Conecte-se agora

Acre segue no vermelho com tendência de piora, diz Comitê

Publicado

em

A nova classificação do Nível de Risco da Covid-19 no Acre, realizada na manhã desta segunda-feira, 22, confirma que o Estado, num período de 14 dias analisados (31 de janeiro a 13 de fevereiro), continua numa situação crítica da pandemia do novo coronavírus e com tendência de piora nesse cenário, mantendo a cadeia de transmissão do vírus em ascensão.

De acordo com membros do Pacto Acre sem Covid, as regiões do Estado continuam apresentando alto número de novos casos e de óbitos ocasionados pela doença. Com isso, todas as cidades continuam na Bandeira Vermelha da pandemia, estando no nível de emergência.

O Alto Acre ficou com nota 15 na nova avaliação e, conforme o observado nos 7 indicadores, houve redução no índice de isolamento reduziu, aumento de internações por Síndrome Respiratória Agua Grave (SRAG) e aumento de 29% na ocupação em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

No Baixo Acre, a nota foi 19 devido a verificação de novos casos, óbitos e ocupação em leitos clínicos e de UTI. A regional ainda obteve aumento de 80% em óbitos decorrentes de complicações do vírus.

O Juruá obteve nota 18, com aumento de 15% nas internações por síndrome respiratória, aumento de 300% em óbitos, aumento de 36% nas internações em leitos clínicos e de 35% em UTI.

As regras de medidas restritivas permanecem até o dia 1° de março através de decreto governamental que vai ser publicado ainda nesta segunda. “Conforme necessidade de novas análises, serão feitas nesse período”, informou a coordenadora do Comitê, Karolina Sabino.

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas