Conecte-se agora

2º dia do Enem tem aumento de mais de 3% na abstenção

Publicado

em

A segunda etapa do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) foi aplicada em 17 cidades do Acre, em 148 locais de prova com 1.677 salas neste domingo (24).

Dos 40.674 inscritos, 54,8% não foram fazer o exame, confirmando abstenção recorde nesta edição do Enem.

Na primeira prova, aplicada em 17 de janeiro, dos 40.674 acreanos inscritos apenas 19.721 compareceram para fazer as provas. Ou seja: 51,5% deixaram de participar da 1a fase, mesma abstenção nacional.

Assim, a abstenção cresceu 3,3% entre uma prova e outra.

No País, 2.470.396 participantes realizaram a segunda prova da versão impressa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 neste domingo, 24 de janeiro. O número representa 44,7% dos 5.523.029 inscritos no Enem impresso, considerando todos os locais onde houve prova.

Os dados são preliminares, tendo em vista que os números definitivos dependem da apuração do consórcio aplicador e serão informados na divulgação dos resultados.

Acre

Cruzeiro do Sul irá vacinar adolescentes de 12 a 17 anos no sábado

Publicado

em

A prefeitura de Cruzeiro do Sul vai iniciar sábado, 31, das 16 às 21 horas no Shopping Copacabana a vacinação contra Covid para o público de 12 e 17 anos no Tik Tok da vacinação. Os adolescentes deverão estar acompanhados dos pais ou responsáveis.

O Ministério da Saúde recomenda a prioridade para adolescentes com comorbidades, mas todo o público dessa idade será atendido, bem como todos que ainda não foram vacinados. O município tem 15 mil doses da Pfizer, o único imunizante autorizado para adolescentes.

No município, 87% da população já foi vacinada. O prefeito Zequinha Lima faz um chamamento para que os adolescentes e público em geral busque a vacinação para alcançar 100% de imunização em Cruzeiro do Sul.

“Temos visto que o número de novos infectados, de internações e mortes teve uma drástica redução já como resultado da vacinação. Então convidamos os adolescentes e ao público em geral para se vacinar. O Shopping foi escolhido por representar um local se diversão e entretenimento da nossa juventude”, destaca o prefeito.

A autorização para a imunização dos adolescentes foi dada, no último dia 27, terça feira, pelo Ministério da Saúde, Conselho Nacional de Secretários de Saúde – CONASS e o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde CONASEMS.

Continuar lendo

Acre

Carteira assinada segue crescendo no Acre e amplia novas vagas

Publicado

em

O emprego no Acre segue rota de crescimento e ofertou, em junho, 967 novas vagas com carteira assinada. A variação relativa é de 1,10% em relação a maio, mês em que o emprego cresceu 1,8% na comparação com o período anterior.

Os dados foram divulgados na manhã desta quinta-feira (29) pelo Ministério da Economia, informando que em junho foram contratados 3.109 novos trabalhadores e demitidos 2.142, o que gerou saldo positivo no período.

Apesar da crise sanitária imposta pela pandemia da Covid-19, o Acre apresenta saldo acumulado de 4.793 novos postos de trabalho formais em 2021, registrando crescimento 5,68% entre janeiro e junho.

Houve saldo positivo de contratações em todos os Estados. São Paulo apresentou melhor saldo.

Continuar lendo

Acre

Emprego no comércio cresceu 11,9% em 10 anos no Acre, segundo o IBGE

Publicado

em

Foto: Mauro Pimentel

No Acre, segundo a Pesquisa Anual do Comércio (PAC) divulgada nesta quinta-feira (29) pelo IBGE, o comércio empregou 17.822 pessoas em 2019, registrando, portanto, aumento de 11,9% em relação a 2010 (15.921). Em salários, retiradas e outras remunerações foram pagos R$ 385 milhões, valor que superou o dobro de 2010 (R$ 187 milhões).

Em 2019 as empresas comerciais registraram receita bruta de R$ 6,9 bilhões, dos quais R$ 789 milhões foram auferidos no segmento de comércio de veículos, peças e motocicletas; R$ 2,3 bilhões no comércio por atacado; e R$ 3,7 bilhões no comércio varejista.

A margem de comercialização é definida como a diferença entre a receita líquida de revenda (parcela da receita operacional líquida advinda exclusivamente da revenda de mercadorias) e o custo das mercadorias revendidas. Em 2019, no nosso estado, a margem de comercialização totalizou R$ 1,5 bilhão, sendo o comércio varejista responsável pela maior parcela (65,2%), seguido do comércio por atacado (26,4%) e comércio de veículos, peças e motocicletas (8,4%).

No País, os números não são positivos como no Acre: entre 2014 e 2019, o comércio perdeu 177,3 mil empresas (-11%), 466,1 mil trabalhadores (-4,4%) e 140,6 mil lojas (-8,1%). O varejo, segmento responsável por empregar 74,2% dos trabalhadores da área comercial, teve redução de 4,1% em sua ocupação. Com isso, o comércio empregava, em 2019, 10,2 milhões de trabalhadores, sendo 908,0 mil no comércio de veículos, peças e motocicletas, 1,7 milhão no atacado, e 7,5 milhões no varejo.

A PAC é realizada pelo IBGE desde 1996 e retrata aspectos estruturais do setor comercial do país. As informações divulgadas são significativas para análise e planejamento das empresas do setor privado e dos diferentes níveis de governo. Anualmente, a PAC apresenta os principais resultados das empresas comerciais brasileiras, que são divididas em três segmentos: comércio de veículos, peças e motocicletas; comércio por atacado; e comércio varejista.

Continuar lendo

Acre

PSB sinaliza apoio a pré-candidatura de Jenilson Leite ao governo

Publicado

em

O deputado Jenilson Leite (PSB) se reuniu com o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, acompanhado pelo presidente estadual e ex-deputado federal César Messias e pelo dirigente partidário e presidente da Fundação João Mangabeira no Acre, Gabriel Maia, para tratar das eleições de 22.

Segundo o deputado, Carlos Siqueira ofereceu uma equipe técnica para ajudar a elaborar um plano de Governo a partir dos olhares e prioridades locais e sinalizou que a pré-candidatura do socialista ao governo do Acre faz parte da agenda eleitoral do partido para 2022. “Sempre enxerguei que o trabalho é a base para o sucesso, molda a personalidade humana e gera segurança social. Sempre procurei fazer minha parte. É nesse rumo que desejamos que o Acre siga”, afirmou.

“Fizemos um relato das dificuldades que o Acre vive, dos problemas de saúde pública que nos assola durante a pandemia, e os que virão no pós COVID. Fomos interrogados em Brasília porque o Acre sempre aparece em último lugar na vacinação desde que se iniciou a campanha de imunização no Brasil. A resposta tem haver com a gestão local. Um outro grande desafio é o de aumentar os investimentos no Acre, a partir do empresariado local com objetivo de gerar emprego e renda para milhares de pais de família. Está tudo caro, e precisamos aumentar a oferta de produtos nos campos de nosso Estado para garantir a segurança alimentar e qualidade de vida do povo acreano”, acrescentou.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas