imagem, nunca se apagará da memória do povo acreano. Juca deixa esposa, filhos e um grandioso número de admiradores por todo o Brasil, principalmente no Acre, terra que ele escolheu viver e fazer amigos”.

Continuar lendo

Acre

Morre o Gouveião, funcionário aposentado da Aleac, aos 77 anos

Publicado

em

Neste domingo, 01, morreu, vítima de câncer no pulmão, Cleomar Freire Gouveia, conhecido como Gouveião.

Gouveião tinha 77 anos e era conhecido por ter sido por muitos anos diretor geral do Parlamento acreano, perdendo o posto em 1999 para o então Senador da República, Sérgio Petecão.

Tio da Conselheira do Tribunal de Contas, Naluh Golveia, Gouveião era torcedor do Clube Juventus e estava internado há mais de uma semana no Hospital Santa Juliana.

Fato curioso é que sua falecida esposa também morreu num domingo.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas