Conecte-se agora

Mulher morre após o parto em Marechal Thaumaturgo, que fica até 15 dias sem médico

Publicado

em

Suzete Mendes, 31 anos, morreu nesta sexta-feira, 28, depois de dar à luz na Unidade Mista de Saúde de Marechal Thaumaturgo, que é de responsabilidade da secretaria Estadual de Saúde (Sesacre). A mulher havia sido encaminhada para Cruzeiro do Sul por problemas na gestação, mas voltou para o município e faleceu . A criança sobreviveu.

O prefeito do município, Isaac Piyãko, cita que há muitos problemas na Unidade Mista de Saúde, que fica sem médicos por até 15 dias. “Muitas vezes as pessoas nem esperam pelo Tratamento Fora do Domicílio (TFD) e bancam a viagem ou a prefeitura garante. O problema é que também não tem como levar os pacientes de avião porque a pista do aeródromo está fechada, o Rio Juruá está seco e as viagens de barco levam um dia. É um sofrimento”, relata.

O aeródromo foi fechado em novembro do ano passado pela Agência Nacional de Aviação Civil- ANAC devido às más condições da pista. Quando o Rio Juruá está cheio a viagem de voadeira demora cerca de 8 horas até Cruzeiro do Sul. Neste período de pouca água no rio a viagem só é feita em barcos de rabeta, que demora até 24 horas.

Piyãko destaca que as obras de recuperação da pista, executadas pelo governo do Estado, estavam paradas e foram retomadas em ritmo lento. A falta da pista, de acordo com ele, ocasiona vários problemas.

“Os médicos não querem vir para cá por medo do isolamento. A falta da pista gera até falta de dinheiro nos bancos e correspondentes bancários e dificuldades para a troca de guarnições das polícias. Estamos abandonados pelo governo do Estado e vamos enfrentar muitas dificuldades neste verão”, desabafa o prefeito.

O município de Marechal Thaumaturgo, com 19.299 habitantes, fica no Alto Rio Juruá, na fronteira com o Peru. Não tem ligação terrestre com nenhuma cidade do Acre e os meios de acesso são pelo Rio Juruá ou de avião . Mas sem a pista de pouso para os pequenos aviões que faziam linha para Thaumaturgo, agora somente helicópteros podem chegar até o município. O helicóptero do governo do Estado faz o transporte de pacientes em casos de emergência.

Quanto ao aeródromo, o gerente do Deracre de Cruzeiro do Sul, Luciano Oliveira, relata que as obras não pararam e só ficaram mais lentas por causa do baixo volume de águas no Rio Juruá, por onde o material de construção é transportado. Ele acredita que este ano, o aeródromo deverá ser liberado. “O Rio Juruá se comporta de um jeito até Porto Walter e de lá até Thaumaturgo, de outro jeito mas nós vamos seguir transportando os insumos até que a pista esteja pronta e creio que este ano vamos concluir tudo”, conta.

O outro lado

Sobre a denúncia de que o município de que a Unidade Mista Marechal Thaumaturgo fica 15 dias sem médico, Catiana Rodrigues da Silva, chefe da coordenação regional de saúde do Juruá, Tarauacá e Envira, explica que a unidade não fica desassistida, pois conta com uma equipe de enfermagem de plantão que atua 24 horas.

Esclarece que mesmo com algumas dificuldades, a unidade vem mantendo a escala com o mínimo possível de dias sem médico. Atualmente 2 profissionais atuam no local.

A chefe de saúde cita que, “quando a unidade está sem médico, toda a demanda de pacientes que necessitam de atendimento médico de urgência e emergência é regulado pelo Samu, com o apoio do helicóptero que o governador Gladson Cameli deixou disponível para atender os pacientes de Marechal Thaumaturgo e Porto Walter”.

Na rede

Ato contra Bolsonaro reúne poucas pessoas em Cruzeiro do Sul e deputado ironiza: “Poucos gatos pingados”

Publicado

em

Dezenas de pessoas saíram às ruas na manhã deste sábado (19) em Cruzeiro do Sul, em protesto contra o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e em defesa da vacinação contra a Covid-19. Os atos são pacíficos e ocorrem em todo o país.

Os cruzeirenses presentes no ato, fazem parte de movimentos pessoais e de partidos considerados de esquerda, voltaram a pedir o impeachment do militar, mais vacinas contra a Covid-19 e protestaram contra a alta dos preços dos combustíveis e dos alimentos.

O deputado estadual Roberto Duarte Júnior (MDB), adepto do presidente da República, Jair Bolsonaro, ironizou a presença de poucos manifestantes nas ruas da segunda maior capital do país. “Os discursos mentirosos da militância de esquerda não enganam mais o povo. Em Cruzeiro do Sul, dois gatos pingados num manifesto fracassado contra o presidente Bolsonaro”, declarou.

Os mobilizadores da manifestação na capital informam que haverá caminhada da Gameleira até o Palácio Rio Branco às 15h do sábado, 19 de junho. O movimento ‘fora, Bolsonaro’, segundo a Central Única dos Trabalhadores, se manifestam no sábado também pelo auxílio de R$ 600, contra a miséria, mais investimentos no Sistema Único de Saúde (SUS) e por geração de empregos.

Na capital Rio Branco, a concentração inicial do protesto anti-Bolsonaro está marcada para às 16 horas no Calçadão da Gameleira, no centro da cidade.

Continuar lendo

Na rede

Gladson assina ordem de serviço para reforma do Centro de Meio Ambiente em Cruzeiro do Sul

Publicado

em

Em solenidade nesta sexta-feira (18), o governador Gladson Cameli (Progressistas) autorizou a reforma e ampliação do Centro Integrado de Meio Ambiente (CIMA) de Cruzeiro do Sul.

A nova estrutura está orçada no valor de R$ 992,1 mil e conta com investimento proveniente da fase II do Programa de Desenvolvimento Sustentável do Acre (PDSA), do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e da atual sede do Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac).

O chefe do executivo pediu à sua equipe que não atrapalhe a vida das pessoas, haja vista que, o lema do governo é desburocratizar. “Esse Centro Integrado é mais uma prova disso. Além disso, vamos ganhar agilidade e trazer economia para aqueles que procuram os serviços do Estado. Muito em breve, estaremos inaugurando essa obra”, declarou.

Israel Milani, secretário de meio ambiente, disse que a obra era um anseio da população e que será realidade na atual gestão. “O governador nos deu a missão de destravar as políticas ambientais do nosso estado e é isso que estamos fazendo dentro da legalidade. Com esse Centro Integrado, o morador da zona rural terá acesso a emissão de licenciamentos ambientais, regularização fundiária, autorga de água, Cadastro Ambiental Rural e Programa de Regularização Ambiental, entre outros serviços”, garantiu.

Segundo informações da assessoria do governo, com o CIMA, a maioria dos serviços realizados somente em Rio Branco serão descentralizados e oferecidos em Cruzeiro do Sul, beneficiando todos os municípios do Vale do Juruá.

Continuar lendo

Na rede

Cruzeiro do Sul recebe secretários de todo Acre para debater saúde básica nos municípios

Publicado

em

Nesta sexta-feira, 18, foi realizado em Cruzeiro do Sul, no Teatro dos Náuas, o Seminário de Fortalecimento da Atenção Primária em Saúde. O encontro reuniu secretários de saúde de todos os municípios acreanos, além de profissionais da área de saúde, e teve por objetivo principal debater o primeiro atendimento, que é a porta de entrada do Sistema Único de Saúde (SUS).

A Atenção Primária corresponde ao primeiro nível de atenção em saúde. São ações que previnem e protegem, gerando – na maioria das vezes – diagnóstico e tratamento. E através da prática da universalidade das ações de saúde é possível garantir o acesso e a continuidade do cuidado.

Para o secretário de saúde e presidente do COZEMS – AC, Agnaldo Souza, o encontro é importante para fazer o SUS chegar a todos os lugares: “Esse é o momento de planejarmos para melhorar o SUS e levar saúde a todos os lugares. E para isso, precisamos respeitar as particularidades de cada município para que possamos desenvolver a Atenção Primária do jeito que se deve, fortalecendo toda nossa rede de saúde”, disse Agnaldo.

O prefeito Zequinha Lima esteve no evento e parabenizou a iniciativa: “Quero parabenizar o conselho, por parar um dia e planejar as ações da Atenção básica de saúde”. “E seguiu: “Os desafios são enormes, ainda mais com a pandemia. Por isso, é preciso traçar estratégias para saber onde podemos melhorar e o que temos que mudar para garantir maior qualidade no atendimento a nossa população”, disse o gestor público.

Para o presidente do CONASEMS, Wilames Freire – que também esteve no evento – o momento é de compartilhar experiência: “Queria agradecer o convite de estar aqui falando de Atenção Primária. É muito importante termos momentos assim, precisamos compartilhar experiências e conhecimentos”. E continuou: “É fundamental ouvirmos uns aos outros e trabalharmos muito para melhorar cada vez mais nossa Atenção Primária. É para isso que estamos aqui. Tenho certeza que será um encontro muito produtivo”, afirmou

O Seminário de Fortalecimento da Atenção Primária de Saúde é uma realização do Conselho dos Secretários Municipais de Saúde do Estado do Acre (COSEMS -AC) com apoio do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS) e da Prefeitura de Cruzeiro do Sul.

Continuar lendo

Na rede

Menino 11 anos realiza sonho de voar de helicóptero no Acre

Publicado

em

Esta sexta-feira, 18, nunca será esquecida pelo estudante e agricultor Riquelme da Silva, de 11 anos, morador da zona rural do município de Rodrigues Alves. Ele esteve em uma cidade pela primeira vez e realizou o sonho de voar em um helicóptero, o que foi proporcionado por dois empresários de Cruzeiro do Sul depois que viram um vídeo do menino brincando com uma aeronave que ele fez de palma (um tipo de madeira que tem na mata) perto de onde ele mora. “Tenho o sonho de voar de helicóptero e ser mecânico “, contou Riquelme no vídeo.

Tudo foi possível graças à coordenadora escolar, Camila Saraiva, que foi à casa de Riquelme entregar as tarefas escolares. Ela encontrou o menino brincando com um helicóptero de malva com hélices e luzes funcionando, que ele mesmo fez usando um motor de DVD e uma lâmpada de lanterna. Ela gravou o vídeo, divulgou nas redes sociais e buscou em Cruzeiro do Sul, parceiros para que o menino pudesse voar de verdade.

“Eu o achei tão inteligente com aquela aeronave funcionando que decidi que ele iria sim realizar o sonho de voar. Aí lembrei do Euso, que conseguiu tudo a custo zero com o Papito e o Thiago, que tem uma empresa com a aeronave em Cruzeiro do Sul. Eu só tenho a agradecer por esse dia que nunca será esquecido por Riquelme”, explica a coordenadora.

O menino chegou ao local do voo junto com a mãe, Maria de Fátima, e Camila, e ao contrário da genitora não demonstrou nervosismo na hora do voo. Depois que desceu da aeronave, ele disse que realizou um sonho. “Ver tudo lá de cima é bom demais. Não tive medo não e quando eu crescer quero ser piloto de helicóptero, carro e moto”, contou tímido o menino de poucas palavras.

Os empresários que patrocinaram o voo panorâmico em Cruzeiro do Sul desejaram boa sorte a Riquelme. “Eu me vi nele porque gostava de construir coisas como ele. Fiz o que ninguém pôde fazer por mim e espero que ele cresça e possa fazer por alguém”, citou Euso. “Que ele tenha sucesso na caminhado”, desejou Papito para o menino agricultor e sonhador Riquelme.

Veja o vídeo:

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas