Conecte-se agora

Para evitar colapso, Unimed suspende cirurgias eletivas para poupar leitos e oxigênio

Publicado

em

Cirurgias oncológicas e de urgência/emergência não serão suspensas

A Unimed Rio Branco anunciou na tarde deste domingo, 14, aos beneficiários que está suspendendo a realização de cirurgias eletivas pelo prazo de 30 dias. Segundo a unidade, a medida é uma forma de segurança e foi comunicada à Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) para buscar garantir leitos e O2 (oxigênio) para a população em tratamento acometida pela Covid-19.

A suspensão também foi informada ao Ministério Público Estadual e pretende ainda dar segurança dos demais pacientes para diminuir o contato em ambientes de contaminação. “Ressaltamos que essa medida é de extrema importância e foi pensando evitar o colapso assistencial que aconteceu em Manaus-AM”, diz a Unimed em nota.

A medida não atinge as cirurgias oncológicas e as de urgência/emergência, que não serão suspensas. “É preciso nos conscientizarmos que a pandemia não acabou, e que a alta demanda por leitos é reflexo do relaxamento das medidas de isolamento, o que resultou um aumento considerável do número de casos. Além da necessidade de atendimento decorrente do surto de dengue que nos acomete. Estamos trabalhando para que a melhor assistência seja garantida”, conclui.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas