Conecte-se agora

Aleac terá duas CPIs, mas gestão de Mauro Sérgio terá prioridade em tramitação

Publicado

em

Foto: Sérgio Vale/ac24horas.com

O presidente da Assembleia Legislativa do Acre, deputado Nicolau Júnior (Progressistas), garantiu durante o grande expediente da sessão ordinária desta terça-feira, 4, que o parlamento acreano terá duas Comissões Parlamentares de Inquérito (CPI) que visa investigar possíveis irregularidades no âmbito da Secretaria de Educação.

De acordo com o chefe do legislativo, as CPIs serão instaladas conforme a ordem de protocolização na mesa diretora. Com isso, a CPI que visa investigar os anos de 2019 e 2020 e que conta com a assinatura de 9 parlamentares será a primeira a ser instalada. Essa comissão investigará a gestão do ex-secretário Mauro Sérgio, exonerado nesta terça-feira, 4, pelo governador Gladson Cameli.

O ac24horas apurou que como as Comissões visam o mesmo objeto, a CPI da Educação da Oposição e Independentes deverá tramitar normalmente. Após a publicação da aprovação do requerimento, os deputados formarão a Comissão e como a base de apoio ao governo tem maioria na casa, deverá comandar a presidência e relatoria da CPI. Após isso, os deputados terão 90 dias para apresentar o relatório final com os desdobramentos da investigação. Caso necessário, o prazo poderá ser estendido por mais 90 dias.

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas