Conecte-se agora

Sem vacina contra a Covid-19, alunos de saúde da Ufac não podem realizar estágio

Publicado

em

Mais de 100 alunos dos cursos de enfermagem, saúde coletiva, psicologia e nutrição da Universidade Federal do Acre (Ufac) estão vivendo uma situação dramática devido aos critérios de escolha da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) de Rio Branco em relação à vacinação contra a Covid-19, na capital.

Em março, o secretário municipal de saúde, Frank Lima, enviou um documento às instituições explicando os novos critérios para vacinação dos estudantes da área de saúde contra o novo coronavírus em Rio Branco.

O documento contém quatro critérios:

1- a solicitação da vacinação cabe à instituição de ensino que deverá enviar planilha padrão à Semsa;

2 – só podem estudantes que estejam realizando o estágio em Hospital, Unidade Básica de Saúde, Clínicas e Laboratórios da rede pública;

3 – por um período não inferior a 90 dias;

4 – os alunos têm que estar matriculado no último período do curso.

No entanto, os alunos dos cursos citados acima estão com dificuldades, já que o regulamento da Universidade Federal do Acre (Ufac) só permite a realização dos estágios supervisionados daqueles que forem imunizados contra o vírus.

Em ofício à Semsa, a pró-reitora de educação da Universidade Federal do Acre (Ufac), Ednaceli Abreu Damasceno, pediu que o secretário reconsiderasse os itens 2, 3 e 4 para a vacinação dos alunos.

“Em relação ao item 2, as disciplinas de estágio supervisionado nos cursos de saúde estão suspensas aguardando que os alunos possam ser vacinados para que eles não corram o risco de se infectar com o vírus antes de tomar a vacina. Em relação ao item 3º esclarece que as disciplinas de estágio possuem cargas horárias diferenciadas e que o estabelecimento de no mínimo de 90 dias de estágio não condiz com a realidade de todos os cursos da área de saúde da instituição. Em relação ao item 4º, as disciplinas de estágio supervisionado se encontram nos últimos períodos dos respectivos cursos, ou seja, no 7º e 8º. Essas turmas fazem os dois estágios seguidos, portanto, exigir que estejam no último período, não condiz com a realidade da estrutura curricular dos cursos de graduação”, afirmou.

Em resposta à UFAC, a gerente do departamento de Vigilância Epidemiológica e Ambiental da Semsa, Socorro Martins, afirmou que a secretaria está impossibilitada de atender os pleitos da Universidade Federal do Acre (Ufac) devido a falta de envio de novos imunizantes para os profissionais de saúde.

Enquanto isso, os alunos vivem um impasse, já que sem a vacinação, eles não podem realizar o estágio supervisionado e consequentemente se formarem.

Uma aluna do curso de enfermagem, que não quis se identificar, criticou a falta de isonomia em relação à vacinação contra à covid-19. Ela citou o caso dos alunos do 6º período de medicina da Ufac que foram vacinados contra à Covid-19 que nem começaram o estágio supervisionado, em detrimento dos alunos da área de saúde que estão no 7º ou 8º período sem realizar o estágio devido a falta da vacina contra o vírus.

“Em todas as respostas foram criadas regras novas, que não foram cumpridas anteriormente para os alunos das particulares ou até mesmo de medicina da Ufac se vacinarem. 2021 vai ser o segundo ano sem profissionais da enfermagem formados pela Ufac. A instituição só autoriza se tiver vacina, a prefeitura só autoriza vacinar se a gente já tiver no estágio, e vivemos esse ciclo”, lamentou a estudante.

Cotidiano

Pais acionam MPF para que UFAC adote providência para início das aulas no Colégio de Aplicação

Publicado

em

Um grupo de pais de alunos do Colégio de Aplicação (CAP), da Universidade Federal do Acre (UFAC), procurou o Ministério Público Federal (MPF) pedindo providências para o início das aulas no colégio que atende crianças e adolescentes.

Os pais de alunos do CAP informaram ao MPF que as aulas do corrente ano ainda não foram retomadas. O atraso, segundo a direção do CAP, decorre da não conclusão de obras que estão sendo realizadas no prédio da escola.

De acordo ainda com os pais, a direção do colégio informou, no último dia 5 de maio, que as aulas seriam retomadas no dia 16. Contudo, a retomada não foi possível em razão de atraso na conclusão das obras. Em razão disso, os pais foram comunicados, no dia 13 de maio, que as aulas seriam retomadas no prédio da FAAO, porém sem indicação de data.

Os pais alegam que temem pela perda do ano letivo pelos alunos. Um outro fator é que muitos pais sentem-se prejudicados pela mudança de prédio, dada a considerável distância entre o prédio que atualmente funciona o colégio de aplicação e o prédio da faculdade FAAO. A direção não informou a previsão de conclusão da obra do prédio.

Após a ida dos pais ao MPF, a UFAC chamou os responsáveis pelos alunos para uma reunião nesta última terça-feira, 24, e informou que os alunos do ensino médio vão estudar de forma emergencial no Centro de Convenções. Já os alunos do 6º ao 9º anos vão estudar de forma remota. As crianças do Pré II ao 5º ano vão ficar sem estudar por tempo indeterminado. O anunciou revoltou diversos pais. “Até agora as crianças não estão estudando após 2 anos de pandemia. Alegam que o prédio está com problema de estrutura, mas tiveram todo o tempo do mundo para resolver isso, já que como disse, são dois anos que não tem aulas no local”, afirma Cristiane Cunha, mãe de aluno.

A reportagem procurou a assessoria da UFAC, ainda na manhã desta quarta-feira, que se comprometeu a enviar uma nota ao ac24horas, mas até o fechamento do material não se pronunciou.

Continuar lendo

Cotidiano

Venezuelanos detidos no Acre com mais de 4 kg de cocaína líquida

Publicado

em

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu nesta quarta-feira (25) 4,36 quilos de cocaína diluídos em frascos de óleo de coco. Dois venezuelanos que viajavam no ônibus abordado na BR-317 foram identificados como donos da droga e levados à Polícia Federal.

O ônibus vinha da região de fronteira para Rio Branco quando foi parado pela PRF para procedimento de fiscalização de rotina. Durante a vistoria das bagagens e conversa com os passageiros, foram encontradas 5 embalagens de óleo de coco, contendo a cocaína líquida.

Em outra operação, a PRF prendeu um homem que portava, sem autorização um revólver calibre 38 e 11 munições. O número de identificação da arma estava raspado, e o homem foi levado para a Delegacia de Polícia Civil do Bujari, município da ocorrência.

Continuar lendo

Cotidiano

Sem novos casos ou mortes por Covid, Acre tem quase 123 mil curados da doença

Publicado

em

O estado do Acre segue sem confirmar nenhum novo caso ou morte por infecção da Covid-19 há mais de duas semanas. Nesta quarta-feira, 25, a Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), por meio do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), informou que o número de infectados é de 124.974 em todo o estado. Nenhum óbito foi notificado nesta quarta, fazendo com que o número oficial de mortes por covid-19 permaneça em 2.002 em todo o estado.

Até o momento, o Acre registra 327.267 notificações de contaminação pela doença, sendo que 202.276 casos foram descartados e 17 exames de RT-PCR seguem aguardando análise do Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen). Pelo menos 122.930 pessoas já receberam alta médica da doença, sendo que 2 seguiam internadas até o fechamento deste boletim.

Os dados da vacinação contra a covid-19 no Acre podem ser acessados no Painel de Monitoramento da Vacinação, disponível no endereço eletrônico: http://covid19.ac.gov.br/vacina/inicio. As informações são atualizadas na plataforma do Ministério da Saúde (MS), ficando sujeitas a alterações constantes, em razão das informações inseridas a partir de cada município.

Continuar lendo

Cotidiano

SEPLAG divulga processo seletivo para a contratação de estagiários no Estado

Publicado

em

A Secretaria de Planejamento e Gestão do Acre (Seplag) publicou na última segunda-feira, 23, o edital do processo seletivo para a seleção de estagiários de 22 cursos superiores, para atender as necessidades do Governo do Estado, no âmbito da Administração Direta e Indireta do Poder Executivo Estadual.

As inscrições serão realizadas Exclusivamente na Web, partir das 00h do dia 25 de maio, até as 23h59 do dia 10 de junho. Para participar é preciso enviar no e-mail [email protected], a seguinte documentação:

Curriculum Vitae; Ficha de Inscrição (anexo I); Cópia RG e CPF; Declaração de Matrícula da Instituição de Ensino; histórico escolar que conste as notas/menções referente o 2º semestre de 2021; Cópia de Comprovante de Endereço atualizado e, se aplicável, a declaração de insuficiência de renda.

A iniciativa será realizada por meio do Instituto Euvaldo Lodi – IEL, para os cursos de Administração, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Arquitetura e Urbanismo, Ciências Contábeis, Ciências Biológicas, Ciências Econômicas, CST em Gestão Pública, CST em Processos Gerenciais, CST Gestão de Recursos Humanos, CST em Rede de Computadores, Comunicação Social, Gestão da Tecnologia da Informação, Direito, Engenharia Civil, Jornalismo, Publicidade e Propaganda, Serviço Social e Sistemas de Informação.

Com carga horária semanal de 20 ou 30 horas, e diária de 4 ou 6 horas, os estudantes receberão auxílio-bolsa de R$ 400,00 a R$ 600,00. A média global das notas obtida será critério de classificação para ingressar no estágio. Estar frequentando efetivamente o curso, não estar cursando o último período e ter idade mínima de 16, fazem partes dos requisitos específicos exigidos para a seleção.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!