Conecte-se agora

Em Xapuri, vereadora denuncia situação precária de escolas estaduais rurais

Publicado

em

A vereadora Alarice Botelho (PT) pediu ao representante do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) em Xapuri, o promotor Juleandro Martins, que averigue a situação de abandono em que, segundo ela, se encontram algumas escolas da zona rural do município pertencentes à rede estadual de ensino.

De acordo com a vereadora, além das condições precárias em que várias escolas se encontram, não está havendo aulas para os alunos por elas atendidos desde o ano de 2019, em razão da pandemia, sem que os estudantes estejam sendo contemplados pelo modelo de ensino remoto que tem sido praticado.

Segundo a denúncia, a situação não ocorre em todas as escolas rurais, mas em algumas delas cerca de 19 turmas estão sem aulas por deficiência no quadro de professores, apesar de o governo do estado ter realizado processo seletivo recente, mas ainda não ter convocado os profissionais aprovados.

Consultada sobre o assunto, a coordenadora administrativa do Ensino Rural, da Representação da Secretaria de Estado de Educação (SEE) em Xapuri, Jeane Lima, admitiu que por falta de os aprovados no último processo seletivo simplificado terem sido chamados, algumas escolas realmente foram prejudicadas.

No entanto, ela explicou que um planejamento já está sendo elaborado pela secretaria para que os alunos não percam o ano. Eles cursarão a etapa que não foi disponibilizada em razão dos motivos citados de maneira paralela com o calendário atual para que não haja nenhum prejuízo no processo de ensino.

Com relação ao abandono de escolas, como foi denunciado pela vereadora, Jeane Lima explicou que algumas realmente se encontram em situação precária porque a secretaria conta com a parceria das comunidades na manutenção delas, o que nem sempre foi possível durante o período de pandemia.

Dias antes, a representante da SEE em Xapuri, Edna Barbosa, havia informado que medidas já estavam sendo tomadas para sanar os problemas dessas escolas. Segundo ela, funcionários do Núcleo de Educação no município já haviam sido enviados a algumas escolas que estavam sem assistência para tomar as medidas necessárias.

Tanto na rede estadual quanto na municipal, as equipes das secretarias estão em trabalho intenso para que pais ou responsáveis de alunos refaçam as matrículas dos estudantes. Nas duas redes, há o registro de baixo número nas renovações, assim como nas novas matrículas efetuadas.

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas