Conecte-se agora

RBTrans apaga orientações de como trafegar em ruas esburacadas

Publicado

em

Após repercussão negativa, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (RBTrans) deletou do Instagram a publicação que continha orientações didáticas aos condutores para trafegarem em vias esburacadas da capital.

A publicação continha quatro orientações e ressaltava que os buracos nas ruas e estradas são um problema e poderiam danificar peças e pneus, acabou sendo deletada, após repercussão nas redes na quarta-feira (28). O lançamento da “peça publicitária” ocorreu em meio a inúmeras reclamações da população da capital sobre as péssimas condições das ruas, principalmente, de bairros mais afastados.

Em nota de esclarecimento, a autarquia alegou que os veículos de comunicação distorceram as informações para atingir a gestão do prefeito Tião Bocalom. “A publicação feita não é uma cartilha ensinando motoristas a trafegar em ruas esburacadas que, por maldade, relacionaram ao acidente ocorrido na estrada do Calafate. Infelizmente há situações que são distorcidas e usadas para denegrir a atual gestão que, de maneira alguma, se rebaixará a esse tipo de conteúdo”, alega o órgão.

A justificativa para a publicação teria sido pela adesão à campanha Maio Amarelo, que conscientiza a população sobre a vida no trânsito, porém a publicação foi ao ar ainda em abril e não trazia clareza na descrição quanto à adesão a campanha nacional, o que abriu margem para interpretação diversa.

A rigor, a programação do mês alusivo deveria iniciar no dia 1º, e não em abril. A campanha é desenvolvida nacionalmente pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) com adesão dos estados e municípios e deveriam, a rigor, trazer a memória o Movimento Maio Amarelo, que nasceu com a proposta de chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo, o que não ficou clara na publicação da autarquia de trânsito municipal.

“A RBTrans fez uma única postagem que faz parte de uma conscientização nacional contra acidentes de trânsito no âmbito do Maio Amarelo, recomendado pelo Conselho Nacional de Trânsito – CONTRAN. Por fim, lamentamos que uma ação que visa a prevenir acidentes tenha sido usada de má fé para atingir os trabalhos que foram iniciados com respeito e zelo para a população rio-branquense”, completa a nota.

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas