Conecte-se agora

Médico alerta que Cruzeiro do Sul está à beira de um colapso total

Publicado

em

O médico Rondney Brito, que atua na linha de frente no combate à Covid-19 no Hospital de Campanha de Cruzeiro do Sul, afirmou por meio de seus perfis nas redes sociais que o aumento dos casos está levando a unidade hospitalar ao colapso total. Ele disse ainda que a morte será companheira diária da população do município se não houver respeito às regras de distanciamento social e às regras sanitárias.

Rondney alerta para a mudança do perfil dos infectados graves que chegam ao Hospital de Campanha, que é de pessoas entre 25 e 50 anos e diz que não haverá médico, enfermeiros, técnicos e pessoal da limpeza para atender a crescente demanda.

“Precisamos frear a cadeia de transmissão da doença. Precisamos de apoio da população e medidas mais sérias dos poderes”, pediu. Nesta quinta-feira, 28, no Hospital de Campanha, segundo boletim diário, há 63 pacientes internados, sendo 49 na clínica e 14 na Unidade de Tratamento Intensivo (8 de Cruzeiro do Sul e 6 de Mâncio Lima).

A paciente que havia ido de Tabatinga, no Amazonas, não resistiu e morreu. Nessa quarta-feira, 17, eram 11 pessoas na UTI. No Hospital de Campanha, há 20 leitos de UTI. A direção do Hospital não informou ainda se a oferta de oxigênio aos pacientes segue reduzida devido à um problema na usina.

Em Nota emitida no domingo, 24, a Associação Nossa Senhora da Saúde (Anssau), responsável pelo Hospital de Campanha de Cruzeiro do Sul, afirmou ter havido diminuição na oferta de oxigênio para os pacientes internados, o que deveria durar alguns dias e só seria resolvida mediante a instalação de uma nova unidade geradora.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas