Conecte-se agora

Denunciado em fraudes de licitações na Educação, Javã Costa é exonerado do cargo

Publicado

em

O governador Gladson Cameli demitiu nesta quinta-feira, 29, o chefe de departamento da Secretaria de Educação e Esportes (SEE), Javã Souza Costa. Javã é investigado pela polícia como um dos envolvidos em fraudes de licitações públicas na referida secretaria.

Javã é acusado de envolvimento na fraude da licitação que contratou a empresa C. Com Informática Imp. e Exp. Comércio e Indústria Ltda.

Um inquérito policial investiga um suposto superfaturamento de R$ 2,4 milhões em um contrato de compra de 2 mil computadores adquiridos pelo Estado em 2019.

Javã, que era o gestor do contrato, chegou a ser preso em fevereiro, junto com Márcio Matos Mourão (Secretário Adjunto de Educação na época) e Erick Reimar Soares de Souza (Fiscal do Contrato) no âmbito da Secretaria de Estado de Educação, além de Cristiano Silva Ferreira, dono da C.Com Shopping e genro do deputado estadual José Bestene (PP), acusado de vender os computadores superfaturados.

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas