Conecte-se agora

Liberação da vacina Sputnik para o Acre somente após missão do governo brasileiro na Rússia

Publicado

em

As primeiras doses das 700 mil vacinas Sputnik, que o estado do Acre vai comprar da Rússia, não chegarão na primeira quinzena deste mês como foi anunciado. Uma equipe da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) será enviada à Rússia para inspecionar as instalações de produção da vacina e de seus insumos.

O envio da missão brasileira ao país russo foi conversado por telefone entre os presidentes Jair Bolsonaro e Vladimir Putin, da Rússia. Entre os assuntos tratados, está a aquisição de doses da vacina russa Sputnik V, produzida pelo Instituto Gamaleya. O ministro da saúde Marcelo Queiroga e o ministro das relações exteriores Carlos Alberto França presenciaram a conversa.

Na segunda-feira (5), o governador do Acre, Gladson Cameli e governadores do consórcio nordeste foram convidados pela Anvisa para uma reunião que tinha como pauta a aquisição da vacina Sputnik V. O encontro presencial foi cancelado e aconteceu de forma virtual.

Na videoconferência, os governadores do consórcio foram informados que entre a documentação exigida para obtenção da importação, 55% estão em fase de análise, 24% foram reprovados e outros 18% ainda não foram apresentados.

As informações confirmam o que a Anvisa confirmou após o telefonema entre os presidentes Bolsonaro e Putin, de não haver elementos suficientes para uma resposta do uso emergencial da Sputnik V, o que só deverá acontecer após a missão brasileira na Rússia.

Por meio do Consórcio Nordeste, houve a formalização da compra de 50 milhões de doses do imunizante produzido na Rússia. Para o Acre, o governador Gladson Cameli realizou a aquisição de 700 mil vacinas, assegurando a proteção de mais de um terço da população.

O contrato do governo do Acre é no valor de R$ 40 milhões e a compra é feita por meio do consórcio dos governadores do Nordeste e Fundo Soberano Russo.

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas