Conecte-se agora

Operação do Gaeco tenta desarticular núcleo financeiro do Bonde dos 13 no Acre

Publicado

em

Na manhã desta quarta-feira, 03, o Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) em parceria com a Polícia Militar do Acre (PMAC) deflagrou a segunda fase da Operação Livro Caixa.

Ao todo mais de 100 policiais militares foram encarregados de participar da Operação, além de promotores de Justiça do Gaeco e servidores do Ministério Público do Estado do Acre.

Estão sendo cumpridos 32 mandados judiciais, sendo 18 de prisão e 14 de busca e apreensão nos bairros Cidade do Povo, Santa Inês e Boa União, em Rio Branco, bem como nos municípios de Boca do Acre (AM) e Dourados (MS), além de três comprimentos na Unidade Prisional Francisco d ́Oliveira Conde (FOC), em Rio Branco.

A segunda fase da Operação ocorre após análise dos documentos apreendidos na primeira etapa que foram identificadas lideranças de duas organizações criminosas com alto grau hierárquico, responsáveis pelos núcleos de cadastramento, contabilidade, disciplina e “gerais” de três bairros da capital, inclusive, uma liderança do núcleo feminino dessas facções.

A primeira fase da Operação foi realizada em 05 de agosto de 2020 e teve por objetivo desarticular o núcleo financeiro, responsável por realizar a contabilidade do crime da facção Bonde dos 13 na Cidade de Povo e outras regiões, que praticava, inclusive, extorsão de comerciantes locais, obrigados a pagar contribuição para a organização criminosa. A ação também tem como foco o núcleo responsável pelo cadastro dos membros da facção.

Naquela ocasião foram cumpridos 18 mandados judiciais, sendo 13 mandados de prisão e cinco de busca e apreensão.

Com informações da Agência do MPAC

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas