Conecte-se agora

Cruzeiro do Sul oferece atendimento psicológico e social para pacientes pós Covid-19

Publicado

em

Um dos efeitos colaterais gerados pela pandemia do Covid-19 são os danos psicológicos e sociais que resultam da doença. Internações, óbitos, isolamento, ansiedade e pânico, insegurança alimentar e econômica, são alguns dos problemas que surgem a partir da pandemia.

Foi prestando a atenção aos aspectos sociais e psicológicos da doença que a secretaria municipal de saúde de Cruzeiro do Sul instituiu desde fevereiro, na Ouvidoria da SEMSA (PAM), um setor específico para este tipo de atendimento.

O papel institucional da Ouvidoria é o recebimento de reclamações e sugestões, a ouvidoria passou a atender diariamente aos pacientes COVID e familiares.

A equipe conta com psicólogos e assistentes sociais. Diariamente a rede de assistência recebe a lista de pacientes da clínica médica, UTI e óbitos, através da qual a psicóloga faz o contato por telefone. As ações são coordenadas por um assistente social. “O papel da ouvidoria é ser um canal entre o cidadão e a gestão, no entanto devido à gravidade da pandemia, por determinação da administração, temos oferecido esses serviços a mais para os pacientes COVID e seus familiares”, explica o Caio Farias coordenador.

Um dos serviços prestados é o tele atendimento psicológico a familiares de pessoas em UTI e óbitos. O medo da doença gera situações quase tão graves quanto o contágio pelo vírus. “A pandemia gera situações de medo e pânico, e muitas vezes a pessoa não consegue sair de casa para pedir ajuda. Temos situação de ansiedade em que um processo nervoso ataca à respiração, de modo semelhante à doença”, explica a psicóloga Lusiane Casemiro.

Também não são poucos os casos em que a doença gera um abalo financeiro sobre toda família. Em um dos casos citados por Lusiane, uma paciente que acabou de ganhar bebê, teve a doença e precisou ser internada. O bebê recém-nascido teve que ficar com o pai, que não pôde mais ir trabalhar. Nesse caso, a ouvidoria aciona a rede de assistência social da prefeitura para que a família seja assistida com auxilio através de cestas básicas, por exemplo.

Os casos mais difíceis de lidar são os óbitos. A prefeitura tem um serviço de auxilio funeral.. Além disso é realizado também um acompanhamento psicológico do luto dos familiares.

Muitas vezes as pessoas têm de lidar com a própria doença, com óbitos na família e os impactos econômicos e sociais da pandemia.
Este foi o caso da agente comunitária de saúde, EIizabeth dos Santos. Todos seus familiares residentes na mesma casa tiveram a COVID, e seu filho André Luís, 36, infelizmente veio a óbito. “Entrava em pânico todas as manhãs. Agonia e mal estar. Não conseguia me controlar. Durante as crises, a psicóloga Dra. Lusiane conversava comigo por telefone, por meia hora ou mais, e me ajudou na fase aguda”, conta.

As pessoas têm buscado o consolo na fé religiosa, um aspecto que é levado em consideração pela psicóloga Lusiane como um importante auxílio para as pessoas em circunstâncias de agravamento da doença e óbito.  “Procuro reforçar e incentivar o lado espiritual das pessoas. Isso dá força para enfrentar essas situações graves”, explicou.

O contato com a Ouvidoria da SEMSA pode ser feito através dos números 3322-5000 e 3322-5753.

Redução de casos e Posto Mão Amiga

Segundo o secretário municipal de saúde, Dr. Agnaldo Lima, graças aos esforços tanto dos servidores em saúde, quanto da população que tem buscado atender aos apelos de adesão às medidas de isolamento, a pandemia tem dado sinais de recuo em Cruzeiro do Sul.

Na comparação entre os meses de março e abril, houve queda significativa. Após o pico de 48 casos no dia 23 de março, no dia 21 de abril, houve apenas 8 novos casos registrados da doença. Neste mesmo dia, a UTI COVID teve apenas três pacientes de Cruzeiro do Sul de um total de 17 internados.

A vacinação também já começa a surtir efeito. Nos últimos dias houve uma diminuição de entrada de pacientes em estado grave na faixa etária acima de 60 anos.

Outro ponto crucial para reduzir o número de internações foi o atendimento inicial, no Posto Mão Amiga, onde os pacientes recebem todos os atendimentos necessários ao sentir os primeiros sintomas, reduzindo assim o fluxo da unidade hospitalar.

O prefeito Zequinha Lima salientou o empenho da prefeitura frente as ações de prevenção e combate à pandemia que refletiram na redução do casos. “Não medimos esforços no combate, diante dessa situação tão difícil que o mundo inteiro vive. Iniciamos nossa gestão diante de uma segunda onda do COVID-19, que veio de forma mais agressiva e vitimando mais pessoas. Diante dessa situação não podíamos ficar de braços cruzados , agimos, e não foi de qualquer maneira, traçamos planos junto com os demais parceiros da saúde, realizamos campanhas de conscientização feitas pela assessoria de comunicação nas redes sociais e nos meios de comunicação, campanhas educativas da secretaria de saúde, orientação, não deixamos faltar testes, proporcionamos atendimento de domingo a domingo no posto mão amiga, dentre outras ações que foram fundamentais para chegarmos a esses resultados”, relatou.

Apesar dos dados animadores, a pandemia ainda inspira cuidados de todos, para evitar um novo aumento de casos positivos da doença.

Na rede

Ato contra Bolsonaro reúne poucas pessoas em Cruzeiro do Sul e deputado ironiza: “Poucos gatos pingados”

Publicado

em

Dezenas de pessoas saíram às ruas na manhã deste sábado (19) em Cruzeiro do Sul, em protesto contra o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e em defesa da vacinação contra a Covid-19. Os atos são pacíficos e ocorrem em todo o país.

Os cruzeirenses presentes no ato, fazem parte de movimentos pessoais e de partidos considerados de esquerda, voltaram a pedir o impeachment do militar, mais vacinas contra a Covid-19 e protestaram contra a alta dos preços dos combustíveis e dos alimentos.

O deputado estadual Roberto Duarte Júnior (MDB), adepto do presidente da República, Jair Bolsonaro, ironizou a presença de poucos manifestantes nas ruas da segunda maior capital do país. “Os discursos mentirosos da militância de esquerda não enganam mais o povo. Em Cruzeiro do Sul, dois gatos pingados num manifesto fracassado contra o presidente Bolsonaro”, declarou.

Os mobilizadores da manifestação na capital informam que haverá caminhada da Gameleira até o Palácio Rio Branco às 15h do sábado, 19 de junho. O movimento ‘fora, Bolsonaro’, segundo a Central Única dos Trabalhadores, se manifestam no sábado também pelo auxílio de R$ 600, contra a miséria, mais investimentos no Sistema Único de Saúde (SUS) e por geração de empregos.

Na capital Rio Branco, a concentração inicial do protesto anti-Bolsonaro está marcada para às 16 horas no Calçadão da Gameleira, no centro da cidade.

Continuar lendo

Na rede

Gladson assina ordem de serviço para reforma do Centro de Meio Ambiente em Cruzeiro do Sul

Publicado

em

Em solenidade nesta sexta-feira (18), o governador Gladson Cameli (Progressistas) autorizou a reforma e ampliação do Centro Integrado de Meio Ambiente (CIMA) de Cruzeiro do Sul.

A nova estrutura está orçada no valor de R$ 992,1 mil e conta com investimento proveniente da fase II do Programa de Desenvolvimento Sustentável do Acre (PDSA), do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e da atual sede do Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac).

O chefe do executivo pediu à sua equipe que não atrapalhe a vida das pessoas, haja vista que, o lema do governo é desburocratizar. “Esse Centro Integrado é mais uma prova disso. Além disso, vamos ganhar agilidade e trazer economia para aqueles que procuram os serviços do Estado. Muito em breve, estaremos inaugurando essa obra”, declarou.

Israel Milani, secretário de meio ambiente, disse que a obra era um anseio da população e que será realidade na atual gestão. “O governador nos deu a missão de destravar as políticas ambientais do nosso estado e é isso que estamos fazendo dentro da legalidade. Com esse Centro Integrado, o morador da zona rural terá acesso a emissão de licenciamentos ambientais, regularização fundiária, autorga de água, Cadastro Ambiental Rural e Programa de Regularização Ambiental, entre outros serviços”, garantiu.

Segundo informações da assessoria do governo, com o CIMA, a maioria dos serviços realizados somente em Rio Branco serão descentralizados e oferecidos em Cruzeiro do Sul, beneficiando todos os municípios do Vale do Juruá.

Continuar lendo

Na rede

Cruzeiro do Sul recebe secretários de todo Acre para debater saúde básica nos municípios

Publicado

em

Nesta sexta-feira, 18, foi realizado em Cruzeiro do Sul, no Teatro dos Náuas, o Seminário de Fortalecimento da Atenção Primária em Saúde. O encontro reuniu secretários de saúde de todos os municípios acreanos, além de profissionais da área de saúde, e teve por objetivo principal debater o primeiro atendimento, que é a porta de entrada do Sistema Único de Saúde (SUS).

A Atenção Primária corresponde ao primeiro nível de atenção em saúde. São ações que previnem e protegem, gerando – na maioria das vezes – diagnóstico e tratamento. E através da prática da universalidade das ações de saúde é possível garantir o acesso e a continuidade do cuidado.

Para o secretário de saúde e presidente do COZEMS – AC, Agnaldo Souza, o encontro é importante para fazer o SUS chegar a todos os lugares: “Esse é o momento de planejarmos para melhorar o SUS e levar saúde a todos os lugares. E para isso, precisamos respeitar as particularidades de cada município para que possamos desenvolver a Atenção Primária do jeito que se deve, fortalecendo toda nossa rede de saúde”, disse Agnaldo.

O prefeito Zequinha Lima esteve no evento e parabenizou a iniciativa: “Quero parabenizar o conselho, por parar um dia e planejar as ações da Atenção básica de saúde”. “E seguiu: “Os desafios são enormes, ainda mais com a pandemia. Por isso, é preciso traçar estratégias para saber onde podemos melhorar e o que temos que mudar para garantir maior qualidade no atendimento a nossa população”, disse o gestor público.

Para o presidente do CONASEMS, Wilames Freire – que também esteve no evento – o momento é de compartilhar experiência: “Queria agradecer o convite de estar aqui falando de Atenção Primária. É muito importante termos momentos assim, precisamos compartilhar experiências e conhecimentos”. E continuou: “É fundamental ouvirmos uns aos outros e trabalharmos muito para melhorar cada vez mais nossa Atenção Primária. É para isso que estamos aqui. Tenho certeza que será um encontro muito produtivo”, afirmou

O Seminário de Fortalecimento da Atenção Primária de Saúde é uma realização do Conselho dos Secretários Municipais de Saúde do Estado do Acre (COSEMS -AC) com apoio do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS) e da Prefeitura de Cruzeiro do Sul.

Continuar lendo

Na rede

Menino 11 anos realiza sonho de voar de helicóptero no Acre

Publicado

em

Esta sexta-feira, 18, nunca será esquecida pelo estudante e agricultor Riquelme da Silva, de 11 anos, morador da zona rural do município de Rodrigues Alves. Ele esteve em uma cidade pela primeira vez e realizou o sonho de voar em um helicóptero, o que foi proporcionado por dois empresários de Cruzeiro do Sul depois que viram um vídeo do menino brincando com uma aeronave que ele fez de palma (um tipo de madeira que tem na mata) perto de onde ele mora. “Tenho o sonho de voar de helicóptero e ser mecânico “, contou Riquelme no vídeo.

Tudo foi possível graças à coordenadora escolar, Camila Saraiva, que foi à casa de Riquelme entregar as tarefas escolares. Ela encontrou o menino brincando com um helicóptero de malva com hélices e luzes funcionando, que ele mesmo fez usando um motor de DVD e uma lâmpada de lanterna. Ela gravou o vídeo, divulgou nas redes sociais e buscou em Cruzeiro do Sul, parceiros para que o menino pudesse voar de verdade.

“Eu o achei tão inteligente com aquela aeronave funcionando que decidi que ele iria sim realizar o sonho de voar. Aí lembrei do Euso, que conseguiu tudo a custo zero com o Papito e o Thiago, que tem uma empresa com a aeronave em Cruzeiro do Sul. Eu só tenho a agradecer por esse dia que nunca será esquecido por Riquelme”, explica a coordenadora.

O menino chegou ao local do voo junto com a mãe, Maria de Fátima, e Camila, e ao contrário da genitora não demonstrou nervosismo na hora do voo. Depois que desceu da aeronave, ele disse que realizou um sonho. “Ver tudo lá de cima é bom demais. Não tive medo não e quando eu crescer quero ser piloto de helicóptero, carro e moto”, contou tímido o menino de poucas palavras.

Os empresários que patrocinaram o voo panorâmico em Cruzeiro do Sul desejaram boa sorte a Riquelme. “Eu me vi nele porque gostava de construir coisas como ele. Fiz o que ninguém pôde fazer por mim e espero que ele cresça e possa fazer por alguém”, citou Euso. “Que ele tenha sucesso na caminhado”, desejou Papito para o menino agricultor e sonhador Riquelme.

Veja o vídeo:

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas