Conecte-se agora

Quem tem o apito ainda não apitou

Publicado

em

TENHO ASSISTIDO discussões paralelas sobre a eleição para governador e senador do próximo ano. Mas todas prematuras e sem nenhum suporte político. A partida só vai ter início e se saber quais jogadores irão a campo e, em que posições jogarão, depois que o dono do apito, o governador Gladson Cameli apitar para o jogo começar.

 Não se sabe ao certo, qual o cenário político que o governador vai desenhar. Nas vezes que falou sobre o assunto antes da pandemia, disse que disputaria a reeleição. Mas, se ele mudar o tom e resolver se candidatar ao Senado? Na política, nada é imutável. 

Nos dois casos, serão criadas situações diferentes. Enquanto o Gladson não se pronunciar oficialmente sobre uma nova candidatura vai ficar sempre a dúvida. E, como não há clima para se posicionar agora, num momento de colapso do sistema de saúde do estado, sem leitos, sem vagas nas UTIs, com as contaminações e as mortes pela Covid aumentando, este apito somente será dado com a chegada de 2022.

Há outra figura importante neste jogo ainda a ser iniciado: o senador Sérgio Petecão (PSD). Será ou não candidato ao governo? Pode ser ou não, ninguém sabe ao certo. Então, qualquer discussão a ser travada sobre a sucessão estadual hoje, ela é prematura.

REVOLTA DE ALIADOS

LEITOR de Mâncio Lima faz um desabafo em tom irritado para o governador Gladson por meio do BLOG, por ter dado a coordenadoria de Educação para os petistas, sem falar de que entregou ao deputado Jonas Limas (PT), os cargos na Educação de porteira fechada, esquecendo os aliados do PP e MDB, que estavam no seu palanque. Feito o registro.

PAPA DA SAÚDE

O PREFEITO de Epitaciolândia, Sérgio Lopes, vai ganhar o  Nobel internacional da área de Saúde. Depois de descobrir (sic), que deixando todas as atividades comerciais abertas o vírus da Covid não transmite, não duvidem se for chamado também para assessorar a OMS como conselheiro na pandemia.

TROMBANDO COM A CIÊNCIA

SABIA das qualidades do prefeito Sérgio Lopes como bom Delegado de Polícia, não que, ele tinha conhecimentos na área de Saúde, acima da Organização Mundial de Saúde.

ÚNICO A TROMBAR

O PREFEITO SÉRGIO LOPES, o único a trombar com a decretação do lockdown pelo governador Gladson, não  se convenceu da virulência da Covid, nem com a morte de um secretário e, com a contaminação do vice-prefeito.

ALIADO INCONDICIONAL

SÉRGIO LOPES é politicamente ligado à ferrenha bolsonarista, deputada federal Mara Rocha (PSDB), o que deve ter influenciado sua decisão negacionista da ciência.

FICOU BICUDO

FALANDO em lockdown, quem ficou bicudo com a decisão do governo Gladson em decretar a medida foi o senador Márcio Bittar (MDB), bolsonarista e negacionista.

NADA COMOVE

NADA COMOVE um negacionista. Não há vagas nas UTIs do estado, faltam leitos em hospitais públicos e privados, a produção de oxigênio está no limite, não tem vacina, o governador Gladson está feito louco atrás de vagas em hospitais fora do estado para transferir pacientes, mas esta turma acha tudo normal e tem que liberar geral.

NÃO TINHA ALTERNATIVA

A MAIOR PARTE da população não ligou para as medidas anteriores, continuou a aglomerar, andar sem máscaras, mesmo com o aumento de mortes, não restando então ao governo ao não ser a decretação do lockdown. 

DEDO EM RISTE

OS QUE PEDEM a abertura geral do comércio no estado serão os primeiros a apontar o dedo da culpa para o governo, se vier morrer alguém nas filas e sem oxigênio.

BOATARIA FORTE

A NOMEAÇÃO de uma cunhada da prefeita Fernanda Hassem para uma diretoria do ITERACRE foi comentado por alta fonte palaciano, como parte de um acordo pelo qual, Fernanda estaria no palanque do Gladson em 2022.

CONVERSA FECHADA

A DECISÃO de dar a diretoria do ITERACRE, segundo esta fonte, aconteceu depois da última conversa da prefeita Fernanda Hassem com o governador Gladson Cameli.

CONVERSA INSTITUCIONAL

AO BLOG DO CRICA, a prefeita Fernanda Hassem, negou ontem o acordo e disse que a conversa foi institucional, citou Gladson como um gestor republicano que tem e terá o seu respeito; o considera um “fortíssimo” candidato a reeleição, e que continuará fazendo uma gestão apartidária. “Não falamos de candidaturas e sim de parcerias de trabalho”, pontuou a prefeita ao BLOG.

NÃO COMENTOU

FERNANDA HASSEM atribuiu a nomeação da sua cunhada para o ITERACRE, a um acordo entre um parente e uma deputada, de quem não citou o nome, e que fez a indicação ao governador. Nega participação no fato.

JOGO EM COSTURA

DEPOIS DE TUDO ISSO há de se considerar um ponto: a extrema habilidade política da prefeita Fernanda Hassem. Ela sabe que, há um vácuo para a Câmara Federal na região do Alto Acre. Não é demais se antever que, a nomeação do ITERACRE, comandado pela dupla Dêda/deputada Maria Antônia (PROS), pode ser o selamento de uma dobradinha da Fernanda Hassem para deputada federal e da deputada Maria Antônia à reeleição.

NÃO VEJO ALTERNATIVA

NA HIPÓTESE da prefeita Fernanda estar no mesmo palanque do Gladson em 2022 (que nunca confirmou), não lhe restará caminho que não seja o de deixar o PT.

POLÍCIA E JUSTIÇA

OS CASOS DOS computadores e dos sacolões, que deu em prisão de empresários e funcionários da secretaria de Educação, são fatos que devem ser tratados pela polícia e pela justiça. Não passaram por decisão do governador.

SEMPRE CAUTELOSO

TENHO COMO CONDUTA JORNALÍSTICA ser cauteloso na divulgação de casos que não estão conclusos em suas decisões, para não antecipar julgamentos, e depois a justiça absolver. Divulgo, mas, sem entrar no mérito.

NOVA DOBRADINHA

DEPOIS de não conseguir eleger o professor Minoru Kinpara (PSDB) a prefeito de Rio Branco, o grupo do vice-governador Rocha se aproxima do prefeito Tião Bocalom.

SEGURO PELO PP

A NOTA do PP na defesa do secretário de Educação, Mauro Sérgio, marcou uma posição de apoio do partido pela sua permanência no cargo. Em tese, até aqui, ele não foi arrolado em nenhum dos escândalos na sua pasta.

FICANDO ROTINEIRO

JÁ EXISTE setores importantes no poder que defendem a demissão do secretário Mauro Sérgio, achando que, um escândalo atrás do outro prejudica a imagem do governo.

E OLHE QUE SOU BEM INFORMADO!

NUNCA o cumprimentei, não sei se é magro ou gordo, mas todas as informações que recebo sobre a sua conduta moral é ser ele uma pessoa correta. Uma troca agora seria antecipar uma culpa inexistente até aqui.

MELHOR FICAR CALADO

CALADO fica bem melhor para o deputado federal Jesus Sérgio (PDT), que votou contra o aumento emergencial do governo federal para as famílias de baixa renda. A sua emenda explicativa saiu bem pior do que o soneto.

DINHEIRO NÃO NASCE EM ÁRVORE

NÃO BATO palmas para o governo Bolsonaro, mas não há como pagar uma ajuda igual a anterior de 600 reais, porque o país quebra. O Jesus dizer que não votou a favor por o valor desta vez vir mais baixo é insensato, sabe que não há como o caixa do tesouro nacional suportar.

FRASE MARCANTE

“Todo mundo quer comer na mesa do governo, mas ninguém quer lavar os pratos”. William Faulkner.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2020 ac24Horas.com - Todos os direitos reservados.