Conecte-se agora

Casos de Covid-19 disparam e todo o Acre é classificado na faixa vermelha

Publicado

em

O Comitê de Acompanhamento Especial da Covid-19 reclassificou todas as regionais do Acre para a Bandeira Vermelha durante nova classificação de risco do novo coronavírus. Com isso, Alto Acre, Baixo Acre, Purus e Juruá/Tarauacá se encontram na fase de emergência desde a noite desta segunda-feira, dia 1º de fevereiro.

A mudança de faixa ocorreu após o mês de janeiro de 2021 registrar mais de 6 mil novos casos de Covid-19 no Acre e contabiliza 72 mortes em decorrência da doença. Segundo o Procurador-Geral do Estado, João Paulo Setti, a mudança iria ocorrer na próxima sexta-feira, 05, porém, devido ao avanço dos casos, foi antecipada a classificação de risco. Para Setti, as medidas restritivas irão funcionar até a próxima avaliação do Comitê.

Com o Acre na faixa vermelha, espaços públicos como parques, quadras poliesportivas, campos de futebol comunitário, espaços destinados para atividades físicas e similares que ocasionem aglomeração de pessoas são proibidos de funcionar. O fechamento também vale para igrejas, lojas de móveis, eletrodomésticos, eletrônicos, comunicação, informática, áudio, vídeo e colchoarias, shopping, bares, restaurantes, distribuidoras, clubes esportivos e de lazer e similares.

“O decreto vale a partir de terça-feira. As regras que valem são as do Decreto Nº 5496, de 20 de março de 2020. Esse foi o primeiro decreto do início do Covid-19 e o decreto 7.225 que trata da volta das aulas, na qual elas não podem ocorrer de forma presencial durante a faixa vermelha”, afirmou o Procurador, que disse ainda que as academias deverão ficar fechadas enquanto perdurar o decreto, apesar da aprovação do Projeto de Lei (PL) na Câmara de Rio Branco, que tornou os estabelecimentos como serviços essenciais na capital.

O médico infectologista Thor Dantas pediu à União de todos para vencer essa segunda onda da Covid-19. “Os números estão dizendo pra gente que precisamos tomar medidas agora. Quem apostou naquele momento na livre circulação do vírus, infelizmente, não ajudou muito. Infelizmente, só contribuiu para ajudar a circular o vírus. Só iremos conseguir a imunidade coletiva com a vacina. É um momento muito difícil. Todos estamos vendo as situações de Manaus, Porto Velho e a Europa. Esperávamos todos estar em um momento distinto”, destacou Thor.

O governador Gladson Cameli também participou e pediu a colaboração de todos os acreanos para evitar o aumento de casos. “Não existe preço para cuidar de vidas. Vidas não tem preço. Vidas não podem ser postergadas. Espero a compreensão de todos. Essa luta não é só minha. Não há tempo para politização e individualismo. Convido a todos os acreanos para vencermos e virar essa página. Que Deus nos proteja”, afirmou Cameli.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas