Conecte-se agora

Câmara não paga conta e Energisa corta luz de gabinete do vereador Emerson Jarude

Publicado

em

Foto: Reprodução/Rede Social 

O vereador Emerson Jarude (MDB) passou por uma situação constrangedora ao chegar em seu gabinete na manhã desta terça-feira, 30, e encontrar colaboradores da Energisa cortando a energia elétrica do seu local de trabalho. A situação foi exposta pelo próprio parlamentar em suas redes sociais. Já é a segunda vez que isso ocorre em um intervalo de 15 dias.

Segundo ele, essa é a quarta vez em que a Energisa corta a energia do gabinete devido à Câmara Municipal de Rio Branco não pagar as contas de luz. A Casa Legislativa possui um orçamento de R$ 30 milhões por ano.

“Cheguei para trabalhar e pela 4ª vez a energia estava sendo cortada porque a Câmara não pagou. Dispensei os assessores e infelizmente não conseguirei participar da sessão de hoje. Em nota de esclarecimento, a Mesa Diretora ainda teve a cara de pau de dizer que eram inverídicas as minhas afirmações. Diferentemente da internet, limpeza, água, café e outras coisas que eu pago todos os meses do meu bolso, a luz eu não posso pagar pois está sob responsabilidade da Câmara. Não gostaria de estar aqui perdendo o tempo de trabalho para falar sobre isso, mas é necessário mostrar para a população o que se passa na Câmara Municipal de Rio Branco, que tem 30 milhões de reais por ano”, afirmou.

O outro lado

A Câmara de Rio Branco, afirmou ao ac24horas que o corte da luz do gabinete do vereador ocorreu devido a uma falha de compensação do sistema, mas que a situação está sendo verificada in loco pelo diretor financeiro da Casa conjuntamente com o vereador Emerson Jarude (MDB).

“O nosso diretor financeiro está nesse momento verificando essa situação, porque ao que consta foi uma questão de compensação do sistema. Ele foi até a Energisa, juntamente com o vereador Emerson. As contas de novembro e dezembro já estão em processo de pagamento devido a aprovação do crédito adicional e já está de acordo com a Energisa, o corte aconteceu porque as contas de janeiro e fevereiro, já quitadas não estavam compensadas no sistema da Energisa”, salientou.

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas