Conecte-se agora

Em Rio Branco, 2º dose da CoronaVac será aplicada em 28 dias aos contemplados do 1º lote

Publicado

em

Em coletiva de imprensa na manhã desta segunda-feira, 01, o secretário municipal de saúde, Frank Lima, prestou contas do 1º lote da CoronaVac. Na ocasião, Lima mostrou a lista dos contemplados com a 1º dose da vacina, mas não divulgou nomes pelo fato da lista estar nominal.

Segundo o secretário, foram contemplados nesse primeiro lote os profissionais de saúde que estão na linha de frente de combate ao coronavírus e, isso inclui os trabalhadores em saúde, que atuam no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Instituto de Traumatologia e Ortopedia (Into), Pronto-Socorro de Rio Branco, URAP Maria Barroso e UPA Via Verde. Os profissionais e pacientes do Hospital de Saúde Mental do Acre (Hosmac) e os idosos que vivem em abrigos públicos como a Casa de Acolhimento Souza Araújo, e o Lar dos Vicentinos, também entraram na lista da Semsa nesta primeira etapa da campanha de imunização contra a Covid-19. Ao todo, 3.600 pessoas foram vacinadas.

Entusiasmado, Frank Lima comemorou o sucesso da vacinação neste 1º lote. “É um balanço muito positivo. Traz esperança para os trabalhadores e para a sociedade como um todo. Nesta 1º etapa, seguimos fielmente o protocolo do Ministério da Saúde. Não houve situações aqui em Rio Branco de caso de fura-fila”, afirmou.

Frank Lima garantiu que a 2º dose da Coronavac será aplicada em até 28 dias aos que tomaram a 1º dose. “Quando recebemos essa 3.6 mil doses da Coronavac, já veio junto para o estoque, 3.6 mil doses para a segunda dose, porque o espaço é muito curto [28 dias]. Quem já tomou a 1º dose, tem a 2º dose garantida”, encerrou.

Restrição nas repartições públicas

Para evitar o aumento no número de casos, Frank Lima avisou que irá restringir, nos próximos dias, o acesso do prédio da SEMSA exclusivamente aos servidores da saúde, e que pedirá para os outros secretários municipais as mesmas medidas.

“O momento é crítico. Nesse momento, nós secretarias temos que dar exemplo e nos próximos oito dias iremos restringir acesso do prédio da Semsa somente aos servidores públicos. Essa medida tem o intuito de evitar contaminação de nossos servidores”, afirmou.

Decreto Restritivo

Secretário comenta medidas governamentais de combate ao Covid-19, e diz que a SEMSA não foi consultada acerca do decreto restritivo, que proíbe aglomerações em espaços públicos e privados das 22h às 06h.

“A prefeitura não foi consultada acerca do decreto restritivo, não fomos convidados. O governador tem feito um esforço muito grande, mas não basta só Decreto. É necessário ter mais fiscalização”, afirmou.

Dengue

O secretário informou que terá reunião na tarde desta segunda-feira, 01, para definir plano de ações estratégicas para evitar a proliferação dos casos de dengue. Ele não descartou um decreto de calamidade pública. “Estamos há três semanas com o número de casos da dengue acima do normal. Iremos fazer uma avaliação acerca disso hoje a tarde e iremos informar mais tarde as medidas que serão tomadas para mitigar os efeitos da dengue”, explicou.

Assista ao vídeo:

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2020 ac24Horas.com - Todos os direitos reservados.