Conecte-se agora

Sanderson Moura pede cassação de mandato de deputado Bolsonarista

Publicado

em

Continua repercutindo no meio político e na sociedade, a prisão em flagrante do deputado do PSL, Daniel Silveira, por ofensas e agressões a ministros do Supremo Tribunal Federal e, incitação ao movimento AI-5. Ele foi preso por determinação do ministro Alexandre de Morais na última terça-feira (16). A prisão foi confirmada pela corte do STF sem votos contrários.

Para o advogado especializado na área criminalista, Sanderson Moura, a Câmara dos Deputados deveria cassar o mandato de Silveira em rito sumário.

“São vinte minutos de selvageria fascista, de vômitos bolsonaristas, de ataques a integridade moral e física dos ministros do STF. Esse cidadão falando lembra o antropófago Polifemo, o ciclope selvagem da Odisseia, a quem Ulisses teve que furar o olho para salvar a si e aos seus companheiros da fúria sanguinária do bárbaro ogro, que não conhecia lei, sociedade, estado, nem regras de convivência humana” disse.

Ainda de acordo Sanderson, a postura do deputado foi patética ao pedir a cassação e a prisão dos ministros do STF. “Defende que seja dada uma pisa neles, e quando é preso diz que sua prisão é arbitrária, ilegal, inconstitucional, antidemocrática, que afronta a liberdade de expressão!”, concluiu o advogado.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas