Conecte-se agora

PS passa a oferecer hemodiálise a pacientes da emergência

Publicado

em

Consolidando mais um passo importante na saúde pública, o governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), implantou, no Pronto-Socorro de Rio Branco, novos pontos de hemodiálise, com duas máquinas de última geração, exclusivas para pacientes internados no Setor de Emergência Clínica.

O tratamento de hemodiálise na ala de Emergência, de acordo com o diretor-geral do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb), Areski Peniche, tem como objetivo dar mais assistência aos pacientes que necessitam do serviço, além de oferecer melhoria no atendimento, pois dispensa o deslocamento de pacientes com insuficiência renal aguda ou crônica grave.

“Já implantamos um equipamento, e outra máquina já está sendo instalada. É um suporte necessário para ampliar a oferta de diálise aos usuários do SUS. Com isso, vamos ter capacidade de atender, simultaneamente, quatro pacientes de hemodiálise na sala de Emergência Clínica. Agora podemos alcançar de 12 a 15 pacientes nas 24 horas, sendo hemodialisados na Emergência. Além disso, temos equipamentos instalados nas três UTIs do hospital, reforçando a autonomia para promover a recuperação mais rápida e com qualidade dos pacientes que tiverem problemas renais”, ressalta.

Ainda de acordo com o diretor, outra novidade é a mudança no contrato com a empresa especializada para a prestação de serviços de terapia renal em regime hospitalar, que deixou de ser de locação de equipamentos para se tornar prestação de serviço, a partir da renovação do contrato, por meio de processo licitatório.

“O serviço de hemodiálise era oferecido somente aos pacientes em terapia intensiva. Era um contrato que precisava ter um ajuste para atender o Pronto-Socorro. Com isso, mudamos o formato de contratação, ou seja, não é mais a máquina que é alugada, agora nós pagamos pelo serviço prestado em cada hemodiálise realizada. Sendo assim, incluímos pontos adicionais e substituição de equipamentos antigos, o que tem gerado economia aos cofres públicos. A empresa contratada passou a se responsabilizar em colocar os equipamentos, profissionais e os insumos necessários para a realização da hemodiálise”, explica Areski.

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas