Conecte-se agora

Acre ganha avião que vai ser usado no combate ao narcotráfico

Publicado

em

Um monomotor Beechcraft Bonanza A-36, prefixo PT-KIP, com seis lugares, passa a integrar a frota do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), com base no Aeroporto Internacional de Rio Branco.

De acordo com o secretário de Justiça e Segurança Pública (SEJUSP), Paulo Cézar dos Santos, a aeronave pertencia ao Gabinete Militar do Governo do Mato Grosso do Sul e foi doada ao Estado do Acre para uso em ações de combate ao narcotráfico nas regiões fronteiriças com a Bolívia e o Peru,  no transporte de doentes e de fornecimento de suprimentos diversos a comunidades isoladas no interior da Floresta Amazônica.

A partir de agora, o Ciopaer vai contar com quatro aeronaves, sendo dois helicópteros Esquilo e dois aviões, um bimotor EMB-810 Sêneca III e o Bonanza A-36. “Seja para o transporte de policiais, seja para uso como plataforma de observação, resgate aeromédico ou nas operações de combate a crimes transfronteiriços, essas aeronaves, sem dúvida, auxiliam de forma excelente as mais diversas missões confiadas ao governo do Estado”, ressalta Cézar dos Santos, que é coronel da Polícia Militar do Estado do Acre (PMAC) e especialista em segurança pública.

Considerando o valor do frete de uma aeronave de táxi aéreo, algo em torno de R$ 25 mil para passageiros que precisam ser removidos com urgência do interior para a capital, Rio Branco, esses mesmos custos podem cair para R$ 5 mil com o Estado utilizando uma de suas aeronaves para esse tipo de missão, os gastos com manutenção por hora voada e combustível, segundo o Ciopaer.

Um novo helicóptero biturbina, também Esquilo, e um bimotor turboélice Beechcraft King Air, de médio porte, poderão ser as mais novas estrelas da frota do Ciopaer nos próximos meses, subindo de quatro para seis o número de aeronaves estatais. O governo trabalha na viabilidade de uso destas outras duas aeronaves que são do Ministério da Justiça.

Anúncios

Destaque 7

Idosa de 97 anos recebe 1ª dose da vacina e diz que chegará aos 100

Publicado

em

Dona Aracy Dias de Oliveira, que ficou durante 15 dias internada no Instituto de Traumatologia do Acre (INTO), tomou hoje (6) a primeira dose da vacina contra a covid-19. Em casa, recebeu a visita da equipe da secretaria municipal de saúde e muito otimista disse: “chegarei aos 100 anos”.

Aracy foi internada com 60% dos pulmões comprometidos. Um problema com a visão também dificultava o tratamento. Ela resistiu aos impactos do novo coronavírus. Para a família um milagre, para ela, uma oportunidade nova de vida. “Deus é muito bom”, disse.

Moradora do residencial Maria Iris, na Floresta Sul, Aracy ficou com sequelas da doença, perdeu a memória e saiu do hospital de cadeira de rodas. “Mamãe ficou com sequelas, somente 15 dias após receber alta ela voltou a reconhecer os filhos e os netos” disse Francineide Dias, uma das três filhas de Aracy.

A nonagenária recebe atenção das três filhas e netos. É uma das idosas mais antigas a se curar da covid-19 no Acre e a tomar na categoria dos acamados, a primeira dose da vacina contra o vírus.

 

Continuar lendo

Destaque 7

Lojas da Fricarnes farão delivery aos sábados, domingos e feriados

Publicado

em

Os clientes da Fricarnes podem contar com o serviço de delivery aos sábados e domingos, quando as quatro lojas estarão com o funcionamento suspenso por conta do novo decreto do governo para conter a pandemia de Covid-19 no Acre.

Durante a semana, o delivery continua funcionando normalmente para quem não quer sair do conforto e segurança do seu lar. A entrega é grátis nas compras à partir de R$ 30,00. Os pedidos devem ser feitos entre as 7h e 17h nas lojas Steak House e Boutique de Carnes, Sobral, Cidade Nova, Senador Guiomard e Brasiléia.

Durante a semana, o horário de funcionamento é das 8h às 20h na Steak House e Boutique de Carnes, localizada na rua Silvestre Coelho, 290, Bosque. Nas demais unidades, a loja funciona das 7h às 18h.

Nos itens, cortes nobres e tradicionais de bovinos, suínos e caprinos, bebidas diversas e temperos especiais. Além disso, o empreendimento entrega todo tipo de acessórios para churrasco, como carvão, louças, camisas, bonés, entre outros.

Abaixo os telefones para delivery e mais informações:

– Steak House e Boutique de Carnes: 99933-0824;

– Cidade Nova: 99992-2385;

– Sobral: 99952-0037;

– Senador Guiomard: 99208-6939 / 99232-0875

– Brasiléia: 99232-6492.

Continuar lendo

Destaque 7

Amigos e seguidores enviam mensagens de apoio a Gladson após diagnóstico de Covid-19

Publicado

em

Desde que anunciou que faria o exame de RT-PCR para verificar possível contaminação pelo novo coronavírus, o governador Gladson Cameli passou a receber inúmeras mensagens de acreanos pelas redes sociais. A maioria em tom de preocupação pela saúde do gestor. Após confirmação da Covid-19, amigos e seguidores lotaram a web com mensagens de apoio e boas energias para breve recuperação de Cameli.

O padre Massimo Lombardi, a ex-prefeita Socorro Neri e o ex-deputado Moisés Dinis estão entre as pessoas que escreveram pela saúde do governador. Os internautas se comovem pelo fato de Cameli ter atuado fortemente no combate do vírus em quase um ano de pandemia no Estado, estando na linha de frente da luta contra a Covid-19.

“Foram 11 meses de luta incansável pela vida dos acreanos, firme na defesa do isolamento social, uso de máscaras e da vacina”, comentou Diniz. Socorro Neri desejou plena recuperação da saúde do governador. “Ele, que tem sido muito firme no enfrentamento à pandemia, logo estará de volta ao front”. Padre Massimo revelou estar em oração pela saúde do governador.

Ele testou positivo nessa segunda-feira, 1º de março. Em comunicado na noite de ontem, Cameli afirmou que segue sem sintomas e que irá despachar da própria residência.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Continuar lendo

Destaque 7

Acre não terá pra onde enviar pacientes graves, diz Comitê

Publicado

em

Foto: Sérgio Vale/ac24horas 

Durante o anúncio da nova classificação de risco da pandemia de Covid-19 no Acre, realizada na manhã desta segunda-feira, 1º de março, o médico infectologista Osvaldo Leal, atual diretor do Instituto de Traumatologia e Ortopedia do Acre (Into), levou ao Comitê de Acompanhamento Especial da Covid-19 que é necessário que a população entenda a gravidade da situação em que se encontra o Estado em relação à pandemia.

Segundo Leal, a própria rede privada de saúde está sendo sentindo os efeitos do aumento da demanda por leitos para infecção de novo coronavírus. O médico esclarece que dinheiro ou transporte aéreo neste momento já não implica na situação, uma vez que a problemática agora é por leitos vagos em todo o país.

O cenário atual é de aumento em novos casos e internações, conforme observado nos indicadores. “Estou na frente do Into há quase um mês e os pacientes estão chegando cada vez mais graves”, disse Leal. O médico Thor Dantas complementou a fala do colega: “avião não vai resolver nosso problema, porque não teremos para onde mandar pacientes. Todos os estado passam por dificuldades, inclusive São Paulo, que está com lotação máxima”.

A dificuldade em remover pacientes infectados por Covid-19 pode ser ainda mais sentida por todos os hospitais do país, alegam os profissionais, caso a sociedade não obedeça as medidas sanitária que impedem a proliferação do vírus, como o uso de máscara, o distanciamento entre pessoas e higienização das mãos.

“Avião e dinheiro para enviar pacientes não são a solução. Agora, mais pacientes jovens estão sendo acometidos por Covid-19 e casos graves e de reinfecções nestas apareceram mais nesta segunda onda. Não é possível se sentir seguro só porque é jovem, tem dinheiro ou não é do grupo d risco. Todos estão suscetíveis neste momento”, finalizara os médicos do Comitê.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas