Conecte-se agora

“Eu que era o ativo da relação”, diz MC Maylon ao afirmar que tinha caso com Anderson

Publicado

em

Uma novidade no caso da acusação de estupro feita por MC Maylon contra o cantor Anderson, do grupo Molejo. Nesta terça-feira, Maylon admitiu ao EXTRA que teve relações sexuais com o cantor antes do estupro que ele afirmou à polícia ter sofrido.

“Preciso falar a verdade. Quero esclarecer para as pessoas saberem. Eu era caso do Anderson do Molejo. Tive um relacionamento com ele por 8 meses, de muito amor. Tínhamos relações sexuais antes de acontecer o estupro, só que eu era o ativo da relação”, afirmou.

Questionado se teria mentido sobre o estupro e omitido esta informação à polícia, Maylon diz: “Não menti em nada, porque teve estupro. Mesmo eu sendo ex do Anderson, foi estupro. Eu era o ativo da relação e virgem, porque eu só era ativo. E no estupro, ele foi ativo comigo. Lembrando que mesmo você casado, falar não, é não.”

Ao revelar esse fato, Maylon confirma as declarações de Anderson, de que os dois tiveram um relacionamento. “Ele foi o meu primeiro relacionamento. Oito meses não são oito dias. Anderson se apaixonou por mim, e eu por ele. Mas ele abusou de mim. Hoje sinto raiva dele”.

Entenda o caso

Maylon registrou o caso na 33ª DP (Realengo) no dia 3 de fevereiro. Ele diz ter passado a frequentar os shows de Anderson em setembro do ano passado e relata ter sido violentado sexualmente num quarto de um hotel na Estrada do Catonho, em Sulacap, Zona Oeste do Rio. Em depoimento, ele contou que saiu de casa, próximo à meia-noite, para encontrar o vocalista a fim de conversar sobre sua carreira artística em um clube na Taquara, na mesma região. Em seguida, o músico o teria levado ao estabelecimento.

No local, Maylon afirma ter sido empurrado na cama por Anderson, que ordenou que ele sentasse. O pagodeiro então teria tirado a roupa e dado dois tapas em seu rosto, forçando-o a ter relação sexual. O cantor disse ainda que foi agredido, xingado, e, ao acordar, deixado em uma rua próxima dali.

No dia 9, Anderson Leonardo alegou que a relação sexual entre ele e o cantor aconteceu de “maneira consensual”. Em depoimento, o vocalista do Molejo reiterou que não agrediu Maylon tampouco o forçou a fazer sexo com ele. Ele afirmou que, depois da ida ao hotel, o jovem continuou a frequentar seus shows.

Fonte: Jornal Extra

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas