Conecte-se agora

Situação de serraria de polo moveleiro de CZS preocupa FIEAC

Publicado

em

Uma sequência de gestões ineficazes frustrou todas as expectativas da indústria de móveis da região de Cruzeiro do Sul com relação à serraria para beneficiamento de madeira de que dispõem, localizada no Polo Moveleiro daquele município. Em visita ao estabelecimento no último fim de semana, 12 a 14 de dezembro, o presidente da FIEAC, José Adriano, ouviu relatos de empresários angustiados com a situação.

Preocupado com o futuro do segmento no interior do estado e conhecendo os desafios de se empreender na região do Vale do Juruá, o representante do setor industrial acreano se comprometeu em chamar atenção para a causa na Secretaria de Estado de Indústria, Ciência e Tecnologia (Seict). De acordo com ele, será encaminhado um ofício solicitando uma reunião com o secretário Anderson Abreu, a fim de debater possibilidades para se resgatar aquele empreendimento e fazer com que ele finalmente cumpra sua missão.

“Aquele é um investimento feito pelo Governo do Estado há anos e, até hoje, nenhuma gestão conseguiu fazer com que funcionasse de fato. Todas as tentativas foram infrutíferas. A serraria está lá, com os equipamentos deteriorados e frustrando toda uma cadeia produtiva que poderia estar a pleno vapor. Estamos preocupados com esta situação e faremos o possível para revertê-la”, assegura Adriano.

Empresários da cidade afirmam que, se a serraria estivesse em pleno funcionamento, geraria pelo menos 70 empregos diretos. Além disso, como fica o maior período do ano fechado, atuando praticamente só no verão, o empreendimento não tem cumprido o seu papel de sustentabilidade em fornecer madeira certificada às marcenarias instaladas no polo. E atualmente a serraria do polo vende o metro da madeira por cerca de R$ 2,5 mil, um valor considerado extremamente elevado pelos moveleiros, igualando, por exemplo, valores praticados em grandes centros como São Paulo.

A concessão da serraria, segundo relatos dos moveleiros, é de empresários de fora do Estado, os quais não demonstram empenho nenhum em manter a estrutura funcionando por todos os meses do ano. “O governo investiu R$ 3 milhões na construção dos galpões de marcenaria, que geram pelo menos 70 postos de trabalho o ano inteiro. Já na serraria, onde foram investidos cerca de R$ 20 milhões, não há emprego nem por 90 dias do ano. Essa serraria precisa funcionar plenamente”, argumentam os marceneiros.

Acre

Acre registra mais duas mortes e 39 novos casos de Covid-19

Publicado

em

Em boletim divulgado nesta segunda-feira, 02, a Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), registrou 39 novos casos de infecção por coronavírus, sendo todos confirmados por exames RT-PCR, fazendo com que o número de infectados salte para 87.186 nas últimas 24 horas.

Duas notificações de óbitos foram registradas nesta segunda-feira, fazendo com que o número oficial de mortes por Covid-19 suba para 1.802 em todo o estado. De acordo com o boletim, 27 pessoas seguem internadas entre leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e de enfermaria.

Até o momento, o Acre registra 239.015 notificações de contaminação pela doença, sendo que 151.816 casos foram descartados e 13 exames de RT-PCR seguem aguardando análise do Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen) ou do Centro de Infectologia Charles Mérieux. 84.869 pessoas já receberam alta médica da doença.

Continuar lendo

Acre

Imunização de adolescentes em Rio Branco deve iniciar nesta semana

Publicado

em

A Secretaria Municipal de Saúde de Rio Branco (Semsa) deverá iniciar a vacinação contra Covid-19 de adolescentes nesta semana. Segundo a assessoria da Semsa, a imunização começará pelos adolescentes de 17 anos com ou sem comorbidades. O imunizante utilizado será da Pfizer.

Segundo a pasta, o que falta ainda para o início da vacinação desse público é uma autorização da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), que deverá ser reunir nesta segunda-feira, 02, ou terça-feira (03).

A Semsa afirmou que a decisão de começar apenas com uma faixa-etária ocorre devido ao público alvo de adolescentes entre 12 a 17 anos ser muito grande em Rio Branco. Ao total, são 50 mil, segundo dados colhidos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE).

Segundo levantamento da equipe do ac24horas junto à Semsa, mais de 193 mil pessoas adultas já foram imunizados com a primeira dose, sendo que 61.798 pessoas já completaram o ciclo de imunização com as duas doses ou dose única, ou seja, mais de 70% da população [284 mil] de Rio Branco já tomou a primeira dose.

Continuar lendo

Acre

Integrantes do cadastro de reserva da PM acampam na Aleac

Publicado

em

Na manhã desta segunda-feira, 2, os integrantes do Cadastro de Reserva (CR) do último concurso da Polícia Militar do Acre acamparam em frente à Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) em busca da convocação do restante dos membros que ficaram de fora da última convocação.

Vanessa Morais, integrante do cadastro de reserva, contou que a manifestação surgiu após a declaração do governador Gladson Cameli em realizar novos concursos em 2021. Para ela, seria interessante a atual gestão aproveitar o restante do cadastro de reserva, algo em torno de 250 aprovados.

“O motivo de sempre, cobrar a convocação. Ao todo, eram 450 em manifesto na Aleac, na última vez ele prometeu chamar todos, teve a solenidade e foram anunciados e o número caiu para 325. Na convocação diminuiu para 200”, declarou.

A integrante se posicionou favorável ao anúncio do governador de que enviará a Aleac um PL para o remanejamento de dos aprovados para o Corpo de Bombeiros. “Em uma reunião a defasagem é de 125 militares, não contempla a todos. A manifestação começou hoje pela manhã às 8 horas e não tem hora para acabar”, ressaltou.

Continuar lendo

Acre

Matriarca da família Sales, Altiva Rodrigues morre em Brasília

Publicado

em

Em Brasília, nesta segunda-feira, 02, faleceu no Hospital Santa Lúcia, a matriarca da família Sales, Altiva Rodrigues Costa, 90 anos, vítima de um colapso no coração.

Dona Altiva é mãe do secretário municipal de Meio Ambiente, Normando Sales. Ela deixa 26 netos, nove bisnetos nascidos e dois a caminho.

A informação foi confirmada em nota publicada pela prefeitura de Rio Branco, assinada pelo prefeito Tião Bocalom (Progressistas).

“Toda a equipe da Prefeitura de Rio Branco lamenta a perda da matriarca da família Sales. Que Deus conforte a família e os amigos neste momento de dor e sofrimento”, diz em nota.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas