Conecte-se agora

Diretor do Into revela que nova onda tem internado jovens com sintomas graves da Covid-19 no Acre

Publicado

em

Em entrevista ao Jornal do Acre na manhã desta sexta-feira, 05, o diretor do Instituto de Traumatologia e Ortopedia (Into), Osvaldo Leal, responsável pela unidade escolhida como referência para tratamento da Covid-19, alertou para o aumento de casos e internações de jovens em razão do vírus.

Osvaldo destacou que desde janeiro houve um aumento da demanda de atendimentos na unidade. “No mês de fevereiro encerramos com cerca de 250 a 300 atendimentos por dia”, pontuou.

Em outro trecho, Osvaldo Leal afirmou que a 2º onda da Covid-19 vem acometendo mais jovens na capital. “A gente tem percebido que o agravamento dessa pandemia, nessa segunda onda, tem acometido pessoas mais jovens. E essas pessoas têm apresentado, inclusive, sintomas mais graves da doença, com quadros inflamatórios graves, inclusive, com óbitos, que a gente tem percebido nesse período do mês de janeiro e fevereiro”, destacou.

Segundo o diretor, apesar de todo o reforço de novos leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), a unidade vem apresentando mais de 90% de ocupação.

“De fato esse percentual de leitos de UTI e enfermaria tem ficado acima de 90% há mais de um mês. No Into, estamos em torno de 96% e 97%, mas temos regulado nessa taxa de ocupação. Os pacientes que precisam de UTI são assistidos em ambientes que chamamos de salas chamadas vermelhas, essas salas são as que tem todos os equipamentos de UTI e  que são montados tanto no pronto atendimento quanto na enfermaria na espera de leitos de UTI, enquanto permanecem aguardando a remoção para leitos de UTI”, salientou.

Destaque 2

Cruzeiro do Sul é um dos primeiros municípios do Brasil a vacinar a partir dos 12 anos

Publicado

em

Neste sábado, 31, pelo menos 5.590 pessoas receberam a primeira dose de vacina durante a ação promovida pela secretaria de saúde da prefeitura de Cruzeiro do Sul. A ação aconteceu no Shopping Copacabana a partir das 16 horas. O horário final previsto inicialmente para ocorrer era até as 21 horas, devido à grande procura, acabou ultrapassando das 22 horas.

Com a ação, Cruzeiro do Sul consegue ser um dos primeiros municípios do país, se não o primeiro, a estender a vacinação para o público de 12 a 17 sem comorbidades. O avanço foi possível devido o município já ter vacinado, até sexta-feira, 87,36% do público preconizado pelo PNI nacional que é de acima de 18 anos. Num único dia de vacinação, o município conseguiu aplicar a primeira dose em 44,08% deste público de 12-17. Considerando o público total (acima de 12), Cruzeiro do Sul já tem 78,72% da população desta faixa vacinada ao menos com primeira dose.

O imunizante adotado foi o da Pfizer, até o momento o único autorizado pela Anvisa para este público. O local escolhido para a ação, o Shopping Copacabana, levou em consideração que este imunizante necessita de climatização para ser manuseado e aplicado.

Para esta ação foram mobilizados mais de 200 profissionais de saúde do município, além de equipes de apoio, voluntários do curso de enfermagem do Campus Floresta da UFAC e profissionais de saúde do estado.

Foram montadas 20 baias de atendimento para registro dos menores de 18 anos e mais um stand para maiores de 18, que também puderam receber a primeira dose.

“Desta vez é diferente porque vínhamos atendendo grupos de duas ou três faixas etárias, e desta vez teremos cinco faixas etárias, o que é um desafio para todos nós”, disse Joel Queiroz, técnico do PNI presente na ação.

Como já de costume, a ação de vacinação foi acompanhada de uma ação de comunicação voltada ao público destinado. Desta vez, a temática escolhida foi o aplicativo Tik Tok, que faz sucesso entre o público desta idade. Do lado de fora, a fila formada pelos adolescentes e seus pais e responsáveis dobrou duas vezes o quarteirão do shopping. Lara Isabele, 15, estudante do Colégio Cívico Militar D. Pedro II foi a primeira a receber a vacina neste dia:

“Agora é alegria e esperança. Estou nervosa, mas também feliz”, cita Lara Isabele. “A gente tem trabalhado muito na saúde para vacinar todas as pessoas, então vacinar minha pequena me deixa muito feliz mesmo. Esa festa é para todos os adolescentes. Minha felicidade é do tamanho da festa de hoje”, disse a mãe de Lara, a nutricionista Daiane Silva Ribeiro.

O clima predominante entre os adolescentes e seus pais foi de alegria e descontração. Maiores de 18 também puderam receber a primeira dose neste dia. Um stand próprio foi montado para receber também este público. “Estou muito feliz. Essa é uma oportunidade que nós estamos tendo agora. Muitas pessoas morreram sem ter essa chance e graças a Deus eu estou tendo”, disse o estudante de administração da Uninter, Janderson Breno, 21, morador do Bairro do Telégrafo.

O presidente da ALEAC, Nicolau Júnior. esteve visitando o local de vacinação em companhia do prefeito Zequinha Lima. O deputado destacou o empenho do prefeito e o apoio do governador Gladson Cameli para o sucesso da vacinação em Cruzeiro do Sul.

“Isso foi fruto de muito trabalho e organização. Desde o inicio da vacinação nosso prefeito Zequinha e o governador Gladson tem tomado medidas acertadas, e no momento em que o governador mais precisou a Aleac também abraçou essa causa. A gente vê o alívio no semblante dos pais, porque todos estavam preocupados com seus filhos”, disse o presidente da Aleac, Nicolau Júnior.

O prefeito Zequinha fez questão de visitar pessoalmente o local de vacinação, para sentir de perto o clima entre a população e o público alvo da campanha.

“Temos tido a felicidade de antecipar muita coisa aqui neste processo de vacinação, e esse para mim está sendo um momento histórico, porque a gente está tendo a oportunidade de ser um dos poucos municípios que está conseguindo vacinar os adolescentes, e ao mesmo tempo dá esperança de que num espaço curto de tempo a gente possa estar deixando de usar máscara por exemplo. Mas isso é um processo que a gente vai aguardar um pouco mais. Nós tínhamos definidas as aulas presenciais para setembro, então a nossa preocupação era a vacinação dos adolescentes e agora isso dá mais segurança para que possam voltar a escola com a vacinação. Nós quisemos fazer disso uma festa, um momento de alegria, quero registrar o trabalho de eficiência que nossas equipes estão tendo, quem ganha com isso é a sociedade de Cruzeiro do Sul que está caminhando para que a gente possa imunizar 100% do povo dessa cidade. Essa antecipação é fruto de muito trabalho e planejamento, mas o mais importante é que a sociedade tem entendido também que a gente precisa ser vacinado e precisa se proteger. Nossa equipe de comunicação tem trabalhado bastante, junto com a saúde, para que cada vacinação haja sempre um tema dedicado àquele público. Hoje viralizou nas redes socais o Tik Tok, isso faz com que as pessoas se motivem a sair de casa para passear no shopping e tomar sua vacina”, disse o prefeito Zequinha durante coletiva concedida à imprensa no local.

Continuar lendo

Destaque 2

Acre retira restrição de horário de funcionamento de bares e restaurantes

Publicado

em

O governador Gladson Cameli (Progressistas) nesta sexta-feira, 30, revogou o Decreto de Nº 8.911, que estabelecia limite no horário de funcionamento de restaurantes, lanchonetes, bares, distribuidoras de bebidas e similares até às 00h. As demais medidas sanitárias de combate à Covid-19 e o limite de ocupação do estabelecimento de acordo com a bandeira permanecem válidos.

A revogação consta dentro do decreto que determinou a volta dos servidores públicos às atividades presenciais publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta sexta (30).

A decisão ocorre em um momento em que apenas 124.490 mil acreanos, ou seja, 13,92% estão totalmente imunizados contra a Covid-19 com as duas doses. Até o momento, o Estado do Acre registrou 500.979 aplicadas contra covid-19, sendo 371.023 mil 1º dose, 119.873 segunda dose, e 10.083 dose única.

A decisão vale para restaurantes, lanchonetes, bares, distribuidoras de bebidas e similares que antes encerravam a comercialização de bebidas alcoólicas até às 22h00, devendo encerrar inteiramente suas atividades até às 00h.

Continuar lendo

Destaque 2

Polícia investiga Valdete Sousa por prática de rachadinha e Palácio determina exoneração da diretoria da Codisacre

Publicado

em

A diretora financeira da Companhia de Desenvolvimento Industrial do Estado do Acre (Codisacre), Valdete Souza, virou alvo de uma investigação da Polícia Civil após uma funcionária acusá-la de praticar “rachadinha”, quando o servidor é obrigado a repassar parte do dinheiro para quem lhe indicou. A denuncia foi exposta pelo jornalista Adailson Oliveira, da TV Gazeta, na noite desta quarta-feira, 28.

Não há consenso entre os especialistas da área jurídica sobre o enquadramento do repasse no ordenamento jurídico brasileiro. Há juristas que entendem que o desvio somente se configura como ato de improbidade administrativa. Outros, no entanto, consideram que a conduta não só se considera ato de improbidade, como também estão tipificados no Código Penal. Todavia, estes últimos divergem sobre qual crime a conduta se encaixa, se em peculato, corrupção passiva ou concussão.

Valdete, que já foi presidente do partido PMN, supostamente exigia das pessoas que ela indicou para o cargo comissionado em outras secretárias um valor mensal que deveria ser entregue em espécie em sua casa ou mesmo no gabinete. Segundo a reportagem da TV Gazeta, ela nega as acusações e debitou as denúncias devido ao seu estilo de falar o que pensa e atribuiu o caso a “fogo-amigo”

As investigações vêm sendo conduzidas pelo delegado Pedro Rezende, na Delegacia de Combate à Corrupção (Decor). O delegado não fala abertamente sobre a investigação, mas até o momento três pessoas teriam sido escutadas.

Pedro Rezende teria em mãos conversas de WhatsApp e áudios que mostram a diretora fazendo a cobrança do dinheiro todos os meses.

Segundo informações, o delegado está com uma lista de pessoas para prestarem depoimentos sobre o caso.

De acordo com a investigação, Valdete não tinha cargos apenas na Codisacre, mas também em outras secretarias como o Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac). Inclusive, um dos cargos que está sendo investigado é a contratação de um contador que nunca compareceu ao local de trabalho ou prestou serviços para o estado.

O ac24horas apurou que Valdete será exonerada de seu cargo ainda esta semana por determinação do governador Gladson Cameli, que teria sido orientado por levar a Polícia o caso de rachadinha após tomar conhecimento.

À reportagem, Valdete negou as acusações e afirmou que independente de qualquer coisa ela é Gladson Cameli. “Quero deixar bem claro. Não tenho envolvimento com isso, jamais faria isso e independente dos desfecho, eu sou Gladson Cameli. Ele é meu governador em 2022 e jamais deixarei de apoia-lo. Sou uma mulher de causas e princípios”, disse.

Continuar lendo

Destaque 2

MP apura denúncia de cobrança da Pronto Clínica pelo uso de aparelhos respiradores do SUS

Publicado

em

A promotora de Justiça de Defesa do Consumidor, Alessandra Garcia Marques, abriu uma investigação após uma denúncia de que a Pronto Clínica teria supostamente cobrado pacientes pelo uso dos respiradores repassados pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O procedimento preparatório de investigação foi publicado no Diário Oficial do MPAC desta terça-feira (27).

Segundo Alessandra, a abertura da investigação ocorre após chegar ao ”conhecimento do Ministério Público notícia de que, no auge da pandemia, a unidade hospitalar privada, teria recebido, para uso, aparelhos respiradores provenientes do Sistema Único de Saúde – SUS, em razão da impossibilidade do sistema de saúde público suportar todas as internações de pacientes infectados pelo coronavírus e da pouca estrutura da indicada unidade privada para essa situação excepcional, quando, segundo foi informado ao Parquet, a despeito da origem dos aparelhos respiradores, consumidores podem ter sido compelidos a pagar pelo uso desses, o que deve ser apurado, para que se verifique a veracidade do fato”.

O MP determinou que seja expedido ofício à Secretaria de Saúde do Estado do Acre (Sesacre) para que informe quantos, quais e por quanto tempo aparelhos respiradores foram cedidos à Pronto Clínica, em contexto de pandemia, oportunidade em que deve informar, também, se houve ou não contraprestação em favor do SUS, quando a Sesacre deve, por fim, encaminhar documentos que comprovem a cessão de aparelhos minuciosamente.

Por fim, a promotora determinou que sejam tomadas todas as demais medidas necessárias à apuração dos fatos, realizando-se todas as diligências necessárias.

Ao ac24horas, a Pronto Clínica, por meio do seu advogado, Giliard Nobre, informou que a unidade privada possui 15 aparelhos respiradores (VNI) para disponibilização aos seus pacientes e descartou possuir qualquer aparelho que pertença ao Sistema Único de Saúde (SUS).

“A empresa não possui qualquer aparelho que pertença ao SUS e também não possui convênio para o fornecimento por meio do Sistema. A investigação do MPE decorre de uma alegação de um paciente tratado na empresa, e que alega que o aparelho respirador por ele usado pertencia ao SUS. Essa informação foi surpreendente para a empresa, pois, como dito, ela apenas disponibiliza aparelhos próprios e não possui qualquer convênio com o SUS nesse sentido. De todo, como já esclarecido ao MPE em manifestação escrita, em apuração interna, constatou-se que o paciente simplesmente levou para seu apartamento o referido aparelho médico. Essa providência tomada exclusivamente pelo paciente foi feita à revelia da Pronto Clínica e sem conhecimento do seu corpo técnico”, destacou em nota.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas