Conecte-se agora

Acre contribuiu com 1 km² no desmate da Amazônia em fevereiro

Publicado

em

O Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) detectou 1 km² de desmatamento no Acre em fevereiro, segundo boletim divulgado na última quinta-feira (18). Com esse percentual, o Acre é o que menos contribuiu com o desflorestamento da Amazônia naquele mês.

No total, houve 179 km² de desmatamento na Amazônia Legal em fevereiro de 2021, segundo dados do Sistema de Alerta do Desmatamento (SAD) – que monitora, via satélite, as áreas desmatadas na região. Este é o segundo maior valor da série histórica nos últimos 10 anos, ficando atrás apenas do desmatamento detectado em fevereiro de 2018, e corresponde a um aumento de 74% em relação a fevereiro de 2020, quando o desmatamento somou 103 km².

Pará e Roraima lideraram o ranking dos Estados que mais desmataram na região. Juntos eles apresentaram oito municípios no ranking dos 10 que mais desmataram no mês. Além disso, em fevereiro, cinco unidades de conservação do ranking das 10 mais desmatadas estão localizadas no estado do Pará. Considerando o calendário de desmatamento 2021 (agosto de 2020 a fevereiro de 2021) houve um aumento de 51% em relação ao mesmo período do calendário anterior.

Roraima aparece em segundo lugar no ranking em decorrência da sazonalidade que ocorre naquela região. O estado, que apresenta uma dinâmica de chuvas inversa aos demais estados do Norte, costuma apresentar um aumento de desmatamento no período, além da condição de nuvens que permite a melhor detecção.

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas