Conecte-se agora

Nota de Pesar

Publicado

em

A família da senhora Lúcia de Souza Mendonça, 91 anos, comunica com profundo pesar o seu falecimento, ocorrido na quarta-feira, 13, por infecção bacteriana urinária e pneumonia obstrutiva crônica, causadas por complicações de Covid-19. Dona Lúcia de Souza era acreana, nascida no Seringal Xapuri.

O velório e sepultamento foram realizados ainda ontem, seguindo todos os protocolos sanitários estabelecidos pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e Ministério da Saúde, no cemitério São João Batista, em Rio Branco.

Dona Lúcia de Souza Mendonça partiu deixando lições de determinação, coragem e carinho. Nossas orações são para que Deus a tenha recebido de braços abertos e para que conforte familiares e amigos neste momento de tão profunda dor.

Rio Branco-Acre, 14 de janeiro de 2021

Flavio Bussab Della Líbera
Luciana Laura Albuquerque Ferreira Feliz Della Líbera
Joaquim Albuquerque Della Líbera
Enrico Albuquerque Della Líbera
Jorgelina Albuquerque

Anúncios

Acre

Com Covid-19, médico é transferido em UTI de Rio Branco para Mossoró

Publicado

em

O clínico-geral aposentado José Edson da Silva foi transferido para Mossoró (RN), em Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) aérea, em decorrência da Covid-19 neste sábado (27). Ao ac24horas, a filha Rosalina Michelle Pinheiro Silva, informou que a transferência do pai ocorreu após o pulmão ficar comprometido por volta de 70% a 74%.

Segundo informações, o quadro dele é estável apesar da gravidade. “Ele não está intubado, e o quadro dele apesar de ser considerado grave, está estável”, afirmou.

Preocupada, a filha conta que a decisão de transferir ocorreu após a família ter tentado interná-lo em uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), em Rio Branco, mas que não foi possível devido a falta de leitos. Ela agradeceu o empenho dos colaboradores da Unimed, mas criticou a Unidade em razão da família ter que pagar por uma UTI aérea própria, apesar do plano do pai dá direito a uma transferência gratuita.

“Não há leitos em nenhum local aqui em Rio Branco e as filas de espera estão cada vez maiores. O plano dele é caríssimo e dá direito até a UTI no ar, mas não conseguimos acessar. Sentimos essa dificuldade mesmo meu pai sendo médico cooperado da Unimed daqui. Acionamos a UTI no ar de forma particular, que é um elevado custo e mesmo assim ainda para conseguir vagas fora daqui foi bastante complicado, pois vários lugares estão na mesma situação”, relatou.

Em outro trecho, Rosalina Michelle pediu atenção à população e aproveitou para agradecer as correntes de oração feitas por amigos e familiares.

“Se meu pai ficasse mais um dia aqui infelizmente ia acontecer o pior. O transporte é caro e graças a Deus nossa família teve condições, mas eu sei que não é a realidade da grande maioria. Em todo o país está com falta de leito, foi muito difícil encontrar esse para o meu pai. Serve o alerta para evitarmos ao máximo parar em hospital. Se cuidem e cuidem dos seus, porque essa nova cepa e esse vírus não está para brincadeira”, salientou.

Continuar lendo

Acre

Alan Rick comemora assinatura para reforma em unidade de saúde

Publicado

em

Fotos Diego Gurgel/Secom

O deputado federal Alan Rick (DEM) participou no sábado, 27, em Acrelândia, juntamente com o governador Gladson Cameli, secretário de Saúde do Estado, Alysson Bestene, chefe da Casa Civil, Flávio Pereira, prefeito do município, Olavinho Resende, além de secretários municipais e assessores técnicos, da assinatura da ordem de serviço para reforma e ampliação da Unidade Mista do município.

A obra será realizada com recursos de emendas do parlamentar no valor de R$ 378.027,04 para a reforma, e R$ 1.805.685,91 para a ampliação, no total de R$ 2.183.712,95.

Durante a solenidade, Alan destacou a luta manter os recursos e, consequentemente, a realização da obra. “Eu lutei muito por esse recurso. A gente teve dificuldades no governo passado, mas agora o projeto vai sair do papel. As minhas emendas de bancada são cem por cento do Acre. Sou seu aliado e estou contigo até o fim, governador”, disse o deputado.

Na oportunidade, o governador Gladson Cameli (Progressista) ressaltou o compromisso de Alan Rick com as demandas do Estado. “O Alan tem sido um grande parceiro do governo do Estado. Tenho muito orgulho de ter um deputado igual a ele. A agonia para que essa obra iniciasse era de todos. É uma grande vitória esse momento”, disse.

O secretário Alysson Bestene, também presente no ato, enfatizou que “o investimento na saúde do município chega em um momento vital para melhorar o atendimento e as condições de trabalho dos profissionais”, falou.

Antes da assinatura da ordem de serviço, o deputado Alan Rick, ao lado de Gladson Cameli, Alysson Bestene, prefeito Olavinho Rezende, visitaram a unidade que, atualmente, possui 16 leitos.

Continuar lendo

Acre

“É preciso reforçar o papel de cada um”, diz Nicolau sobre pandemia

Publicado

em

Preocupado com o boletim da Secretaria de Saúde do Acre divulgado ontem (28), que trouxe a confirmação de quase mil mortes por Covid-19 em todo estado, o presidente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Nicolau Júnior (Progressistas), disse que mais do que nunca é preciso reforçar o papel de cada um na prevenção da doença e o sentimento de que, unidos, os acreanos poderão vencer a guerra contra a Covid-19.

O parlamentar frisou que a situação é grave não só na capital acreana, mas também no interior do Estado. Ressaltou ainda que Cruzeiro do Sul registrou 12 óbitos no último final de semana.

“É preciso que a população esteja consciente de que a pandemia não acabou. Neste momento, o objetivo deve ser aumentar não só as medidas de distanciamento social, mas também a efetividade desse distanciamento. Esperamos seguir aliando as ações do poder público e as ações individuais da população para superarmos da melhor maneira possível a pandemia no Acre”, enfatizou Nicolau Júnior.

Continuar lendo

Acre

Pandemia fechou 240 lojas varejistas no Acre em 2020

Publicado

em

Foto: Sérgio Vale/ac24horas.com

De acordo com levantamento realizado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o saldo entre aberturas e fechamentos de loja com vínculos empregatícios no comércio varejista brasileiro ficou negativo em 75,2 mil unidades no ano passado.

O Estado do Acre perdeu 240 lojas nesse ano, tudo por conta da pandemia. As perdas do Acre só não são maiores que Roraima e Amapá, e São Paulo é o que Estado mais afetado com mais de 20 mil lojas fechadas.

Em nível de país, foi a maior retração na quantidade de estabelecimentos com estas características desde 2016 (-105,3 mil), quando o setor ainda sofria os efeitos da maior recessão da história recente do país.

Naquele ano –2016 – o volume de vendas do comércio varejista, medido através do conceito ampliado (apropriando os dados dos segmentos automotivo e de materiais de construção), encolheu 8,7% em relação a 2015, de acordo com a Pesquisa Mensal de Comércio (PMC), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) – o pior ano do setor desde o início dos levantamentos mensais no ano 2000.

Nas contas do Ministério da Economia, o Acre mais tem aberto que fechado empresas.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas