Conecte-se agora

Criminosos roubam caminhonete do Conselho Tutelar e conselheiros são feitos reféns

Publicado

em

Dois Conselheiros Tutelares e um motorista passaram momentos terror na tarde desta quarta-feira, 2, após serem roubados e mantidos em cárcere privado em uma residência localizada no bairro Wilson Ribeiro, na região do Calafate, em Rio Branco.

Segundo informações da polícia, as vítimas se deslocaram em uma caminhonete modelo Amarok, de cor prata, placa NAC-0076, até ao bairro Wilson Ribeiro para fazer uma verificação de uma criança em uma residência quando sete homens não identificados, membros da facção Comando Vermelho, anunciaram o assalto, roubaram a caminhonete e o celulares das vítimas, e em seguida, os fizeram reféns dentro de uma casa durante quase três horas.

A polícia relatou ao ac24horas, que durante o intervalo de tempo em que os criminosos mantinham as vítimas reféns, quatro membros do CV se deslocaram na caminhonete roubada até o bairro Taquari, na rua do Passeio, e feriram um jovem a tiros, em seguida, fugiram do local com destino a região do Calafate.

A guarnição do GIRO que estava em patrulhamento na região, recebeu uma denúncia via Ciosp de que a caminhonete roubada estava trafegando pelo bairro Wilson Ribeiro, os policiais avistaram o veículo com quatro criminosos e fizeram um acompanhamento. Quando os bandidos perceberam a aproximação da guarnição do GIRO, os criminosos pararam a caminhonete e entraram correndo em uma área de mata. Foi feito um cerco na região e os policiais conseguiram prender dois faccionados em posse de uma pistola (ponto 40), com três munições e 1 revólver calibre 32. Os outros dois bandidos conseguiram fugir na área de mata.

A guarnição policial se deslocou até a residência e encontraram as vítimas que estavam sendo mantidas reféns.

Diante dos fatos foi dada voz de prisão e os criminosos, juntamente com a caminhonete roubada e as armas de fogo foram encaminhados à Delegacia de Flagrantes (Defla) para os devidos procedimentos.

Cotidiano

Gerlen Diniz pede investigação em gastos da prefeitura de Sena Madureira

Publicado

em

O deputado Gerlen Diniz (Progressistas) pediu fiscalização na prefeitura de Sena Madureira durante a sessão virtual da Assembleia Legislativa nesta quarta-feira, 16.

De acordo com o parlamentar, a principal avenida da cidade foi gasto R$1 milhão para revitalização. “Se for ver, tem uma piscina no meio e o mesmo se deu com o porto, construído sobre areia”, disse. Essa obra, diz Gerlen, custou R$500 mil.

Ele disse ter visto a carta encaminhada pela prefeitura à empresa que realizou a obra do porto “quase pedindo desculpas”, lamentou.

A reforma na prefeitura nunca teve placa de informação, mas chegou a ele a notícia de que custou R$170 mil.

“Precisamos que Ministério Público vá a Sena Madureira, Tribunal de Contas também”, disse.

“Sena Madureira não aguenta mais”, completou, criticando também o inchaço da máquina pública, cujo objetivo é controlar o voto das pessoas. “O recurso está sendo dragado.
A cidade está esburacada e a culpa é sempre de terceiros. Os trabalhadores sofrem com o peleguismo sindical. Sindicato virou puxadinho da prefeitura”, denunciou o progressista.

Continuar lendo

Cotidiano

Jenilson Leite propõe isentar de ICMS aquisição de calcário, NPK e implementos

Publicado

em

O deputado Jenilson Leite (PSB) comentou durante sessão virtual da Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (16) sobre os projetos de lei que reduzem ICMS na aquisição de calcário, NPK e implementos agrícolas usados na produção rural do Estado do Acre.

“Precisamos entender que a potencialidade agrícola do Acre só tem condições de aumentar a produtividade se houver incentivo ao setor produtivo”, disse Leite, defendendo a pequena e a grande propriedade.

“Todos precisam de apoio e é possível ganhar na isenção com aumento da produção. Mas não podemos transformar o Acre numa luta de grandes e pequenos”, disse, referindo-se à fiscalização federal na fazenda de Jorge Moura.

Continuar lendo

Cotidiano

Edvaldo pede que Aleac acelere análise dos vetos à lei que contrata médicos formados no exterior

Publicado

em

O deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) solidarizou-se nesta quarta-feira (16) sobre o veto parcial ao projeto de lei que possibilita ao Estado e prefeituras contratar médicos formados no exterior durante o período da pandemia.

“As razões do veto são questionáveis”, disse Edvaldo, destacando que foi dado um passo com votação unânime na Aleac visando atender a população com médicos neste período desafiador.

O veto restringe a proposta, mas não a inviabiliza. “Nós precisamos dar o passo seguinte porque o tempo joga a favor da morte”, afirmou.

O veto, disse o parlamentar, é focado em emendas do deputado Roberto Duarte (MDB) sobre as letras C e D.

De acordo com Magalhães, o chamamento em edital, se não preenchida as vagas, cria a ordem de convocação. “São várias as prefeituras que estão a aguardar a convocação desses profissionais”.

Ele pediu agilidade na composição da comissão de análise dos vetos.

Continuar lendo

Cotidiano

PL que determina custeio do tratamento de animais maltratados avança na Aleac

Publicado

em

Em reunião conjunta nesta quarta-feira (16), as Comissões de Constituição e Justiça, Legislação Agrária e Meio Ambiente da Assembleia Legislativa, aprovaram o projeto de lei número 70, de autoria do deputado Roberto Duarte (MDB), que impõe aos autores de maus-tratos a animais o pagamento do tratamento da saúde dessas vítimas. O relator do PL, deputado Pedro Longo (PV), recomendou a aprovação do texto.

Outro projeto de lei aprovado nas Comissões retira exigência de licença ambiental para extração da piçarra que será usada na manutenção da malha viária do Estado do Acre. O deputado Daniel Zen (PT) votou contrário, pedindo que essa medida fosse substituída pelo rito sumário no licenciamento.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas